Cursos e Formação

Empresas aceleram transformacao digital para impulsionar crescimento dos negocios

Empresas aceleram transformação digital para impulsionar crescimento dos negócios

Pesquisa aponta que sete em cada dez empresas brasileiras já utilizam a tecnologia para tornar os processos mais produtivos

A maturidade digital das empresas tem se consolidado como o principal caminho para o sucesso dos negócios atuais. De acordo com dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), sete em cada 10 firmas brasileiras já utilizam ferramentas digitais para impulsionar o crescimento e o processo produtivo empresarial.  Impulsionado por investimentos em cloud computing, internet das coisas, machine learning e inteligência artificial, os avanços tecnológicos têm transformado o mercado proporcionando maior eficiência e competitividade.

Para se ter uma ideia, o mercado de computação em nuvem no Brasil é um dos que mais crescem globalmente, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 25% entre 2020 e 2025. Só no ano passado, o setor movimentou cerca de R$ 33,4 bilhões, representando um aumento de 24,7% em relação a 2022, segundo dados da IDC. Esse avanço reflete a crescente adoção de tecnologias digitais por parte das empresas, especialmente as MPEs, que veem na digitalização uma ferramenta crucial para escalar negócios e alcançar novos patamares de competitividade.

Segundo Marcelo Modesto, CEO e fundador da Avivatec, consultoria de tecnologia especializada em transformação digital, cloud computing e segurança “a digitalização não é mais opcional. Empresas que não se adaptarem às novas tecnologias correm o risco de ficar para trás. É preciso desmistificar a tecnologia, torná-la acessível e integrá-la ao cerne das empresas, de modo que se torne parte intrínseca do seu DNA”, comenta.

Ao que parece, esse já é um caminho sendo trilhado pela maioria dos negócios. De acordo com um levantamento feito pela Microsoft , intitulado “Transformação Digital para MPMEs”, cerca de 72% das micro, pequenas e médias empresas planejam aumentar os investimentos em tecnologia. Essa tendência é reforçada ainda por um relatório recente da PWC , que aponta que 8,7% da receita das empresas brasileiras é direcionada para investimentos em TI.

No entanto, a aceleração da transformação digital exige mais do que a simples adoção de tecnologias disruptivas como inteligência artificial, blockchain e realidade virtual/aumentada. É necessária uma integração profunda dessas ferramentas em todos os processos empresariais, o que demanda uma reconfiguração dos modelos de negócio e a redefinição de estratégias operacionais.

“A questão central não é mais se as empresas devem investir em tecnologia, mas como podem adaptar suas culturas organizacionais para maximizar os benefícios dessas inovações”, acrescenta Modesto.

Além disso, mesmo em setores altamente digitalizados, a maturidade digital pode variar significativamente, impactando os resultados das empresas. Segundo dados da McKinsey,  empresas consideradas líderes em maturidade digital no mundo, apresentam um desempenho superior, com taxa de crescimento de EBITDA até cinco vezes maior em comparação às demais empresas.

O cenário exige uma resposta rápida e coordenada de empresas e governos para promover a qualificação profissional e a adaptação das forças de trabalho às novas demandas do mercado digital. Dessa forma, será possível aproveitar plenamente as oportunidades oferecidas pela transformação digital e assegurar que as empresas brasileiras continuem a prosperar.