Inteligência Artificial ajuda restaurar antigos textos gregos

A Inteligência Artificial está ajudando estudiosos a restaurarem textos gregos antigos em tábuas de pedra

A Machine Learning e a Inteligência Artificial hoje começam a ser utilizadas em áreas tão distintas, quanto criar fotos realistas de pessoas que não existem ou mesmo encontrar Exoplanetas.

Algumas surpreendentes aplicações: O Deepmind criou um sistema de I.A. que auxilia estudiosos a compreender e conseguir recriar antigos textos gregos, fragmentados em pedras quebradas.

Escritas há mais de 2.700 anos, estas tabuas de metal, pedra ou argila, são fontes fundamentais para a antropologia, literatura e história. Cobertas de letras, muitas vezes com o passar dos milênios, foram castigadas, além de várias com rachaduras e faltando pedaços, muitas inclusive tem ausência de símbolos.

Não é tão simples preencher as lacunas que faltam. a Epigrafia (ciência auxiliar da história que estuda a compreensão de textos antigos), envolve a intuição na compreensão destes textos e outros para conseguir adicionar o contexto faltante. O trabalho difícil e árduo de adivinhar o que foi escrito, com base no que sobreviveu.

Para auxiliar, um sistema novo que foi criado pela Deepmind, chamado de Pythia, baseado no oráculo de Delfos que traduziu a divina palavra de Apolo para o proveito dos mortais.

A equipe responsável criou uma fórmula que pudesse converter a maior coleção digital do mundo de antigas inscrições gregas em textos que um sistema de Learning Machine pudesse compreender. Na sequência, o algoritmo adivinha as sequências de letras com precisão.

escritos gregos antigos

Pythia e os estudantes de doutorado receberam textos verdadeiros com partes inseridas artificialmente. Os estudantes acertaram o texto cerca 57% das vezes, um resultado que não é ruim, sendo que restaurar textos é um processo interativo e demorado. Já Pythia acertou 30% das vezes.

Pode paracer que o sistema não é bom o suficiente para esta tarefa, mas na verdade foi criado para auxiliar os humanos, não substituí-los neste trabalho.

Num primeiro momento pode ser que as sugestões de Pythia não se mostrem corretas com frequência, mas podem auxiliar alguém que se depara com alguma dificuldade, sugerindo opções para realizar o trabalho. Diminuindo o fardo cognitivo das pessoas, ajuda no aumento da precisão e velocidade no acerto dos textos restantes ainda não restaurados.

Via: Deepmind

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *