Negócios

Solucoes digitais podem auxiliar empresas na transicao da Reforma Tributaria

Soluções digitais podem auxiliar empresas na transição da Reforma Tributária

Soluções digitais podem auxiliar empresas na transição da Reforma Tributária

Não é novidade que a Reforma Tributária é um tema de grande relevância e impacto para as empresas no Brasil, e a sua interpretação e implementação pode gerar desafios e mudanças significativas nas rotinas fiscais e tributárias, especialmente para os departamentos responsáveis pela gestão dessas frentes. A previsão é a de que a Reforma Tributária entre em vigor   em 2026, com sua implementação completa sendo prevista para 2027. Enquanto isso, vivemos um cenário em que estão pendentes de aprovação no Congresso algumas regulamentações necessárias para a conclusão definitiva do seu texto, o que deverá ocorrer entre 2024 e 2025. No entanto, o presidente da câmara, Arthur Lira, disse nesta penúltima semana de maio que vai trabalhar pela aprovação de regras para o início da transição ainda no 1º semestre de 2024. Dessa forma, a Reforma, e sua implementação, passam a valer, a partir de então, de forma gradual. Entre diversos outros pontos que a Reforma irá alterar, podemos destacar a transformação e unificação de cinco tributos: ICMS (estadual), ISS (municipal), IPI, PIS e Cofins, que incidem sobre os produtos e serviços comprados pela população em apenas três impostos: IBS, CBS e IS.

À medida que nos preparamos para as mudanças que estão por vir, é evidente que a adoção de soluções digitais se mostra como uma estratégia fundamental para garantir a eficiência e a conformidade das organizações diante das novas regras e práticas. De acordo com dados do Ministério da Economia, a Reforma Tributária tem como objetivo simplificar o sistema de arrecadação e promover maior equidade fiscal, simplificando também, desta forma,  . Uma reforma tributária pode simplificar o sistema de impostos, unificando vários impostos em um único imposto sobre valor agregado (IVA), isso pode ajudar na administração fiscal. No entanto, a transição para as novas diretrizes pode demandar dos empreendedores uma série de adaptações e investimentos em tecnologia.

Neste cenário, utilizar soluções digitais irá ajudar as empresas a ganhar tempo, prevenir perdas e gastos desnecessários, e manter a sua conformidade fiscal em meio às adequações que deverão ser realizadas em decorrência da reforma. Essas ferramentas possibilitam a automação de processos, a integração de sistemas e a geração de relatórios precisos, facilitando o cumprimento das obrigações fiscais e a tomada de decisões estratégicas. Para falar sobre o assunto, colocamos à disposição Thiago Silveira,  CEO da Taxly.

Pontos a serem abordados:

– Como as soluções digitais podem contribuir para a eficiência e conformidade fiscal das empresas diante das mudanças promovidas pela Reforma Tributária?

– Quais são as principais funcionalidades e benefícios das soluções digitais na gestão fiscal e tributária?

– Quais são as principais dificuldades enfrentadas pelas empresas na transição da Reforma Tributária e como as soluções digitais podem contribuir para superá-las?

Sobre a Taxly

A taxly é uma startup de software fundada em 2023 que simplifica fluxos de trabalho, rotinas e processos burocráticos do backoffice de médias e grandes empresas de todos os setores da economia. A plataforma SaaS reúne em um único lugar diversas tecnologias e inteligência artificial para automatizar processos repetitivos, gerar previsibilidade e monitoramento de riscos e criar fluxos de trabalho integrados capazes de reduzir em mais de 90% o tempo gasto em tarefas dessas equipes, permitindo que seus clientes se movam mais rápido, operem de forma mais inteligente e economizem recursos valiosos. Descubra como a Taxly está redefinindo a gestão fiscal em www.taxly.com.br .