Software

Serpro anuncia seu primeiro projeto de eSports o Hub Serpro R6

Serpro anuncia seu primeiro projeto de eSports: o Hub Serpro R6

Com o objetivo de incentivar a presença feminina na tecnologia, empresa lançou, em parceria com a Ubisoft e a w7m, o único hub exclusivo para mulheres jogarem Rainbow Six Siege na América Latina

Ubisoft e o Serpro lançaram, no dia 10 de julho, em São Paulo, o Hub Serpro, uma plataforma exclusiva para mulheres jogarem Rainbow Six: Siege (R6). O ambiente viabiliza que as jogadoras tenham um espaço seguro e livre de assédio e misoginia, um dos motivos que afastam o público feminino desses tipos de jogos. As inscrições já estão abertas aqui .

A superintendente de Comunicação, Marketing e Responsabilidade Social do Serpro, Loyanne Salles, destacou a importância do projeto: “Para nós, é uma honra apoiar essa iniciativa pioneira no R6. Temos um forte compromisso com a diversidade e com o aumento da participação de mulheres na tecnologia, seja no desenvolvimento, seja na área Gamer. Acreditamos que a tecnologia se torna mais plural e melhor desenvolvida quando há diversidade”, declarou.

Circuito Feminino

A Ubisoft também anunciou mudanças para o Circuito Feminino do R6 que buscam inspirar mulheres, criar um ecossistema saudável, fomentar novas jogadoras e revelar talentos para o cenário competitivo e profissional do jogo.

O Hub Serpro é uma das iniciativas que compõem uma série de ações, entre elas, campeonatos exclusivos. “Queremos priorizar o desenvolvimento competitivo de mais mulheres no Rainbow Six”, afirma Leandro ‘Montoya’ Estevam, diretor de eSports da Ubisoft para a América Latina. “Em um ambiente saudável e que cada jogadora pode adequar à sua rotina, iniciamos um plano de longo prazo para desenvolver novos talentos e futuras ícones da cena”, declarou.

“O principal objetivo da w7m e do Serpro é dar acessibilidade e desenvolver novas meninas como exemplo da ‘Thaii’, que disputa ligas pela nossa Equipe Academy de R6. Com a HUB, esperamos quebrar as primeiras dificuldades de uma player, criando um ambiente acolhedor a esses possíveis novos talentos, assim imaginamos chegar um aumento de 300% da quantidade de jogadoras ativas no cenário”, detalha Felipe Funari, sócio diretor da w7m Esports, parceira da estatal na iniciativa.

Hub Serpro R6

O Hub oferece às interessadas no jogo uma oportunidade ímpar de, além do espaço seguro e menos hostil para se divertir e treinar o R6, a possibilidade de mentoria com jogadoras já consagradas no cenário competitivo do Rainbow Six. Além disso, mensalmente, as inscritas no Hub poderão acompanhar lives com profissionais da indústria Gamer de variadas áreas, desde desenvolvimento de jogos a marketing. “A ideia é inspirar outras mulheres a conhecerem as possibilidades de atuação profissional nesse segmento. Além de potencializar a performance de novas jogadoras por meio da mentoria com atletas vencedoras da modalidade”, acrescenta Loyanne.

Saiba mais sobre como participar aqui .

hub serpro fundo cinza.jpeg

Arquitetura Novo Promob traz renderizacao com IA para o software



Novo Promob traz interface renovada e renderização com inteligência artificial


Edições Plus Professional e Plus Enterprise agora oferecem atualização com foco na experiência do usuário.


Em um mercado no qual a evolução tecnológica é constante, atualizações de software desempenham um papel crucial na manutenção da competitividade e na melhoria da experiência do usuário.

Alterações na interface e desempenho não são apenas necessárias, mas podem transformar significativamente a maneira como os usuários interagem com os produtos, aumentando a satisfação.

“Estamos entusiasmados com o Novo Promob. Esta evolução reflete nosso compromisso contínuo em oferecer ferramentas mais intuitivas para nossos usuários. O Novo Promob é um grande passo nesse sentido”, afirma Leandro Rodrigues, diretor executivo de produto da Cyncly, companhia global que desenvolve softwares para diversos setores, com 70 mil clientes em mais de 100 países.

Principais mudanças do Novo Promob

  1. Render com IA (inteligência artificial): a nova possibilidade de renderização através de inteligência artificial permite melhorar a qualidade visual e realista das imagens renderizadas no software de maneira dinâmica e rápida.

  1. Importação de projetos .SKP: o Novo Promob conta com uma funcionalidade que reconhecerá paredes e pisos, convertendo-os em planos, além de importar as aberturas de projetos .skp diretamente para o software. Essa mudança representa uma economia de tempo para profissionais que eventualmente recebem projetos na extensão citada. Em breve, mais novidades serão disponibilizadas nesta funcionalidade.

  1. Experiência de Usuário Melhorada: combinando a expertise da equipe de UI/UX design e dados das ferramentas mais usadas, a nova interface foi projetada para ser mais intuitiva e user-friendly. Isso facilita o uso do software, tornando-o mais acessível e agradável para todos os níveis de usuários.

  1. Nova UI (Transição Suave e Controlada): uma atualização gradual e controlada é apresentada no Novo Promob, assegurando que os usuários possam se adaptar facilmente às mudanças agregando as facilidades ao seu processo de trabalho. A primeira mudança na interface apresenta o conceito de ribbon, que melhora a organização de ferramentas e comandos e facilita a descoberta de funcionalidades entre outros benefícios.

  1. Flexibilidade e Customização: a nova disposição dos navegadores e a unificação das bibliotecas de materiais e módulos na lateral esquerda da tela, melhora o aproveitamento do espaço de trabalho, especialmente em telas largas. Além disso, oferece flexibilidade para que os usuários ajustem a interface conforme suas preferências, incluindo a opção de retornar à interface anterior instantaneamente, caso seja desejado.

“Esses benefícios destacam as vantagens práticas e imediatas da atualização do software, demonstrando como o Novo Promob pode melhorar a experiência do usuário, alinhando-se às necessidades modernas e mantendo-se à frente no mercado de software de design e planejamento”, finaliza Leandro.

Agencia ajuda PMEs a alavancarem relacionamento com clientes facilitando o acesso a ferramentas de CRM

Agência ajuda PMEs a alavancarem relacionamento com clientes facilitando o acesso a ferramentas de CRM

Os recursos, mesmo pouco acessíveis, ampliam o acesso de pequenos empreendedores a novas estratégias de aquisição e retenção. Em 2023, 65% dos brasileiros já investiam em práticas como essa

O conjunto de práticas de CRM (do inglês, Gestão de Relacionamento com o Cliente) é cada vez mais utilizado por pequenas e médias empresas (PMEs) que desejam se posicionar no mercado enquanto fortalecem o relacionamento com seus clientes. Tecnologias com este foco buscam monitorar interações, personalizar atendimentos e alinhar estratégias de marketing, eliminando a necessidade de alto investimento com recursos e tempo.

Segundo o “Observatório de Dados 2023”, apresentado pela GoDaddy em parceria com o Sebrae/SP, a presença nas mídias digitais é relevante para 540 empreendedores e pequenas organizações do Brasil. Por esse motivo, 65% dos brasileiros já fazem uso de ferramentas de CRM. Depois da Índia (74%), essa é a segunda maior porcentagem do estudo, conduzido pela Advanis em um total de dez países.

Pensando em expandir o investimento nesses recursos, a agência Dream Team Marketing (DTM) criou o DTM Autofluxo, responsável por automatizar processos de marketing do CRM, desburocratizar o acesso a sistemas como este e abrir novas oportunidades para as PMEs. O intuito é auxiliar os empreendedores a aprimorarem o relacionamento com seus clientes, aumentando seu ticket médio e suas capacidades operacionais.

“O DTM Autofluxo foi desenvolvido para simplificar a implementação de CRM e automação em empresas de menor porte, que, mesmo atuando no digital, não têm recursos suficientes para outros investimentos. Com ele, as marcas podem delegar seus processos de CRM à tecnologia, que garante personalização e escalabilidade em canais como e-mail, SMS, push, Instagram e WhatsApp”, explica Gabriela Caetano Homem de Mello, CEO e fundadora da startup .

Entre mais de 20 empresas e profissionais beneficiados pela implementação do sistema, podemos citar a mentora Raíssa Arruda , que alcançou uma taxa de conversão de 30% em upsell de suas alunas de um curso de stories para um mais completo, com maior ticket. Esse número é significativamente superior à média do mercado, demonstrando a eficácia do DTM Autofluxo em potencializar resultados e aumentar o valor do tempo de vida do cliente (LTV).

Além de soluções práticas, outra abordagem da agência é o componente educacional. Por meio de vídeos, tutoriais e cursos, a Dream Team Marketing capacita empresários e profissionais de marketing a utilizarem suas ferramentas de gestão de comunicação com eficiência.

“As taxas de conversão, somadas aos processos de treinamento com a tecnologia, indicam como o CRM integrado a canais digitais pode transformar os resultados de uma empresa. Sabemos que o investimento nessas ferramentas ainda é limitado para PMEs, que também não têm o suporte necessário para saber utilizá-las em suas estratégias. Por isso, entramos com a solução certa e acessível para que esses negócios adquiram um diferencial competitivo, impactando suas vendas por meio de métodos comprovados de retenção e aquisição de clientes”, conclui Mello .

Uma versão gratuita do DTM Autofluxo foi disponibilizada no site da Dream Team Marketing. Com o cadastro, empreendedores podem testar, na prática, o impacto da automação em sua conta:

DTM Autofluxo
.

Sobre a Dream Team Marketing:

Fundada em 2023, a Dream Team Marketing (DTM) é uma agência de marketing digital para pequenas e médias empresas que buscam aprimorar o relacionamento com seus clientes. Com foco em CRM e performance, a startup cria soluções de automação e integração a canais digitais com o objetivo de escalar as vendas das marcas por meio de estratégias comprovadas de aquisição e retenção. Site: https://dreamteammkt.com.br/

Especialista traça as principais tendências para o desenvolvimento de aplicativos em 2025

man in gray dress shirt sitting on chair in front of computer monitor

Especialista traça as principais tendências para o desenvolvimento de aplicativos em 2025

Rafael Franco, CEO da Alphacode, apresenta seis movimentos tecnológicos que estão presentes no mercado este ano e vão evoluir para o futuro próximo

O cenário tecnológico define a forma como as pessoas interagem, trabalham e vivem diariamente. No centro desse movimento está o desenvolvimento de aplicativos, que se tornou uma peça-chave na trajetória de digitalização das empresas e na experiência cotidiana dos usuários. Com o avanço rápido de novas tecnologias, os aplicativos não são mais apenas ferramentas funcionais, mas sim plataformas integradas que oferecem experiências ricas e personalizadas.

Com a proximidade de 2025, várias tendências estão surgindo como protagonistas na revolução dos apps, impulsionadas por avanços em inteligência artificial, conectividade e interfaces de usuário. O especialista Rafael Franco, CEO da Alphacode , empresa que atua em São Paulo (SP), Curitiba (PR) e Orlando (FL-EUA), traçou as principais tendências que podem evoluir para o próximo ano.

Inteligência artificial e machine learning

Segundo o especialista, essas tecnologias permitem que os apps ofereçam experiências personalizadas, recomendando produtos, conteúdos e serviços com base no comportamento e nas preferências dos usuários. “Em 2025, a integração de IA em áreas como atendimento ao cliente, segurança e automação de processos será ainda mais intensa”, revela.

