Como se tornar um empreendedor de alta performance

Como se tornar um empreendedor de alta performance

Empreendedor serial internacional, André Duek aborda pontos importantes, como a experiência com o esporte para alcançar esse patamar

Empreender nem sempre é uma jornada fácil. O número de empresas que baixam as portas no Brasil é relevante. De acordo com dados do governo federal, o país perdeu 1,8 milhões de empresas de diversos portes no ano passado, cuja razão muitas vezes vai desde dificuldades financeiras até problemas de gestão. 

No entanto, se tornar um empreendedor de alta performance pode fazer a diferença nessa hora, de acordo com o empreendedor serial André Duek, ex-CEO do Grupo Forum de Moda e fundador do Duek Lara Group, boutique imobiliária que foi adquirida em 2020 pelo grupo ONE Sotheby’s International Realty,  além da Duek Motorhomes e do 1BRZ Group que é uma plataforma de educação de negócios, entre outras empresas que atuam em Miami, cidade para a qual o empresário se mudou e iniciou sua trajetória enquanto dono de negócios há mais de 10 anos. Além disso, recentemente André lançou o livro ‘Potência Empreendedora’ que justamente fala sobre o assunto.

Segundo André, um empreendedor de alta performance envolve um conceito amplo. “O termo envolve a capacidade de executar várias tarefas e atividades ao mesmo tempo para que a performance seja acima da média. O sistema tradicional de trabalho é cartesiano, com um processo após o outro. Já na alta performance, eu faço planejamento, marketing e vendas em paralelo – ou seja, tudo junto e alinhado, ao mesmo tempo que é preciso acelerar. E só depois eu vou colher o resultado”.

Para André, por mais que a estratégia de implementação de um projeto esteja bem definida, não é preciso esperar a conclusão de uma etapa do planejamento para seguir com o próximo passo. “A hora em que você começa a implementar a ideia, o empreendedor encontra dificuldade pois uma parte não está ‘conversando’ com a outra. A partir do momento que todos os projetos e áreas estão ligadas umas com as outras, há várias cabeças pensantes e um acelera o outro”, explica.

O empresário conta que colocou em pé um evento realizado recentemente em apenas 30 dias, algo que assustou muitas agências procuradas por ele que acabaram recusando o trabalho. “Eu, a minha sócia Carolina Lara e mais duas pessoas do nosso time, fizemos tudo junto e ao mesmo tempo. Falamos com speakers, sponsors, visitamos espaços, buscamos um web designer, entre outras tarefas. A alta performance só vem quando você consegue implementar as etapas em um ritmo acelerado, com tudo na mesma velocidade”.

Esporte de alta performance e liderança

Piloto de automobilismo, André faz uma analogia com o esporte. “Quando você sai para buscar classificação na volta rápida, todo mundo sai com pneu novo – com isso, não há uma vantagem competitiva. No mundo do empreendedorismo de alta performance quando tem algum piloto largando com pneu usado e ficando para trás, o time para, ajusta o equipamento, muda a estratégia, troca os pneus e empurra essa pessoa para acelerar junto”.

Para o empreendedor, não ter uma mentalidade de alta performance custa caro para o negócio. “Muitas vezes um projeto ou negócio ficam velhos pela demora de implementação. O que eu pensei em julho pode ficar defasado em janeiro”, reflete.

O papel do líder – que tem que ser de alta performance – é fundamental para o sucesso do negócio. “É ele quem dita o ritmo dos acontecimentos, do andamento das coisas e empurra a equipe a seguir na mesma toada. O líder de alta performance lidera pelo exemplo, e não somente fica dando ordens. 

Habilidades esportivas nos negócios

André acredita que tudo o que aprendeu para se tornar um empreendedor de alta performance está no esporte. Nos últimos anos, aprendeu a jogar poker, um dos esportes que o ensinou muito. “Me ajudou na hora de pensar na melhor estratégia, de identificar a hora de arriscar mais, acelerar mais ou balancear o freio nos negócios. Isso me trouxe várias vantagens competitivas”.

Entre as habilidades esportivas que são cruciais para o sucesso de um empreendedor de alta performance estão saber trabalhar em equipe, utilizar a adrenalina para o trabalho, ser organizado e planejado, e ter gana por vitória.

“Ter um time coeso, alinhado, coordenado por um líder que puxa todo mundo para cima para caminhar na mesma velocidade. Além disso, quando você transforma a adrenalina obtida no esporte para os negócios, o foco e as habilidades serão potencializados. Nada funciona sem organização e planejamento. Nem sempre os times com os melhores atletas vencem justamente por falta disso tudo. E aprender a atuar sob pressão também é fundamental para obter sucesso nessa jornada”, analisa.

Como se tornar um profissional de alta performance?

André separou cinco dicas para os empreendedores que querem se tornar gestores de alta performance e fazer bonito nos negócios. Veja quais são:

  • Estude muito, mas principalmente a sua concorrência.  “Quando você ingressa em um novo negócio é preciso estar muito bem preparado e estudar o tempo todo, incluindo o ecossistema e a concorrência. Você precisa surpreender e só consegue fazer isso se conseguir medir o que o outro está fazendo. Por exemplo, um maratonista precisa estudar a roupa que os profissionais estão usando, o tênis mais adequado, em qual clima o treinamento está sendo realizado, tipo de terreno, para ele fazer diferente e ter uma performance melhor.
  • Se condicione a fazer várias coisas ao mesmo tempo. “Um empreendedor de alta performance realiza várias tarefas ao mesmo tempo, não deixa uma coisa atrás da outra. Eu consigo atender clientes, fazer campanha de marketing,checar o cash flow, ministrar uma palestra, participar de um almoço de negócios tudo em um mesmo dia. Minha mente está condicionada para isso”.
  • Seja criativo e flexível. “Ter muita criatividade ajuda o empreendedor de alta performance a se adaptar às mudanças do mercado, que atualmente acontecem em uma velocidade cada vez mais alta, com rapidez, sem perder o timing”.
  • Exerça sua capacidade de adaptação e improvisação. “O empreendedor de alta performance precisa ter a habilidade de improvisar, justamente por conta da velocidade dos negócios, que demandam uma atuação com mais pressão. Ele não pode se deixar abater por isso, senão vai desanimar no meio do caminho”.
  • Cuide da sua saúde. “Se você estiver com imunidade baixa, não se alimentar direito e não cuidar da mente, a chance de obter alta performance é pequena. Muitos empreendedores acabam ficando doentes no meio do percurso justamente por falta desse cuidado. É preciso ter preparo físico para tornar essa jornada muito bem-sucedida”, conclui.