Notícias

Phillip Trauer e o novo managing director de Wayra Brasil e Vivo Ventures

Phillip Trauer é o novo managing director de Wayra Brasil e Vivo Ventures

Executivo vai liderar as duas plataformas da Vivo de investimentos em startups, com o objetivo de acelerar ainda mais a aproximação entre a marca e o ecossistema de inovação aberta

São Paulo, 05 de junho de 2024 – A Vivo anuncia Phillip Trauer como novo Managing Director de Wayra Brasil e Vivo Ventures, suas plataformas de investimento em startups early stage e growth, respectivamente. O executivo chega para acelerar ainda mais a aproximação entre a Vivo e startups, com o objetivo de gerar oportunidades conjuntas, alavancar a estratégia de inovação e novos negócios da empresa e promover a entrada da marca em novos segmentos de mercado.
“É uma honra me juntar a um time que há 12 anos apoia e aposta no ecossistema de inovação aberta no Brasil. Com atuação complementar, pois investem em startups com perfis distintos, Wayra e Vivo Ventures são referências nesse mercado, gerando valor para as startups e para a Vivo”, afirma Trauer.
Desde 2012 a Wayra, iniciativa global do Grupo Telefónica, está presente no Brasil. É o fundo de Corporate Venture Capital (CVC) early stage da Vivo, investindo exclusivamente em startups que têm potencial de negócios com a empresa. Ao longo dos seus 12 anos de atuação no Brasil, a Wayra aportou cheques – que podem chegar até R$2 milhões – em 85 startups brasileiras, o que representa aproximadamente 10% das startups investidas pela Telefónica globalmente.
Por sua vez, o Vivo Ventures, lançado em 2022, é um CVC com R$320 milhões para investir em startups “growth” (séries A ou B) com soluções nas áreas de educação, energia, saúde, serviços financeiros, casa inteligente e entretenimento. Estes são os pilares da estratégia de negócios da Vivo, que se posiciona como empresa de tecnologia, oferecendo serviços em áreas que vão além da conectividade. Criado para acelerar esse posicionamento, o Vivo Ventures já investiu R$ 65 milhões – 20% do capital alocado no fundo – em quatro startups.
Duas delas são fintechs: Klavi, plataforma SaaS que fornece soluções de open finance a partir da agregação de dados financeiros e analytics; e Klubi, fintech com a qual a Vivo lançou um consórcio de smartphones que, desde julho de 2023, vendeu R$ 35 milhões em cotas. As demais são Digibee, iPaaS (Integration Platform as a service) lowcode que possibilita a integração entre sistemas tecnológicos legados e novas tecnologias de forma simplificada e mais eficiente; e Conexa, maior ecossistema digital de saúde da América Latina, cuja solução, após o investimento, foi adotada como plataforma de telemedicina do Vale Saúde, serviço da Vivo que é uma assinatura mensal que dá acesso a descontos em consultas médicas, exames e medicamentos em uma rede conveniada em todo o Brasil.
Com a chegada de Phillip na direção da Wayra e Vivo Ventures, o foco é continuar a protagonizar investimentos estratégicos para a Vivo e o ecossistema, reafirmando o compromisso com a inovação e em buscar novas soluções disruptivas para o Grupo Telefónica.
Phillip Trauer é graduado em Economia pela Faculdade IBMEC do Rio de Janeiro e tem MBA com ênfase em Finanças e Estratégia, pela Universidade de Michigan – Ross School of Business. Com ampla experiência na área de tecnologia e investimentos em startups, foi Principal do Valor Capital Group, gestora americana de venture capital, onde liderou múltiplos investimentos em nível global, passando pelo desenvolvimento de teses, sourcing e pela execução e acompanhamento das empresas investidas. Trauer também acumula passagens por empresas como Sonder, Citi e Ideiasnet.