Realidade aumentada (AR) e realidade virtual (VR)


Soluções como AR e VR estão sendo aplicadas em setores além do entretenimento, como educação, saúde e comércio. “Os aplicativos permitem experiências como experimentar roupas virtualmente, participar de aulas interativas e visualizar móveis em ambientes reais. Essas tecnologias estão em ascensão, crescendo em popularidade e sofisticação devido às suas infinitas possibilidades de uso”, afirma.

Conectividade 5G


Franco acredita que a implementação global do 5G promete conexões ultrarrápidas e baixa latência, impulsionando novos aplicativos que demandam alta largura de banda e comunicação em tempo real. Isso inclui desde streaming de alta qualidade até soluções avançadas de Internet das Coisas, melhorando a eficiência e confiabilidade na conexão de dispositivos e sistemas.

Aplicativos híbridos


Os aplicativos híbridos estão ganhando popularidade devido à flexibilidade e custo-benefício, combinando elementos de apps nativos e web. “Algumas ferramentas permitem o desenvolvimento em múltiplas plataformas (iOS, Android e web) com um único código-fonte, acelerando o tempo de desenvolvimento e reduzindo custos, tornando-os atraentes para muitas empresas”, relata.

Segurança e privacidade


Com o aumento das ameaças cibernéticas, a segurança e privacidade dos dados dos usuários são prioridades absolutas. Em 2024, há um foco crescente na implementação de medidas como autenticação multifator, criptografia de ponta a ponta e conformidade com regulamentações como a LGPD. “Aplicativos que garantem a proteção das informações dos usuários fortalecem a confiança e a fidelidade dos consumidores”, declara.

Interfaces de usuário conversacionais


As interfaces de usuário conversacionais, como chatbots e assistentes virtuais, estão se tornando mais sofisticadas e capazes de fornecer suporte 24/7 de maneira natural e eficiente. “Essas tecnologias não só melhoram a experiência do usuário, mas também ajudam as empresas a automatizar o atendimento ao cliente e outras interações rotineiras”, pontua.

As tendências previstas para o desenvolvimento de aplicativos refletem um mercado global em expansão acelerada. Segundo uma pesquisa da Rocket Lab, em 2020, o Brasil destacou-se como o 11º país em gastos com dispositivos móveis, totalizando US$1,37 bilhão, e o 4º em número de downloads e horas de uso, ficando atrás apenas da China, Índia e Estados Unidos.

Para 2024, estima-se que o número de downloads de aplicativos móveis ultrapasse os 250 bilhões, evidenciando uma demanda crescente por soluções digitais inovadoras. “Essa evolução é impulsionada por mudanças que estão redefinindo as expectativas dos consumidores e as estratégias de empresas em todo o mundo”, finaliza.


Sobre a AlphacodeA empresa iniciou as atividades em 2015 e está presente em São Paulo, Curitiba (PR) e Orlando (FL-EUA). Atualmente, é responsável por projetos de grande porte como Grupos Habib’s, Madero e China In Box entre outros, totalizando um atendimento de mais de 20 milhões de pessoas todos os meses, principalmente nos segmentos de Delivery, Saúde e Fintechs. O time tem como propósito criar relações de longo prazo com os clientes atendidos, para que eles possam entender que os projetos são organismos vivos, e que necessitam de constante evolução para atender a necessidade do consumidor.

Os apps desenvolvidos contam com uma implementação robusta e confiável. Os produtos oferecidos pela Alphacode também contemplam site, totem ou whats App. Ocorre também a integração entre todos os sistemas de pagamento como nota fiscal eletrônica, PDV, Mensageria, análise de risco e logística.

Para mais informações, acesse https://site.alphacode.com.br/
ou https://www.instagram.com/alphacode/

Sobre Rafael FrancoEmpresário que atua no mercado de tecnologia há 20 anos, a paixão o levou a se aprofundar nesta área e por isso se graduou em Ciência da Computação com pós em Engenharia de Software. Também foi executivo de multinacionais liderando projetos premiados por grandes empresas. Atualmente é CEO da Alphacode e lidera um time de especialistas em experiências digitais com grande destaque para projetos de aplicativos mobile, sendo responsável por projetos de grande porte neste segmento.  Para mais informações, acesse https://www.instagram.com/rafaelfranco/

Arquitetura Novo Promob traz renderizacao com IA para o software



Novo Promob traz interface renovada e renderização com inteligência artificial


Edições Plus Professional e Plus Enterprise agora oferecem atualização com foco na experiência do usuário.


Em um mercado no qual a evolução tecnológica é constante, atualizações de software desempenham um papel crucial na manutenção da competitividade e na melhoria da experiência do usuário.

Alterações na interface e desempenho não são apenas necessárias, mas podem transformar significativamente a maneira como os usuários interagem com os produtos, aumentando a satisfação.

“Estamos entusiasmados com o Novo Promob. Esta evolução reflete nosso compromisso contínuo em oferecer ferramentas mais intuitivas para nossos usuários. O Novo Promob é um grande passo nesse sentido”, afirma Leandro Rodrigues, diretor executivo de produto da Cyncly, companhia global que desenvolve softwares para diversos setores, com 70 mil clientes em mais de 100 países.

Principais mudanças do Novo Promob

  1. Render com IA (inteligência artificial): a nova possibilidade de renderização através de inteligência artificial permite melhorar a qualidade visual e realista das imagens renderizadas no software de maneira dinâmica e rápida.

  1. Importação de projetos .SKP: o Novo Promob conta com uma funcionalidade que reconhecerá paredes e pisos, convertendo-os em planos, além de importar as aberturas de projetos .skp diretamente para o software. Essa mudança representa uma economia de tempo para profissionais que eventualmente recebem projetos na extensão citada. Em breve, mais novidades serão disponibilizadas nesta funcionalidade.

  1. Experiência de Usuário Melhorada: combinando a expertise da equipe de UI/UX design e dados das ferramentas mais usadas, a nova interface foi projetada para ser mais intuitiva e user-friendly. Isso facilita o uso do software, tornando-o mais acessível e agradável para todos os níveis de usuários.

  1. Nova UI (Transição Suave e Controlada): uma atualização gradual e controlada é apresentada no Novo Promob, assegurando que os usuários possam se adaptar facilmente às mudanças agregando as facilidades ao seu processo de trabalho. A primeira mudança na interface apresenta o conceito de ribbon, que melhora a organização de ferramentas e comandos e facilita a descoberta de funcionalidades entre outros benefícios.

  1. Flexibilidade e Customização: a nova disposição dos navegadores e a unificação das bibliotecas de materiais e módulos na lateral esquerda da tela, melhora o aproveitamento do espaço de trabalho, especialmente em telas largas. Além disso, oferece flexibilidade para que os usuários ajustem a interface conforme suas preferências, incluindo a opção de retornar à interface anterior instantaneamente, caso seja desejado.

“Esses benefícios destacam as vantagens práticas e imediatas da atualização do software, demonstrando como o Novo Promob pode melhorar a experiência do usuário, alinhando-se às necessidades modernas e mantendo-se à frente no mercado de software de design e planejamento”, finaliza Leandro.

Serpro apresentou o Programa Agora em Maceio

Serpro apresentou o Programa Agora em Maceió

Empoderamento de grupos minoritários foi destaque no Elid 2024, evento de letramento digital que marcou a inauguração da escola virtual Serpro Cidadão Digital

Serpro apresentou Programa Agora em Maceió

No dia 28 de junho, celebramos o Dia do Orgulho LGBTQIA+, reconhecendo e valorizando a diversidade que enriquece nossa sociedade e ambiente de trabalho. O Serpro, empresa de inteligência do governo federal, promove medidas de equidade para garantir igualdade de oportunidades. Nesse contexto, em 2023, a estatal lançou o Programa Agora , que investe em projetos voltados a minorias e grupos vulneráveis.

Regina Faria, gerente de Investimento e Responsabilidade Social do Serpro, apresentou os primeiros projetos apoiados durante o Elid 2024, que discutiu letramento digital, em Maceió. “Realizamos dois editais de inclusão digital focados em grupos vulneráveis, como pessoas trans, travestis (Agora 3T) e em mulheres em situação de vulnerabilidade (Agora 2M). O apoio a esses projetos é apenas o início. A cidadania hoje não pode ser pensada sem inclusão digital, um direito fundamental que deve avançar com iniciativas como essa”, afirmou Regina, que ainda apresentou dez dicas de como escrever bons projetos para esses editais.

Rita Conceição, diretora fundadora da ONG Ruas da Bahia, está à frente do projeto Transversalizando, um dos contemplados pelo Agora 3T. “Nossa ONG nasceu para combater o empobrecimento das mulheres negras de Salvador. Com a feminilização da pobreza, também abraçamos a causa da comunidade trans e travesti”, explicou. “Em parceria com o Serpro, ofereceremos cursos de letramento digital e tecnologia sociodigital para que essa comunidade tenha acesso ao conhecimento tecnológico e ao mercado de trabalho com dignidade, respeito e cidadania. Parece simples, mas percebemos que há um processo de discriminação muito forte e essas pessoas são excluídas até quando tem a oportunidade de se transformar num excelente profissional de tecnologia ”, ponderou Rita.

Serpro apresenta iniciativas de inclusão digital

Carlos Henrique Machado Pinto, gerente da divisão de Destreza Digital do Serpro, participou do painel “Apresentação das experiências brasileiras em letramento e em inclusão digital, por meio da fala de agentes públicos e técnicos” no segundo dia do Elid. Carlão, como é conhecido por colegas, falou das iniciativas de inclusão atuais, nas quais os SÍTIOS, pontos de inclusão localizados nas regionais do Serpro, desenvolverão atividades voltadas à comunidade.

Também explicou que a distribuição de computadores do Serpro em desuso ficará a cargo da ONG Programando o Futuro. “Todos os computadores do Serpro serão distribuídos a localidades que tenham condições de desenvolver a iniciativa social de oferecer acesso ao mundo digital por meio de computadores”. De acordo com Carlos Henrique, o acordo com a ONG permitirá que as máquinas cheguem a locais com grande necessidade, devido à articulação dessa o rganização, uma das principais parceiras do Ministério das Comunicações, com diversos outros CRCs (Centro de Recuperação de Computadores).

Letramento e inclusão digital

O ELID é o 1º Encontro Técnico-Científico de Letramento Digital & Inclusão Digital, que tem como objetivo promover o conhecimento e os olhares das diversas regiões do Brasil sobre as questões digitais. A Etapa Maceió/AL foi realizada de 27 a 29 de junho.

Na ocasião, o Serpro lançou a escola virtual Serpro Cidadão Digital, iniciativa que oferece 29 cursos abertos e gratuitos voltados para a capacitação digital, abrangendo desde ferramentas básicas até o uso seguro da tecnologia. “Com esse lançamento, o Serpro reafirma sua disposição em participar ativamente da transformação digital do estado brasileiro e a destreza tecnológica do cidadão. Ela foi pensada como um instrumento para auxiliar na criação de uma cultura digital na sociedade, contribuindo para o aproveitamento de todo o potencial dos serviços públicos no efetivo exercício da cidadania”, declarou Marco Sobrosa, diretor de Pessoas do Serpro, durante a mesa de abertura do encontro.

Quer saber mais sobre o Serpro Cidadão Digital ? Acesse a página da escola e conheça as capacitações.

