Software

Serpro apresenta tecnologia da reforma tributária durante o Anciti Sudeste


Serpro apresenta tecnologia da reforma tributária durante o Anciti Sudeste


Realizado em São Paulo, evento discutiu tecnologias e políticas para o desenvolvimento econômico urbano

Nos dias 4 e 5 de junho, a capital paulista reuniu líderes municipais e empresários do setor de tecnologia para debater o desenvolvimento econômico sustentável das cidades durante o Anciti Sudeste. A proposta da conferência é explorar como a integração de novas tecnologias e políticas inovadoras pode catalisar a transformação urbana de forma responsável e eficaz.

O Serpro participou da programação oficial do evento com uma palestra sobre a jornada de dados da Reforma Tributária, que apresentou a plataforma tecnológica responsável por operacionalizar o novo modelo tributário – solução atualmente em estágio de desenvolvimento – e tocou em pontos como a integração entre as esferas de governo.Promulgada no final do ano passado, a reforma visa simplificar o sistema tributário, substituindo vários impostos federais, estaduais e municipais por dois novos tributos: o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) e a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS). O objetivo é reduzir a complexidade do sistema, aumentar a transparência e melhorar o ambiente de negócios do país.

“Basicamente, o que estamos construindo no Serpro é uma solução chamada Plataforma da Reforma Brasileira de Consumo. Esta plataforma tem como objetivo processar o IBS e o CBS para os governos federal, estaduais e municipais. E o principal objetivo de estar aqui hoje é mostrar para os municípios que a plataforma vai lhes oferecer uma solução totalmente integrada para cálculo, arrecadação e toda a governança de controle tributário num único ambiente tecnológico”, destacou Robson Dias Lima, gestor nacional do Projeto Estratégico Reforma Tributária Brasileira.

Robson apresentou a arquitetura geral da solução; falou sobre a geração de informações para emissão dos documentos de arrecadação; e citou o Portal de Transações, que vai disponibilizar, aos contribuintes, informações relativas às suas relações de consumo de bens e serviços. Detalhou também a ferramenta de analytics, que vai transformar o grande volume de dados em insights valiosos para as três esferas de governo; e o Monitor do Ambiente Produtivo, que vai monitorar, exibir e analisar todos os acontecimentos e métricas do sistema.


Estande de soluções

“Durante o evento da Anciti, pudemos mostrar o trabalho que o Serpro vem desenvolvendo junto à Receita Federal do Brasil (RFB), estados e municípios, no que diz respeito à reforma tributária. Mostramos a plataforma desenvolvida pelas nossas equipes e o que está sendo pensado sobre segurança, inovação, escalabilidade e nuvem de governo. Essa é uma oportunidade única de cumprirmos nosso papel junto à sociedade, atuando nesse projeto que é tão importante para a política do país, para a economia e para o futuro de todas as gerações que estão por vir”, declarou Ariadne Fonseca, diretora de Desenvolvimento do Serpro, em entrevista no estande montado pela empresa para demonstração de soluções especialmente criadas para os municípios brasileiros.

Entre as diversas tecnologias que impulsionam a gestão pública das cidades, destaque para a

Plataforma de Inteligência de Governo

, que reúne um conjunto de soluções voltadas para a eficiência e sustentabilidade dos municípios e focadas em aproximar o cidadão da administração pública. As soluções englobam áreas como trânsito e mobilidade; inteligência artificial; tecnologias de identificação para segurança pública; nuvem de dados; comunicação; e prestação de serviços digitais.