Serpro Cidadão Digital vai disponibilizar capacitação para acesso público por meio da oferta regular de cursos virtuais

Novo Promob traz renderizacao com IA para software



Novo Promob traz interface renovada e renderização com inteligência artificial


Edições Plus Professional e Plus Enterprise agora oferecem atualização com foco na experiência do usuário.


Em um mercado no qual a evolução tecnológica é constante, atualizações de software desempenham um papel crucial na manutenção da competitividade e na melhoria da experiência do usuário.

Alterações na interface e desempenho não são apenas necessárias, mas podem transformar significativamente a maneira como os usuários interagem com os produtos, aumentando a satisfação.

“Estamos entusiasmados com o Novo Promob. Esta evolução reflete nosso compromisso contínuo em oferecer ferramentas mais intuitivas para nossos usuários. O Novo Promob é um grande passo nesse sentido”, afirma Leandro Rodrigues, diretor executivo de produto da Cyncly, companhia global que desenvolve softwares para diversos setores, com 70 mil clientes em mais de 100 países.

Principais mudanças do Novo Promob

  1. Render com IA (inteligência artificial): a nova possibilidade de renderização através de inteligência artificial permite melhorar a qualidade visual e realista das imagens renderizadas no software de maneira dinâmica e rápida.

  1. Importação de projetos .SKP: o Novo Promob conta com uma funcionalidade que reconhecerá paredes e pisos, convertendo-os em planos, além de importar as aberturas de projetos .skp diretamente para o software. Essa mudança representa uma economia de tempo para profissionais que eventualmente recebem projetos na extensão citada. Em breve, mais novidades serão disponibilizadas nesta funcionalidade.

  1. Experiência de Usuário Melhorada: combinando a expertise da equipe de UI/UX design e dados das ferramentas mais usadas, a nova interface foi projetada para ser mais intuitiva e user-friendly. Isso facilita o uso do software, tornando-o mais acessível e agradável para todos os níveis de usuários.

  1. Nova UI (Transição Suave e Controlada): uma atualização gradual e controlada é apresentada no Novo Promob, assegurando que os usuários possam se adaptar facilmente às mudanças agregando as facilidades ao seu processo de trabalho. A primeira mudança na interface apresenta o conceito de ribbon, que melhora a organização de ferramentas e comandos e facilita a descoberta de funcionalidades entre outros benefícios.

  1. Flexibilidade e Customização: a nova disposição dos navegadores e a unificação das bibliotecas de materiais e módulos na lateral esquerda da tela, melhora o aproveitamento do espaço de trabalho, especialmente em telas largas. Além disso, oferece flexibilidade para que os usuários ajustem a interface conforme suas preferências, incluindo a opção de retornar à interface anterior instantaneamente, caso seja desejado.

“Esses benefícios destacam as vantagens práticas e imediatas da atualização do software, demonstrando como o Novo Promob pode melhorar a experiência do usuário, alinhando-se às necessidades modernas e mantendo-se à frente no mercado de software de design e planejamento”, finaliza Leandro.

Lancamento software que que reduz em mais de 90 do tempo gasto em tarefas fiscais para empresas

Startup lança software de serviços focados na área fiscal e tributária

Taxly desenvolveu plataforma capaz de reduzir mais de 90% do tempo gasto em tarefas fiscais

Startup lança software de serviços focados na área fiscal e tributária

Taxly desenvolveu plataforma capaz de reduzir mais de 90% do tempo gasto em tarefas fiscais

São Paulo, julho de 2024 – A Taxly, uma inovadora startup early stage fundada em 2023, traz uma nova era para a gestão fiscal e do back office com sua plataforma de software como serviço desenvolvida para empresas de médio e grande porte. Com um design inteligente e fácil de usar,  a solução desenvolvida por especialistas do setor tem como objetivo transformar a complexidade fiscal  em eficiência operacional para empresas de todos os setores, de instituições financeiras a indústrias e empresas de setores regulados.

O desafio é claro: segundo dados do Banco Mundial, as empresas brasileiras gastam em média 1.500 horas por ano lidando com obrigações fiscais (do pagamento à entrega de obrigações acessórias) – número que aumenta de forma exponencial parafiscal em eficiência operacional que lidam com ainda mais complexidade e burocracia no dia a dia.

A resposta da Taxly é uma poderosa plataforma de BPA (Business Process Analysis) que reúne automação de processos manuais e repetitivos, gestão de fluxos de trabalho e monitoramento de riscos, impulsionada por tecnologias de RPA (Robotic Process Automation) e inteligência artificial, para revolucionar a forma que as empresas gerenciam esses processos burocráticos.

A startup criou várias integrações com os sistemas de órgãos públicos – da Receita Federal ao  Ministério do Trabalho – que reúnem em uma única plataforma toda a documentação pública que as empresas precisam para processos que envolvem auditorias, licitações, obrigações regulatórias,  negócios e processos de monitoramento de regularidade fiscal em geral. Com isso, a solução cria e gerencia fluxos de trabalho otimizados capazes de reduzir em mais de 90% o tempo gasto pelas equipes, garantindo maior previsibilidade, redução de riscos e eficiência nas operações  do backoffice para que possam focar em eficiência e inovação.

De acordo com Thiago Silveira, fundador e CEO da Taxly, a solução foi desenvolvida para atender a uma demanda crescente das empresas brasileiras por maior monitoramento de riscos, ganho de eficiência e redução de custos na área fiscal e tributária. “Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), as empresas do país investem cerca de R$ 230 bilhões por ano em equipes e sistemas para monitorar modificações legislativas e atender às demandas burocráticas. Com a Taxly, oferecemos uma alternativa inovadora e tecnológica para otimizar esses processos de ponta-a-ponta em uma única plataforma, permitindo que as empresas foquem em suas atividades principais e tenham maior previsibilidade para a tomada de ações operacionais e estratégicas de forma preventiva”, destaca o executivo.

A startup atua como uma parceira estratégica das empresas, fornecendo uma plataforma que centraliza e automatiza desde atividades como emissão de certidões a acompanhamento de impostos, controle de obrigações acessórias e gestão de documentos fiscais. Com a solução, as empresas podem reduzir significativamente o risco de erros, atrasos e multas, além de garantir a conformidade com as regulamentações fiscais e tributárias em constante mudança.

Sobre a Taxly

A taxly é uma startup de software fundada em 2023 que simplifica fluxos de trabalho, rotinas e processos burocráticos do backoffice de médias e grandes empresas de todos os setores da economia. A plataforma SaaS reúne em um único lugar diversas tecnologias e inteligência artificial para automatizar processos repetitivos, gerar previsibilidade e monitoramento de riscos e criar fluxos de trabalho integrados capazes de reduzir em mais de 90% o tempo gasto em tarefas dessas equipes, permitindo que seus clientes se movam mais rápido, operem de forma mais inteligente e economizem recursos valiosos. Descubra como a Taxly está redefinindo a gestão fiscal em www.taxly.com.br .

HR Tech lanca nova versao de software de recrutamento e selecao

HR Tech lança nova versão de software de recrutamento e seleção

Solução da InHire traz funcionalidades exclusivas e dedicadas a recrutadores, fortalecendo o recrutamento estratégico e a transformação analítica do RH

HR Tech lança nova versão de software de recrutamento e seleção

Solução da InHire traz funcionalidades exclusivas e dedicadas a recrutadores, fortalecendo o recrutamento estratégico e a transformação analítica do RH

São Paulo, junho de 2024 – O InHire, startup de tecnologia para recrutamento e seleção, anuncia o lançamento da segunda versão do seu software de recrutamento e seleção. Com funcionalidades exclusivas e dedicadas a recrutadores, a nova versão da solução fortalece o recrutamento estratégico e a transformação analítica do RH, permitindo que as empresas tenham uma visão mais completa e assertiva de seus processos seletivos.

Diferentemente de outras ferramentas disponíveis no mercado, que têm se concentrado em oferecer uma gama ampla de funcionalidades para o RH, o InHire tem focado em aprimorar a experiência do recrutador, entendendo que essa é uma das etapas mais críticas e estratégicas para o sucesso de uma contratação. Com a nova versão do software, a startup busca resolver problemas que não têm sido adequadamente atacados pelas soluções existentes, como a falta de customização, a ausência de recursos analíticos e a dificuldade de envolver os gestores e avaliadores no processo seletivo.

“Nosso objetivo é ser a melhor ferramenta de recrutamento e seleção do Brasil, e para isso, temos investido em soluções que atendam às necessidades específicas dos recrutadores. Acreditamos que, ao fortalecer o recrutamento na empresa como um todo, podemos contribuir para a construção de equipes mais alinhadas com a cultura e os objetivos organizacionais”, destaca Augusto Frazão, CEO do InHire.

Uma das principais novidades da segunda versão do software é a transformação analítica do RH. Com funcionalidades que permitem a criação de relatórios e análises customizadas, o InHire possibilita que os recrutadores tenham uma visão mais estratégica e embasada sobre seus processos seletivos, identificando gargalos, avaliando a efetividade de suas ações e propondo melhorias contínuas. Além disso, a solução também traz recursos que facilitam o envolvimento dos gestores e avaliadores no processo seletivo, permitindo que eles acompanhem o andamento das vagas, avaliem os candidatos e contribuam para a tomada de decisão.

Outro destaque da nova versão do software é a customização. Diferentemente de outras plataformas, que costumam ser engessadas e pouco adaptáveis aos processos de cada empresa, o InHire permite que os recrutadores configurem a ferramenta de acordo com suas necessidades específicas, tornando-a uma extensão natural de suas operações. Com isso, as empresas podem garantir que o software se adeque aos seus fluxos de trabalho, evitando retrabalho e aumentando a eficiência.

“Estamos comprometidos em oferecer a melhor experiência possível aos nossos clientes. Por isso, temos investido em tecnologia e inovação para aprimorar continuamente nossa solução. A segunda versão do software é apenas o começo de uma jornada que visa tornar o recrutamento e seleção mais estratégico, eficiente e humano”, conclui Frazão.

Sobre o InHire

O InHire é uma startup de tecnologia que desenvolveu um software de recrutamento e seleção (ATS, na sigla em inglês) para otimizar o processo de contratação de empresas de todos os tamanhos. Fundada em 2022 por Augusto Frazão e Paula Morais, a empresa tem como objetivo ajudar as empresas a contratar os melhores talentos de forma mais rápida e eficiente, automatizando tarefas manuais e burocráticas, como triagem de currículos, agendamento de entrevistas e envio de feedbacks. O InHire já conta com clientes como Flash, Alice, idWall, Frete.com e Clickbus. Para mais informações, acesse: www.inhire.com.br .

Hero Seguros e CRMBonus anunciam parceria de cashback em seguro-viagem

Hero Seguros e CRMBonus anunciam parceria de cashback em seguro-viagem

Na compra de qualquer plano nacional, os clientes ganham R$100 de reembolso na plataforma, enquanto a aquisição de planos internacionais oferece R$250 de retorno

São Paulo, junho de 2024 – A Hero Seguros, insurtech referência em seguro-viagem, anuncia parceria com a CRMBonus. Agora, ao contratar o seguro-viagem, os clientes receberão um SMS e terão acesso a um atrativo sistema de cashback no aplicativo Vale Bônus, podendo abater até 50% do valor das compras em qualquer loja que apareça no app.

Na compra dos planos nacionais, os clientes ganham R$100 em cashback, enquanto a aquisição de planos internacionais oferece R$250 de retorno. Esse valor fica disponível um dia após o início da vigência do plano. A parceria, que estará válida a partir de 27/06, reforça o compromisso da insurtech em oferecer benefícios e inovação aos seus usuários.

“O turismo, tanto brasileiro quanto internacional, voltou a ganhar força e estabilidade pós pandemia. Segundo dados da FecomercioSP, o setor cresceu 8% no ano passado e a expectativa para 2024 é boa. Diante disso, criar ações que beneficiam ainda mais o consumidor final, é fundamental para manter o cenário positivo. Na Hero nosso foco é ajudar nossos parceiros, agências e distribuidores, a terem cada vez mais argumentos com seus clientes e conseguirem impulsionar seus negócios, e a parceria com a CRMBonus, vai exatamente ao encontro desse movimento”, comenta Guilherme Wroclawski, Co-CEO e cofundador da Hero Seguros,

A colaboração com a CRMBonus não é uma ação isolada, a Hero segue apostando em ações e campanhas inovadoras que aproximam a marca do consumidor final. Seja por meio de patrocínios em clubes ou campanhas como essa que está sendo anunciada, a insurtech continua investindo em novidades para fortalecer seu relacionamento com os clientes e aumentar a satisfação e fidelidade dos segurados.

Sobre a Hero Seguros

Insurtech disruptiva especializada no mercado digital de seguros de viagem, a Hero Seguros foi fundada em março de 2022 por Raphael Swierczynski e Guilherme Wroclawski, profissionais com mais de 20 anos no mercado segurador e digital, e já conta com  números expressivos. Com uma base de clientes de mais de 1 Milhão de clientes segurados e uma média de 70 mil bilhetes emitidos por mês, a empresa atua como uma MGA (Managing General Agent)  em um modelo de negócios B2BC disruptivo, desburocratizando o acesso aos seguros viagem, tornando o processo mais rápido e personalizado.

Korber Supply Chain Edward Auriemma torna-se o novo CEO da Unidade de Negocios de Software

Körber Supply Chain: Edward Auriemma torna-se o novo CEO da Unidade de Negócios de Software

Hamburgo/Minneapolis, 26 de junho de 2024 – Edward Auriemma ingressa na Körber em 8 de julho de 2024 como o novo CEO da Unidade de Negócios de Software da Körber Supply Chain, uma joint venture com a KKR. Como recém-nomeado CEO da Körber Supply Chain Software, Edward traz consigo uma vasta experiência e um histórico comprovado de impulsionar o crescimento estratégico e a excelência operacional nos setores de tecnologia e cadeia de suprimentos.

Antes de ingressar na Körber, ele atuou como Diretor de Operações da BlueYonder, fornecedora líder de soluções de software para cadeia de suprimentos com mais de 6.000 funcionários, onde foi fundamental na orientação estratégica da empresa, transformando sua entrada no mercado e ampliando suas operações globalmente. Sua liderança foi fundamental para melhorar a presença global da Blue Yonder e aumentar significativamente a sua posição no mercado e desempenho financeiro.

Anteriormente, Edward ocupou o cargo de Diretor de Operações na Alight Solutions, onde desenvolveu uma estrutura operacional e comercial robusta que impulsionou a empresa através de uma listagem pública bem-sucedida na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ALIT) e fortaleceu sua posição de mercado como uma empresa fornecedora líder de capital humano digital integrado e soluções de negócios.

Stephan Seifert, CEO do Grupo Körber e membro do Conselho Consultivo da JV comenta: “Estamos muito satisfeitos em receber Edward Auriemma na Körber e esperamos trabalhar com ele para acelerar ainda mais o crescimento e a inovação da área de Software para Supply Chain. Com o seu profundo conhecimento do mercado e das necessidades dos clientes, ele avançará para apoiar a nossa ambição de construir um campeão global de software para a cadeia de suprimentos, beneficiando os nossos clientes e a nossa equipe global.”

“Estou honrado em liderar o Negócio de Software da Körber Supply Chain e desenvolver seu formidável legado de inovação”, diz Edward Auriemma. “A empresa está posicionada de forma única para ajudar os clientes a aproveitar sua tecnologia flexível para tornar suas operações na cadeia de suprimentos mais eficientes, e estou entusiasmado em levar essa missão adiante.”

Sobre a Körber Supply Chain

As cadeias de suprimentos estão se tornando mais complexas a cada dia. A Körber fornece com exclusividade uma ampla gama de soluções completas e comprovadas, adaptadas para ajudar a gerenciar a cadeia de suprimentos como uma vantagem competitiva. Adaptando-se a qualquer tamanho de empresa, estratégia ou setor, nossos clientes superam a complexidade da cadeia de suprimentos graças ao nosso portfólio de soluções de software, voz e robótica – além da experiência para unir tudo isso. Vença a complexidade da cadeia de suprimentos com a Körber. Saiba mais em www.koerber-supplychain-software.com

Veja também:

Hewlett Packard Enterprise e Danfoss se unem para reduzir consumo de energia em data centers e reutilizar o excesso de calor

Hewlett Packard Enterprise e Danfoss se unem para reduzir consumo de energia em data centers e reutilizar o excesso de calor

  • O data center modular aprimorado acelera a IA e as cargas de trabalho com uso intensivo de computação na borda com sistemas integrados de captura de calor para reutilização externa;
  • Os data centers modulares aprimorados suportam o rápido dimensionamento da IA e utilizam soluções com eficiência energética para reduzir o uso de energia e as emissões.

A Hewlett Packard Enterprise (NYSE: HPE) e a Danfoss anunciaram hoje sua colaboração para fornecer o HPE IT Sustainability Services – Data Center Heat Recovery, um módulo de recuperação de calor pronto para uso, que ajuda as organizações a gerenciar e valorizar o excesso de calor [1] à medida que fazem a transição para instalações de TI mais sustentáveis.

A  rápida integração das tecnologias de IA em organizações e empresas deve causar um aumento drástico na demanda de energia e na utilização da infraestrutura de TI otimizada para IA. De acordo com a Agência Internacional de Energia, até 2026, espera-se que o setor de IA tenha crescido exponencialmente para consumir pelo menos dez vezes sua demanda de eletricidade em 2023 [2] . Para atenuar esses desafios, os líderes de TI e os operadores de instalações de data centers estão tomando medidas para reduzir o uso de energia, como a implementação de recursos modernos de eficiência energética e sistemas de refrigeração aprimorados. Somente na UE, o excesso de calor representa uma estimativa de 2.860 TWh/ano, quase igual à demanda total de energia da UE para aquecimento e água quente em edifícios residenciais e do setor de serviços [3] . O fluxo de excesso de calor dos data centers é ininterrupto e, portanto, constitui uma fonte muito confiável de energia limpa.

Para resolver esses problemas, a nova solução de data centers com eficiência energética da HPE e da Danfoss oferece:

  • O Data Center Modular (MDC) escalável da HPE , na forma de contêineres de alta densidade (kW/rack) e tamanho reduzido, pode ser implantado em praticamente qualquer lugar, mesmo com a ausência total de máquinas pesadas, e incorpora tecnologias como resfriamento líquido direto, reduzindo o consumo geral de energia em 20%.
  • As soluções inovadoras da Danfoss , incluindo módulos de reutilização de calor que capturam o excesso de calor dos data centers para fornecer aquecimento renovável in-loco e para edifícios e indústrias próximas em diversas aplicações, e compressores Turbocor® isentos de óleo que aumentam a eficiência do resfriamento do centro de dados em até 30%.

“Nossa parceria estratégica com a HPE é um ótimo exemplo de como revolucionamos a construção e descarbonizamos o setor de data centers junto com os clientes”, disse Jürgen Fischer, Presidente da Danfoss Climate Solutions. “Com essa mais recente parceria entre setores, estamos construindo o projeto para a próxima geração de data centers sustentáveis – usando tecnologias disponíveis hoje”.

Benefícios e agilidade da modularidade
O MDC da HPE incorpora tecnologias de resfriamento líquido direto (DLC) para aumentar a eficiência energética em mais de 20% e otimizar a produção e a distribuição de energia, levando a uma notável economia energética. A compactação do design minimiza a perda ao reduzir a distância para o transporte de energia e fluido refrigerante, e maximiza o diferencial de temperatura na entrada e na saída, o que promove a captura do excesso de calor. Além disso, a agilidade do MDC e a exclusão de materiais industriais pesados eliminam a necessidade de materiais de construção convencionais caros e reduzem substancialmente o tempo de lançamento no mercado. A implantação pode ser feita três vezes mais rápida do que nos data centers tradicionais, diminuindo de 18 meses para apenas 6. Por fim, a redução da área ocupada e a flexibilidade dos MDCs permitem a instalação próxima aos locais de geração de dados, o que diminui o impacto energético e os gargalos associados a soluções complexas de rede e transferência de dados, além de oferecer suporte à governança e à segurança aprimoradas dos dados.

“Na HPE, acreditamos no poder da colaboração para criar soluções transformadoras”, disse Sue Preston, vice-presidente e gerente geral da HPE para serviços de consultoria e serviços gerenciados. “Nossa parceria com a Danfoss reúne o inovador data center modular da HPE com a inovadora tecnologia de reutilização de calor da Danfoss. Juntos, não estamos apenas agregando valor; estamos multiplicando-o. Ao aproveitar o recurso tipicamente inexplorado do calor residual, transformamos o desperdício em valor, mostrando que o futuro do uso de energia é eficiente, inteligente e, o mais importante, alcançável agora.”

Com densidade inigualável, os data centers modulares da HPE oferecem uma impressionante eficiência de uso de energia (PUE) de 1,1 [4] em contraste com a PUE de 1,3 a 1,4 normalmente associada aos melhores designs modernos dos data centers tradicionais de tijolo e argamassa. Capaz de lidar com as arquiteturas mais exigentes em termos de energia, como a HPE Cray Supercomputing EX4000 , o data center modular da HPE é a arquitetura adequada para cargas de trabalho de missão crítica e de computação intensiva, como supercomputação e IA generativa, permitindo que cientistas, universidades e empresas alcancem resultados mais rápidos.

Do chip ao chiller: impulsionando a inovação na descarbonização
Para aproveitar o excesso de calor – uma das maiores fontes inexploradas de energia e o maior potencial para data centers em toda a Europa, a HPE se associou à Danfoss como sua parceira de descarbonização. A parceria estratégica aproveita o extenso portfólio de produtos da Danfoss de soluções eficientes em termos de energia para impulsionar a inovação, apoiar a descarbonização e construir o projeto para a próxima geração de data centers modulares sustentáveis.

Os Serviços de Sustentabilidade de TI da HPE – Recuperação de Calor do Data Center são inspirados na forma como a Danfoss já está usando a tecnologia de reutilização de calor em seu próprio campus sede na Dinamarca. O calor é recuperado do data center da Danfoss no local, impulsionado por uma bomba de calor e reutilizado nos prédios vizinhos para fornecer aquecimento. O calor também pode ser alimentado na rede de aquecimento distrital local para fornecer uma fonte renovável aos residentes locais. A reutilização do calor é uma parte importante da própria estratégia de descarbonização da Danfoss, que a ajudou a atingir a neutralidade de carbono no sistema de energia de seu campus de 250.000 m2 em Nordborg em 2022.

A nova oferta de data center modular escalável aproveita as tecnologias da Danfoss, incluindo compressores Turbocor® para bombas de calor e chillers, trocadores de calor, módulos de reutilização de calor, acionamentos e skids de bomba, permitindo que os data centers sejam refrigerados com até 30% mais eficiência enquanto recuperam e reutilizam o excesso de calor. É uma solução modular com componentes que funcionam juntos perfeitamente e inclui duas opções de pilha de tecnologia com um sistema de recuperação de calor, incluindo um trocador de calor de recuperação de calor hidrônico e uma bomba de calor água-água, recuperando o calor de um data center modular de borda a nuvem resfriado a ar e, potencialmente, de um data center modular HPC refrigerado a líquido de segunda fase.

Como parte de sua abordagem holística ” Reduce, Reuse, Resource “, a Danfoss também faz parceria com a HPE para aposentar seus ativos de TI em fim de uso por meio do HPE Asset Upcycling Services, uma solução de economia circular que permite a renovação e reutilização de tecnologia, enquanto recupera o valor econômico desses ativos.

Disponibilidade

Os Serviços de sustentabilidade de TI da HPE – Recuperação de calor do data center estão disponíveis para pedidos imediatos.

Recursos adicionais

Sobre a Hewlett Packard Enterprise

A Hewlett Packard Enterprise (NYSE: HPE) é a empresa global de borda a nuvem que ajuda as organizações a acelerar os resultados, liberando o valor de todos os seus dados, em qualquer lugar. Construída com base em décadas de reimaginação do futuro e inovação para aprimorar a maneira como as pessoas vivem e trabalham, a HPE oferece soluções de tecnologia exclusivas, abertas e inteligentes como um serviço.  Com ofertas que abrangem serviços de nuvem, computação, computação de alto desempenho e IA, borda inteligente, software e armazenamento, a HPE oferece uma experiência consistente em todas as nuvens e bordas, ajudando os clientes a desenvolver novos modelos de negócios, a se envolver de novas maneiras e a aumentar o desempenho operacional. Para obter mais informações, acesse: www.hpe.com.

Sobre a Danfoss

A Danfoss desenvolve tecnologias avançadas que nos permitem construir um amanhã melhor, mais inteligente e mais eficiente. Nas cidades em crescimento, asseguramos o fornecimento de alimentos frescos e o melhor conforto em nossas casas e escritórios, atendendo à necessidade de infraestrutura eficiente em energia, sistemas conectados e energia renovável integrada. Nossas soluções são usadas em áreas como refrigeração, ar condicionado, aquecimento, controle de motores e máquinas móbil. Nossa engenharia inovadora remonta a 1933 e hoje a Danfoss ocupa posições líderes no mercado, empregando mais de 28 mil e atendendo clientes em mais de 100 países. Somos uma empresa privada controlada pela família fundadora. Leia mais sobre nós em www.danfoss.com.br .

Para mais informação:

Press à Porter Gestão de Imagem – Tel: (11) 3813-1344 r. 33 / (11) 97329-8776

Felipe Rariz – felipe@pressaporter.com.br

Gustavo Diamantino – gustavo@pressaporter.com.br

[1] O excesso de calor, também chamado de calor excedente ou calor residual, pode ser reutilizado por meio de tecnologias existentes e bem comprovadas, principalmente as bombas de calor. Excesso de calor – Danfoss Impact Issue no. 2

[2] Eletricidade 2024 – Análise e previsão para 2026 (iea.blob.core.windows.net)

[3] Excesso de calor – Danfoss Impact Issue no. 2

[4] Ao usar as tecnologias de resfriamento líquido direto (DLC).

Depois de captar US$ 5 milhões com a L4, Bolt adquire duas empresas de software automotivo e traz inovação para o mercado

Depois de captar US$ 5 milhões com a L4, Bolt adquire duas empresas de software automotivo e traz inovação para o mercado

Além do investimento, L4 irá facilitar conversas da Bolt com a B3 que detém o maior banco de dados da indústria automotiva

São Paulo, junho de 2024 – A Bolt Software, holding que consolida e impulsiona o crescimento de softwares verticais (VSaaS), acaba de anunciar uma captação inicial de US$ 5 milhões. O capital, liderado pela L4, em conjunto com o aporte da rodada passada, pelo fundo de venture capital Canary, foi empregado na criação da Dealerspace, empresa formada pela aquisição e fusão das empresas de software, Dealersites e Followize, cujo objetivo é a consolidação do setor de software automotivo e, através da introdução de automação e inteligência artificial, permitir às concessionárias e montadoras obterem melhores resultados operacionais.

As aquisições levam em consideração as sinergias complementares entre as companhias. Enquanto a Dealersites é pioneira e líder de CMS (sites) no mercado, a Followize é vice-líder do segmento CRM. Juntas, elas detêm mais de 50% do market share de concessionárias automotivas e homologações com as principais montadoras.

A rodada foi liderada pela L4 Venture Builder, fundo de investimentos independente lançado pela B3, que iniciou operações com US$120 milhões para investir no ecossistema de inovação e empreendedorismo. Além do capital aportado, a L4 irá facilitar conversas da Bolt com a B3 que detém o maior banco de dados da indústria automotiva.

Esta estratégia foi motivada pela baixa maturidade tecnológica das atuais ferramentas de software que atendem as concessionárias e montadoras. Hoje, a Bolt estima que a margem EBITDA das concessionárias está no range de 4-7%, abrindo oportunidades para expansão com uso de inteligência artificial e automação na venda de novos.

“Nós percebemos que a fragmentação das empresas atuantes no mercado, combinada com a falta de acesso à capital de risco, e ao investimento em novas tecnologias pelas empresas de software, amplificam as dificuldades de unificar dados, aplicações e dar visibilidade operacional, para que concessionárias e montadoras possam obter melhores resultados da venda de novos através da automação e inteligência artificial”, explica Vinicius Vazquez, CEO da Bolt.

O movimento acompanha ainda uma fase de aquecimento das montadoras, que juntas anunciaram investimentos de mais de R$ 100 bilhões no Brasil e enfrentam preocupações de como responder às novas demandas dos clientes frente ao atendimento digital, além da intensificação da concorrência com a entrada de fabricantes chineses.

“Tivemos bastante sintonia de visão e interesse pelo mercado automotivo. Estamos muito animados e esperamos que, com a Bolt, a tese da L4 seja super bem ilustrada.”, afirma Tiago Wigman, sócio-fundador da L4.

Sob controle da Bolt, a Dealerspace terá foco exclusivo no setor automotivo. A ideia é priorizar o investimento na evolução das atuais ferramentas de software, sobretudo na automação e inteligência artificial. Os trabalhos devem permitir o aumento na digitalização do setor e aprimoramento de áreas como gestão de vendas e marketing, para melhoria dos resultados das concessionárias e montadoras.

Sobre a Bolt Software

A Bolt foi fundada com o objetivo de identificar oportunidades temáticas de consolidação de softwares verticais (VSaaS). Recentemente, a empresa recebeu um aporte de US$ 5 milhões, liderado pela L4 Venture Builder, fundo de investimentos lançado pela B3 para investir no ecossistema de inovação e empreendedorismo, que se junta aos atuais investidores Canary e SaaSholic.

Confira a programacao das ferias de julho do Museu da Lingua Portuguesa

Confira a programação das férias de julho do Museu da Língua Portuguesa

A atividade Estação Férias – Palavra com Raiz é um dos destaques da instituição, que terá entrada gratuita aos sábados e domingos ao longo de todo o mês

A programação cultural do mês das férias estará recheada no Museu da Língua Portuguesa , instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo. O principal destaque é a atividade Estação Férias – Palavra com Raiz , que oferecerá oficinas, brincadeiras e intervenções interativas sobre as presenças das culturas africanas na identidade cultural brasileira para a criançada e toda a família.

Ao longo do mês de julho, a entrada para o Museu aos fins de semana será gratuita. Ou seja, o público não pagará nada tanto no sábado, como já ocorre desde a sua reabertura, quanto no domingo – neste dia da semana, a promoção será válida até 31 de agosto.

Brincadeiras e oficinas diárias que dialogam com o tema da exposição temporária Línguas africanas que fazem o Brasil e apresentações especiais aos sábados e domingos integram a programação da Estação Férias – Palavra com Raiz . A ação, criada exclusivamente para o mês das férias do meio do ano de 2024, terá início no dia 9 de julho (terça-feira, feriado em São Paulo) e se estenderá até o dia 28 de julho, sempre de terça a domingo, das 10h às 17h.

Uma grande árvore Baobá, símbolo de resistência e ancestralidade africana, será instalada no centro do Saguão B. Partindo dos troncos desta árvore, que representarão as línguas bantu, as oficinais e intervenções interativas e afetivas apresentarão as influências e presenças das culturas africanas na cultura brasileira. Aos sábados e domingos, haverá apresentações artísticas.

As ações da Estação Férias – Palavra com Raiz serão oferecidas em parceria com a organização Piraporiando, cujo trabalho se baseia na educação antirracista.

Mais atrações
Além da Estação Férias – Palavra com Raiz , o Museu também promoverá uma série de outras atrações. Entre elas, contação de histórias, sessão de cinema ao ar livre, clube de leitura, feira de troca de livros e apresentações artísticas.

O espetáculo Palavra Brinquedo é a atração do projeto É Hora de História do dia 2 de julho (terça-feira), das 10h às 11h. Nesta performance, dois contadores e musicistas contam histórias e propõem jogos interativos, tendo como inspiração poetas como Manoel de Barros, Haroldo de Campos e Adriana Falcão.

O Núcleo Educativo promove atividades gratuitas às quartas-feiras no Museu. No dia 3 de julho, o público poderá montar uma história em cordel com xilogravuras disponibilizadas pelos educadores e educadoras. Já no dia 17, será realizada a brincadeira Palavras Bantu , que instiga os visitantes a descobrirem que palavras de nosso vocabulário têm origem em línguas africanas. Gratuita, as atividades acontecem no Saguão B, das 12h às 13h.

Com mediação da poeta e tradutora Lubi Prates, o 4º encontro do Papo Literário: narrativas negras em língua portuguesa vai debater o livro Poemas da Recordação e Outros Movimentos , de Conceição Evaristo. Trata-se do clube de leitura do Museu, que se reúne uma vez por mês. Em julho, ele está programado para acontecer no dia 13, das 14h30 às 16h30, com tradução em Libras e sorteio de livros.

A 4ª Feira de Troca de Livros do Museu acontece no dia 20 de julho (sábado). A cada edição, as pessoas são estimuladas a trocar com o Museu até oito livros em bom estado: sendo quatro livros por outros quatro livros da instituição e quatro livros por quatro ingressos (válidos até 29 de dezembro de 2024). Caso a pessoa queira doar mais livros ao Museu, não há limite, desde que respeitadas as categorias literárias indicadas. Também podem trocar livros entre si. A atividade ainda promove mediação de leitura e conta com um espaço infantil.

Também no dia 20, das 12h às 14h, no Saguão Central da Estação da Luz, acontece o 5º Sarau Africanizar no Museu, com curadoria do Samba D’Ketu . Os convidados serão o DJ Pedrinho, a professora de dança Raquel Barcossa e o Grupo Vaib Boa.

Na última quinta-feira do mês, dia 25, os amantes do cinema estão convidados a assistir, em película 16 mm e em versão dublada, o clássico King Kong , lançado em 1933. A exibição acontece dentro do projeto Luz na Tela , o cinema ao ar livre do Museu. A curadoria é do Museu Soberano – Rua do Triunfo. A sessão tem início às 19h30, com distribuição gratuita de pipoca e guaraná.

No último fim de semana de julho, nos dias 27 e 28 de julho, haverá uma apresentação de dança e contação de histórias. No sábado, a atração é o Tambor de Crioula Dona Teca , que integra a programação do Plataforma Conexões , que selecionou trabalhos de novos artistas. Das 12h às 13h, no Saguão Central da Estação da Luz, o público poderá conferir uma performance de dança, cantos e ritmos de uma das manifestações mais importantes do Maranhão.

Já no domingo, dia 28, encerrando a programação especial do mês das férias de julho do Museu, é a vez do espetáculo Fantasmas da SP Antiga , da Cia. Mapinguary. A trilha sonora da peça é executada ao vivo, relembrando alguns compositores nascidos na capital paulista. A apresentação acontece das 11h às 12h, no Saguão B do Museu.

Exposições
Quem vier ao Museu ainda tem acesso à sua exposição principal e à mostra temporária Línguas africanas que fazem o Brasil .

A exposição principal aborda a diversidade da língua portuguesa falada no território brasileiro por meio de experiências audiovisuais, imersivas e interativas. Um dos destaques é o Beco das Palavras , um jogo em que o público é instigado a juntar pedaços de palavras por meio da sombra do braço projetada em uma mesa: a experiência, uma das mais populares do Museu, ensina por meio da brincadeira.

Já a mostra temporária Línguas africanas que fazem o Brasil apresenta a presença do iorubá, fon, quicongo e outras línguas de África no português falado no Brasil. Isso se dá por meio de obras de arte de nomes como Aline Motta e J.Cunha e de recursos audiovisuais e interativos encontrados em uma sala na qual o visitante é surpreendido ao falar em voz alta termos como afoxé e acarajé. A curadoria da exposição é de Tiganá Santana.

A exposição conta com patrocínio máster da Petrobras, patrocínio da CCR, do Instituto Cultural Vale, e da John Deere Brasil; e apoio do Itaú Unibanco, do Grupo Ultra e da CAIXA.

SERVIÇO
Estação Férias – Palavra com Raiz
De 9 a 28 de julho (de terça a domingo), das 10h às 17h
No Saguão B e Pátio B
Grátis

Palavra Brinquedo – É Hora de História
Dia 2 de julho (terça-feira), das 10h às 11h
No Saguão B
Grátis

Atividades com o Núcleo Educativo
Dias 3 e 17 de julho (às quartas-feiras), das 12h às 13h
No Saguão B
Grátis

4º Papo literário: narrativas negras em língua portuguesa
Livro Poemas da Recordação e Outros Movimentos , de Conceição Evaristo. Mediação de Lubi Prates
Dia 13 de julho (sábado), das 14h30 às 16h30
No Saguão B
Grátis

Feira de Troca de Livros do Museu
Dia 20 de julho (sábado), das 14h às 17h
No Saguão B e Pátio B
Grátis

Sarau Africanizar no Muse u
No dia 20 de julho (sábado), das 12h às 14h
No Saguão Central da Estação da Luz
Grátis

Luz na Tela – Exibição do filme King Kong (1933), em película 16mm e dublado
No dia 25 de julho (quinta-feira), às 19h30
No Pátio B
Grátis

Plataforma Conexões – Tambor de Crioula Dona Teca
Dia 27 de julho (sábado), das 12h às 13h
No Saguão Central da Estação da Luz
Grátis

Fantasmas a SP Antiga Domingo no Museu
Dia 28 de julho (domingo), das 11h às 12h
No Saguão B
Grátis

Exposição principal e mostra temporária Línguas africanas que fazem o Brasil
De terça a domingo, das 9h às 16h30 (com permanência até as 18h)
R$ 24 (inteira); R$ 12 (meia)
Grátis para crianças até 7 anos
Grátis aos sábados
Grátis aos domingos (até 31 de agosto)
Acesso pelo Portão A
Venda de ingressos na bilheteria e pela internet:
https://bileto.sympla.com.br/event/90834/

Museu da Língua Portuguesa
Praça da Língua, s/nº – Luz – São Paulo

SOBRE O MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA
Localizado na Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa tem como tema o patrimônio imaterial que é a língua portuguesa e faz uso da tecnologia e de suportes interativos para construir e apresentar seu acervo. O público é convidado para uma viagem sensorial e subjetiva, apresentando a língua como uma manifestação cultural viva, rica, diversa e em constante construção.

O Museu da Língua Portuguesa é uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo de Estado de São Paulo, concebido e implantado em parceria com a Fundação Roberto Marinho. O IDBrasil Cultura, Esporte e Educação é a Organização Social de Cultura responsável pela sua gestão.

PATROCÍNIOS E PARCERIAS
A temporada 2024 conta com o patrocínio máster da Petrobras, patrocínio da CCR, do Instituto Cultural Vale, e da John Deere Brasil; com apoio do Itaú Unibanco, do Grupo Ultra, e da CAIXA. Conta ainda com as empresas parceiras Instituto Votorantim, Epson, Machado Meyer, Verde Asset Management. Revista Piauí, Guia da Semana, Dinamize e JCDecaux são parceiros de mídia. A EDP é patrocinadora máster da reconstrução do Museu. A reconstrução e a temporada 2024 são uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet.

Museu da Língua Portuguesa – Comunicação
Alan de Faria | alan.faria@idbr.org.br – 11 99894 0702
Renata Beltrão | renata.beltrao@idbr.org.br – 11 99267 5447

Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo Assessoria de Imprensa
(11) 3339-8062 / (11) 3339-8585

Acompanhe a Cultura: Site | Facebook | Instagram | Twitter | LinkedIn | YouTube


5 mitos e verdades sobre a linguagem Cobol que você precisa saber

Woman Sitting While Operating Macbook Pro



5 mitos e verdades sobre o Cobol que você precisa saber


Ferramentas como isCobol e treinamentos para novos desenvolvedores mantêm a linguagem relevante e adaptada às novas demandas de mercado


Embora muitos possam considerar o Cobol uma linguagem de programação ultrapassada, ele ainda desempenha um papel fundamental na tecnologia da informação. Grandes instituições financeiras e governos dependem do Cobol para suas operações diárias. A capacidade de modernizar aplicativos sem a necessidade de reescrever todo o código é uma das razões pelas quais ele permanece necessário.

Com a crescente demanda por modernização, a pergunta que surge é: o que acontecerá com o Cobol? Empresas estão investindo em treinamentos para novos desenvolvedores, garantindo que essa linguagem permaneça viva. Além disso, nos dias atuais, ferramentas modernas estão sendo desenvolvidas para facilitar a integração de sistemas legados com novas tecnologias.

O CEO da Interon, Luiz Gustavo, afirma que o Cobol está evoluindo e se adaptando às novas necessidades do mercado. “A tecnologia da informação reconhece seu valor e busca maneiras de aproveitar ao máximo seu potencial. Isso cria oportunidades tanto para veteranos quanto para os novos talentos na área da programação”, completa.

Com tantas informações circulando sobre essa ferramenta é difícil saber o que realmente faz sentido. Abaixo, veja cinco mitos e verdades sobre a linguagem de programação.

  • Cobol é uma linguagem morta?

Mito. A realidade é que bilhões de linhas de código Cobol estão em uso ativo, especialmente em bancos e grandes corporações.

  • Existe uma demanda alta por desenvolvedores Cobol?

Verdade. A demanda por profissionais com conhecimento da linguagem tech continua alta, especialmente para a manutenção e atualização de sistemas legados.

  • É uma linguagem muito difícil de aprender?

Mito. Embora a sintaxe do Cobol seja diferente das linguagens modernas, ela foi criada para ser parecida com a língua inglesa, o que pode facilitar a compreensão dos programadores.

  • O Cobol foi criado para aplicações comerciais

Verdade. O Cobol foi criado em 1959 e projetado para facilitar a programação de aplicações de negócios. Sua estrutura e comandos são orientados para atender necessidades comerciais e administrativas.

  • O Cobol é ineficiente e lento

Mito. A linguagem é altamente eficiente para tarefas que foram projetadas, particularmente para processamento em massa de transações financeiras.

  • Pode manipular grandes volumes de dados com eficiência

Verdade. Uma das maiores vantagens do Cobol é sua capacidade de processar enormes volumes de dados rapidamente e com alta precisão. Isso o torna ideal para sistemas que dependem de processamento em massa de informações.

  • Não vale mais a pena investir em Cobol

Mito. Com a quantidade de sistemas legados que dependem do Cobol, há um mercado sólido e com oportunidades para programadores na linguagem. Segundo o Glassdoor, os salários desses profissionais podem atingir até R$30 mil.

  • Ainda existem milhares de linhas de código ativas

Verdade. Estima-se que mais de 220 bilhões de linhas de código Cobol estejam em uso em todo o mundo. Esses códigos são fundamentais para o funcionamento de sistemas em diversos setores.

  • Cobol não suporta programação moderna

Mito. Há modernizações e atualizações em Cobol que o tornam compatível e interoperável com tecnologias mais modernas.

  • Atualizar o Cobol ajuda na redução de custo

Verdade: Manter e atualizar sistemas Cobol pode ser mais custo-efetivo do que reescrever os mesmos sistemas em novas linguagens.



Sobre a INTERON

A INTERON é uma empresa que atua no mercado desde 1988 como um provedor de soluções, serviços e produtos voltados para modernização de aplicações de negócios. Atualmente, está presente em quatro continentes, com destaque para sua atuação nos Estados Unidos, Taiwan, Europa e Japão. Saiba mais em: https://www.interon.com.br/?lang=es

Os beneficios do CRM como maximizar vendas e relacionamentos empresariais

Os benefícios do CRM: como maximizar vendas e relacionamentos empresariais

Por Danilo Superbi, CEO da DASS Consultoria

O mundo dos negócios está em constante evolução, e a gestão de relacionamento com o cliente (CRM) se tornou uma das principais ferramentas para empresas que buscam otimizar suas vendas e estratégias de marketing. O CRM, ou Customer Relationship Management, utiliza táticas de negócios e suporte tecnológico para antecipar desejos e necessidades dos clientes, aumentando as vendas e captando novos clientes. De acordo com um estudo realizado pela GoDaddy em parceria com o Sebrae-SP em 2023, 65% das micro e pequenas empresas afirmaram utilizar uma ferramenta de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) para organizar e acompanhar as interações com os clientes, a segunda maior porcentagem depois da Índia, que alcançou 74%.

Em sua essência, um sistema de CRM é capaz de armazenar e organizar dados relevantes sobre os clientes, como nome, telefone, endereço, preferências e últimos contatos. Essas informações são essenciais para que as empresas possam fortalecer o relacionamento com os clientes e personalizar suas abordagens de vendas e marketing.

No entanto, o CRM vai além de um simples banco de dados. Ele é uma ferramenta que permite automatizar processos, controlar a jornada do cliente e garantir a eficiência das etapas do funil de vendas. Ao registrar cada interação com o cliente, desde o primeiro contato até a conclusão da venda, o CRM fornece uma visão completa do histórico de relacionamento, permitindo que as equipes de vendas acompanhem o progresso de cada negociação e identifiquem oportunidades de fechamento.

Além disso, o CRM também desempenha um papel fundamental na integração entre as equipes de vendas e marketing. Ao compartilhar informações em tempo real, as equipes podem alinhar suas estratégias e garantir que os leads sejam nutridos de forma adequada, aumentando as chances de conversão. A automação de procedimentos de marketing digital, como o envio de e-mails personalizados ou o agendamento de follow-ups, também é facilitada pelo CRM, permitindo que as empresas atraiam e retenham clientes de maneira mais eficiente.

Investir em um sistema de CRM traz inúmeras vantagens para as empresas. Uma delas é a melhoria na experiência do cliente. Com acesso a um histórico completo de interações, as equipes de atendimento podem oferecer um suporte mais personalizado e eficiente, atendendo às necessidades dos clientes de maneira ágil e assertiva. Isso fortalece o relacionamento com o cliente, aumentando as chances de fidelização e recomendação da marca.

Aumentar a produtividade das equipes de vendas é outra vantagem proporcionada pelo CRM. Ao automatizar tarefas repetitivas, como o preenchimento de planilhas ou o envio de propostas, o CRM permite que os vendedores foquem em atividades de alto valor, como o fechamento de negócios e a construção de relacionamentos duradouros. Com um pipeline de vendas bem estruturado, as equipes também podem identificar gargalos e oportunidades de melhoria, otimizando seus processos e impulsionando os resultados.

A escolha da solução de CRM ideal para o negócio é um passo crucial. É importante definir objetivos claros, analisar o custo-benefício e considerar as funcionalidades específicas que atendam às necessidades da empresa. Existem diversas opções no mercado, como Ploomes, Salesforce, Agendor, RD Station CRM, Snov.io e Piperun, cada uma com suas particularidades e vantagens. A consulta a especialistas e a realização de testes ou demos também podem ser úteis para tomar uma decisão informada.

Em resumo, a implementação de um sistema de CRM adequado é essencial para qualquer empresa que deseja melhorar a experiência do cliente, aumentar a eficiência de suas equipes de vendas e marketing e impulsionar seus resultados. O CRM não é apenas uma ferramenta tecnológica, mas uma filosofia de negócios que coloca o cliente no centro de todas as estratégias. Ao investir em um CRM robusto e alinhado com suas necessidades, as empresas estarão preparadas para enfrentar os desafios do mercado e construir relacionamentos duradouros com seus clientes.

Lacuna tecnológica na gestão documental da América Latina – como superar desafios



Lacuna tecnológica na gestão documental da América Latina – como superar desafios?


À medida em que o mundo avança para a era digital, a América Latina ainda encontra desafios críticos para se adaptar, pois, apesar da população jovem e altamente inserida às novas tecnologias, o caminho para a digitalização encontra desafios, como a questões que envolvem infraestrutura e distribuição eficiente de produtos e serviços tecnológicos, devido a modelos operacionais desatualizados e a uma rede de distribuição limitada e fragmentada.

A digitalização oferece uma oportunidade sem precedentes para a América Latina superar barreiras históricas ao crescimento e à inclusão. No entanto, para aproveitar plenamente estas oportunidades, é essencial enfrentar os desafios estruturais e promover um ecossistema que apoie a inovação. A colaboração entre governos, empresas e sociedade civil é essencial para criar um ambiente que facilite o acesso à tecnologia. Além disso, apesar do progresso, a América Latina ainda tem um grande fosso digital, além de questões que envolvem crimes cibernéticos, já que é considerada como uma das regiões mais vulneráveis aos ataques de hackers. A implementação de uma regulamentação adequada também é outro ponto crucial e que precisa ser discutido.

Como forma de demonstrar alguns avanços, a equipe da Kodak Alaris separou alguns exemplos reais de boas práticas em gestão documental que existem hoje em alguns países da América Latina como Chile, Colômbia, Brasil e México. Confira:

Brasil: O Arquivo Nacional do Brasil implementou um sistema de gestão eletrônica de documentos, o que melhorou a eficiência e a transparência da administração pública. O governo brasileiro também desenvolveu uma série de iniciativas para promover a adoção de assinaturas eletrônicas;

Chile: O Arquivo Nacional do Chile implementou um sistema de gestão eletrônica de documentos, o que melhorou significativamente a eficiência e o acesso à informação. O governo chileno também desenvolveu uma série de iniciativas para promover a adoção de assinaturas eletrônicas. Além disso, a Receita Federal do Chile digitalizou seus processos de gestão de documentos, o que levou a redução de custos e melhor atendimento ao cliente;

Colômbia: O Arquivo Geral da Nação da Colômbia desenvolveu uma série de ferramentas e recursos para ajudar as entidades públicas a melhorarem a gestão documental. O governo colombiano também implementou uma política nacional de gestão de registros eletrônicos;

México: O Arquivo Geral da Nação do México digitalizou milhões de documentos históricos e os disponibilizou de maneira on-line. O governo mexicano também implementou um sistema eletrônico de gestão de documentos para a administração público-federal;

Peru: O Arquivo Geral da Nação do Peru desenvolveu um conjunto de normas e diretrizes para a gestão documental no país. A Universidade Nacional Mayor de San Marcos do Peru implementou um sistema de gerenciamento eletrônico de registros para seus arquivos acadêmicos.

Com uma abordagem estratégica e um compromisso firme, a América Latina pode avançar ainda mais para uma gestão documental moderna e eficiente. Existem muitos desafios, mas também existem muitas oportunidades de melhoria.

Sobre a divisão Alaris da Kodak Alaris

A Kodak Alaris é uma provedora líder do setor de soluções de captura de informações que simplificam os processos de negócios. A empresa trabalha para ajudar o mundo a entender as informações com soluções conectadas e inteligentes, habilitadas por décadas de inovação na ciência da imagem. As premiadas linhas de scanners, software e serviços estão disponíveis em todo o mundo e através de uma rede de parceiros de canal. Para obter mais informações, acesse www.alarisworld.com/pt-br e siga @AlarisLATAM.

Ferramentas que personalizam vitrines podem impulsionar vendas no varejo

black trike parked near soter

Ferramentas que personalizam vitrines podem impulsionar vendas no varejo

Aplicações como o Podash podem auxiliar lojistas a escolher produtos que se encaixem com o perfil de seus clientes e melhorar estratégias de marketing
 

O Varejo é um dos setores que mais sofreu com a pandemia e, de lá pra cá, inovar tem sido essencial para aumentar as vendas e se manter competitivo no mercado. Estas ferramentas atuam em todos os escopos do negócios, desde no cuidado com o estoque até na hora de agilizar pagamentos. Entretanto, é essencial para os varejistas estarem atentos ao cartão de visitas das suas lojas: a vitrine.
 

Se bem montada e direcionada para o público-alvo da empresa, ela pode fazer toda a diferença entre a conversão de uma venda ou não. Por isso, algumas soluções têm feito a diferença nesse momento, auxiliando nas escolhas e na preparação do que deverá ser destaque nas lojas.


Umas destas soluções é a Podash, ferramenta criada pela Orbital, para gestão de conteúdo e que, através de câmeras na vitrine, promove uma análise anônima dos dados do cliente, entregando informações essenciais para tornar as ações da varejista ainda mais assertivas com seu público.


Para Vini Luiz, diretor de inovação da Orbital, saber quais produtos chamam mais a atenção, analisar olhares, sorrisos e tempo de permanência em frente à loja é extremamente importante para entender o perfil do potencial cliente. “Afinal, se todos os cliques dos usuários são registrados, compilados e analisados durante a jornada digital, por que não fazer o mesmo no mundo físico? Foi assim que nasceu a Podash”, resume.


Um dos cases deste projeto é seu uso nas vitrines da Polishop do Shopping Ibirapuera, que está auxiliando a varejista a entender melhor quem circula pelo espaço e se interessa pelos produtos da marca. “O consumo não é apenas um ponto de chegada; é um processo dinâmico que molda e é moldado pelas expectativas, emoções e necessidades do consumidor, e é nesse contexto que nasce nossa ferramenta capaz de captar emoções ao olhar para a vitrine”, garante Vini.


A Plataforma combina tecnologia de ponta e expertise para analisar o comportamento dos consumidores. O software é capaz de identificar quando um indivíduo direciona seu olhar para a vitrine da loja e analisar seu estado emocional, categorizando suas emoções em felicidade, neutralidade ou tristeza. Outras informações, como altura, idade, roupas e taxa de retorno dos espectadores também são compiladas.


Além disso, a aplicação permite o cruzamento de dados com informações de vendas, proporcionando uma análise abrangente do impacto da vitrine nas vendas, oferecendo insights valiosos para a personalização da experiência do cliente e a otimização das estratégias de marketing.


Diante disso, o Podash promete marcar um avanço no setor varejista, uma vez que aplica lições aprendidas nas versões iniciais do produto, que já conta com um roadmap de implementação, que ajudará no entendimento completo do público e do impacto das vitrines e ofertas oferecidas sobre os consumidores.


“Nosso objetivo é extrair o máximo de informações valiosas e dados que impulsionam a vantagem competitiva no mercado. Estamos confiantes de que, com a plataforma Podash e nossa expertise, podemos elevar o padrão das experiências do cliente” conclui o diretor de inovação da Orbital.

Instituição financeira diminui 80% do trabalho de recrutamento com software que acelera contratações

three men sitting on chair beside tables

Instituição financeira diminui 80% do trabalho de recrutamento com software que acelera contratações

Banco Toyota aderiu ao novo serviço que já resultou na contratação de 22 profissionais em menos de cinco meses

São Paulo, junho de 2024 – O Banco Toyota, instituição financeira que oferece soluções de crédito para a compra de veículos da marca, adotou o software de recrutamento e seleção da InHire para otimizar seus processos de contratação. A parceria, iniciada em janeiro deste ano, já resultou na contratação de 22 profissionais.

Antes da implementação da InHire, o Banco Toyota enfrentava desafios em seu processo seletivo. A empresa utilizava e-mails e planilhas para acompanhar as etapas do recrutamento, o que descentralizava as informações e dificultava a visibilidade para os gestores responsáveis pelas vagas. Além disso, o aumento de 126% nas contratações entre 2021 e 2023 tornou o acompanhamento dos processos ainda mais desafiador.

Diante desses obstáculos, o Banco Toyota avaliou cinco fornecedores de sistemas de recrutamento e seleção e, após três meses de testes, escolheu a InHire para aprimorar suas contratações. A plataforma oferece recursos como gestão de todas as etapas do processo seletivo, personalização de uma página de carreira, inscrição simplificada para candidatos, automatização de envio de e-mails, visualização de testes comportamentais, agendamento de entrevistas e dashboards personalizadas.

“Contratar um software de recrutamento e seleção é sempre um desafio, pois há o risco de perder a humanização do processo. No entanto, a plataforma se destacou por sua capacidade de personalização, o que nos permitiu automatizar 80% das atividades operacionais do time de recrutamento sem abrir mão da excelência e da diversidade”, afirma Luciano Savoldi, do Banco Toyota.A InHire nos permitiu controlar indicações internas, divulgar vagas em diversas plataformas sem custo adicional e obter insights valiosos sobre o tempo de processo, motivos de reprovação ou declínio de candidatos e alcance de perfis”, completa Saskia Galvão, Analista de Recrutamento e Seleção Pleno do Banco Toyota.

A implementação da plataforma trouxe resultados significativos para o Banco Toyota. Desde janeiro de 2024, a empresa fechou contratou 22 novos profissionais por meio da plataforma, o que proporcionou maior autonomia aos gestores, agilidade na apresentação de perfis, padronização das informações dos candidatos e conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Além disso, o software reduziu em cerca de 80% o trabalho manual da equipe de recrutamento, simplificou a candidatura para os candidatos e ofereceu um dashboard com informações relevantes sobre o processo seletivo.

Sobre a InHire

Fundada em Salvador, a InHire é uma plataforma de software para a área de recrutamento e seleção das empresas. Com uma tecnologia desenvolvida para otimizar o processo operacional aos profissionais de RH, a HRTech auxilia na busca por candidatos, na geração de planilhas e dados, além de armazenar informações em uma só plataforma com arquivos relacionados à gestão de pessoas. Para saber mais: https://www.inhire.com.br/ 

Profissionais experientes geram resultados em menor tempo no desenvolvimento de softwares

SUGESTÃO DE PAUTA: Profissionais experientes geram resultados em menor tempo no desenvolvimento de softwares.

Profissionais experientes geram resultados em menor tempo no desenvolvimento de softwares.

Contratar especialistas em desenvolvimento de sistemas como forma de outsourcing pode trazer diversos benefícios para as empresas, como a redução do tempo de entrega dos projetos e a diminuição das chances de erros. Aqueles profissionais que possuem uma vasta experiência e conhecimento técnico, são capazes de otimizar os processos de desenvolvimento de software e garantir resultados de alta qualidade.

A contratação desses especialistas pode acelerar o tempo de entrega em comparação com desenvolvedores menos experientes. Isso ocorre devido a habilidades desenvolvidas pela experiência real que ajuda a resolver problemas complexos e grandes desafios. Além disso, esses especialistas têm conhecimento profundo e abrangente de várias tecnologias, frameworks, e metodologias de desenvolvimento s.

Nesta pauta, é possível abordar como o outsourcing de especialistas em desenvolvimento pode ser uma estratégia eficaz para as empresas que desejam otimizar seus processos de TI. Além disso, é possível discutir os principais fatores que influenciam nessa diferença de tempo e como os especialistas conseguem mitigar os riscos de erros nos projetos.

Para falar sobre o assunto, colocamos à disposição Vagner Oliveira, Cofundador e COO da Outsera.

Pontos que podem ser abordados:

– Quais são os principais benefícios de contratar especialistas em desenvolvimento?

– Como a experiência e habilidade dos especialistas influenciam na redução do tempo de entrega?

– Quais são os fatores que podem causar atrasos nos projetos de desenvolvimento?

– Como os especialistas em desenvolvimento podem mitigar os riscos de erros nos projetos?


Sobre a Outsera

A Outsera é uma empresa especializada em outsourcing de profissionais para tecnologia. Fundada em 2013, a empresa, composta por especialistas que atuam em todas as fases do desenvolvimento de software, nasceu para potencializar o setor de tecnologia de empresas por meio de mão de obra especializada. Com sua metodologia Humans to Technology (H2T), a Outsera se destaca no mercado, alocando profissionais experientes que atendem os mais altos requisitos de qualidade e performance de cada cliente. Para mais informações, acesse: outsera.com

Vantagens da terceirizacao de profissionais em desenvolvimento de software

Vantagens da terceirização de profissionais em desenvolvimento de software

Vantagens da terceirização de profissionais em desenvolvimento de software

A prática de terceirizar especialistas em tecnologia está se expandindo no setor, especialmente para o desenvolvimento de software. Esta abordagem envolve a contratação de profissionais externos para atender às necessidades de TI de uma organização, proporcionando vantagens e melhorias significativas. Empresas de outsourcing são frequentemente escolhidas para localizar e recrutar os especialistas, cobrindo todas as etapas do processo: desde a arquitetura e o desenvolvimento até a análise de qualidade e a gestão do sistema até sua entrega. A forma adotada permite a alocação direta de profissionais que lideram projetos no local do cliente

Neste arranjo, tanto o contratante quanto o profissional podem alcançar excelentes resultados com entregas superiores, pois o contratado traz experiência e conhecimento específico que correspondem às necessidades particulares e ao estágio atual do desenvolvimento do software. Além disso, o especialista fica integrado à equipe interna, o que simplifica o processo e contribui para alcançar resultados mais eficazes, permitindo interação constante e expertise técnica alinhada com as exigências do cliente. Isso também promove maior flexibilidade na priorização de tarefas, respostas ágeis a alterações e uma visão mais clara do progresso das entregas. E apesar de que contratar um profissional sênior seja mais dispendioso, há inúmeros benefícios para as empresas, como os já citados.

Nessa pauta, é possível abordar como a terceirização de profissionais em tecnologia pode ser uma estratégia vantajosa para as empresas que buscam otimizar seus processos de desenvolvimento de software e alcançar melhores resultados de forma mais eficiente. Para falar sobre o assunto, colocamos à disposição Vagner Oliveira, Cofundador e COO da Outsera.

Pontos a serem abordados:

– Quais as diferenças entre o modelo de escopo fechado e body shop na terceirização de profissionais em tecnologia?

Como identificar o parceiro que de fato vai conseguir entregar os profissionais que atende as necessidades ?

– O que mais influencia no processo de escolha de um modelo para o outro?

– Como a terceirização pode ajudar a escalar a área de TI de uma empresa?

– Incluir um profissional especialista pode reduzir o custo de mão de obra no desenvolvimento de softwares?

– Por que contratar um profissional sênior mesmo sendo dispendioso para as empresas?

Sobre a Outsera

A Outsera é uma empresa especializada em outsourcing de profissionais para tecnologia. Fundada em 2013, a empresa, composta por especialistas que atuam em todas as fases do desenvolvimento de software, nasceu para potencializar o setor de tecnologia de empresas por meio de mão de obra especializada. Com sua metodologia Humans to Technology (H2T), a Outsera se destaca no mercado, alocando profissionais experientes que atendem os mais altos requisitos de qualidade e performance de cada cliente. Para mais informações, acesse: outsera.com

Setor de Tecnologia da Informação fatura 350 bilhões em 2023 e amplia oportunidades

man in gray dress shirt sitting on chair in front of computer monitor

Setor de Tecnologia da Informação fatura 350 bilhões em 2023 e amplia oportunidades

Empresas investem cada vez mais na área que deve investir R$ 8,3 bilhões em IA ainda este ano

De acordo com o último relatório setorial divulgado pela Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o setor de Tecnologia da Informação (TI) obteve uma receita de R$ 348,2 bilhões em 2023, apresentando um crescimento de 8,5% em relação a 2022. Os dados incluem TI, Software, Serviços, Nuvem, BPO, Business Consulting, Estatais, Hardware e Exportações. 

Todo esse crescimento é também reflexo do investimento que as empresas brasileiras vêm fazendo na área. Seja para empresas que oferecem serviços de tecnologia, seja para aquelas que desenvolveram bem um TI interno. Ainda conforme o levantamento, o macrosetor de TIC (reúne TI e Telecom) atingiu a cifra de R$ 707, 7 bilhões de reais em 2023, um crescimento de 5,9% em relação ao ano de 2022 e, que representa 6,5% do PIB brasileiro. 

Para a Arklok, uma das maiores empresas de infraestrutura de TI do Brasil, o crescimento do setor já era esperado e seus benefícios devem ser sentidos a curto e médio prazo. Com a incorporação de cada vez mais tecnologias no dia a dia das empresas, a tendência é que esse tipo de investimento aumente e agregue com mais inovação. 

Investir, inovar e reduzir custos 

Quando falamos de inovação em tecnologia, a Inteligência Artificial e suas possibilidades rapidamente vem à mente. Mas não só disso vive o setor, e, para muitas empresas os modelos de IA ainda não são uma realidade. Em alguns casos, inovar vem da reformulação das áreas em relação ao seu uso de tecnologia e disso a Arklok entende bem. Para o vice-presidente da marca, Renan Torres, o investimento na modernização da área de TI pode ser um bom começo. 

“O TI é o coração de diversas corporações e não pode ficar defasado. Seja em relação aos aparelhos que são utilizados ou aos softwares e sistemas que conduzem as operações. Para continuar apresentando um bom crescimento, investir em boas ferramentas de trabalho para a equipe pode ser um bom ponto de partida”, comenta o executivo.  

Para ampliar o investimento, muitas marcas acreditam precisar aumentar também seus gastos. Entretanto, existem algumas formas de reduzir os custos sem perder a eficiência e qualidade de entrega dos times. Uma das formas de solucionar essa questão, é com outsourcing da infraestrutura de TI. 

Ao optar pela terceirização, as empresas têm a oportunidade de usufruir de recursos especializados, tecnologia avançada e serviços de excelência sem a obrigação de realizar altos investimentos em infraestrutura, softwares e equipe interna. É possível pagar pelos serviços de infraestrutura de acordo com a demanda do setor, evitando gastos desnecessários e não calculados. 

“Mais que uma forma de reduzir custos, o outsourcing traz também a possibilidade de aumentar a produtividade e qualidade as equipes. Com equipamentos de mais qualidade e atualizados, é possível otimizar o tempo e garantir melhores resultados”, complementa Torres. 

Não podemos deixar de falar da IA 

O levantamento também apontou para o tema do momento, a Inteligência Artificial. Em 2024, R$ 8,3 bilhões (US$ 1,6 bilhão na cotação de US$ 5,17 considerada pela IDC) serão destinados a plataformas de análises de dados e IA. 

Ao possibilitar automatização, análise de dados e geração de insights, os modelos de IA tem o potencial de transformar a maneira como as empresas atuam e fornecem produtos e serviços aos clientes. Sua incorporação não só pode impulsionar a eficiência e a inovação, mas também criar oportunidades de negócio e receita para o setor de tecnologia brasileiro. 

“Diante desse contexto, as corporações devem estar atentas a essas tendências e investir na capacitação e no desenvolvimento de soluções baseadas em inteligência artificial. A expectativa é de que, com a crescente adoção dessa tecnologia, o mercado de tecnologia no Brasil possa recuperar seu ímpeto de crescimento e se firmar como um importante centro de inovação e empreendedorismo”, comenta Torres. 

Do zero à programação: 5 dicas para tirar seu primeiro projeto do papel 

woman in black shirt sitting beside black flat screen computer monitor

Do zero à programação: 5 dicas para tirar seu primeiro projeto do papel 

CEO compartilha orientações para desenvolvedores partirem para o mercado com portfólio iniciado.

São Paulo, junho de 2024 – Chegar ao mercado com diploma não é mais suficiente para a grande maioria dos profissionais. Segundo pesquisa recente da empresa Córtex, só um em cada dez recém-formados nos cursos mais populares do país consegue uma vaga formal equivalente ao seu nível de capacitação. Mas é um pouco diferente na tecnologia, que sofre com escassez de pessoas capacitadas e especializadas. Análise do Ibre/FGV indica que há alta de 10% na demanda por profissionais da área. Por isso, uma das dicas de ouro para quem está finalizando ou já finalizou sua formação, seja técnico ou superior, é criar projetos e organizar um portfólio inicial. 

E para ajudar neste processo, a CEO da escola de programação Rocketseat, Isabela Castilho, compartilha 5 passos para que futuros desenvolvedores tirem dos papel seus primeiros projetos solo e cheguem ao mercado com algum diferencial:

1. Identificar os requisitos do projeto
Primeiro, determine os requisitos do projeto, incluindo hardware, software e outros recursos necessários. Identifique os programas, frameworks e a linguagem de programação mais adequados. É importante também definir qual linguagem de programação utilizar, considerando a demanda e tamanho do projeto

2. Elaborar um esboço do programa
Após a identificação, faça um esboço detalhado do programa com diagramas e esboços da arquitetura do sistema e do design da interface. Você pode usar papel e lápis ou ferramentas digitais para essa tarefa.

“Nos primeiros projetos, a insegurança é um obstáculo a ser superado. O medo de errar nas primeiras vezes é comum, porém, é fundamental extrair ou ter clareza do objetivo do produto da maneira mais eficiente, para entregar com qualidade”, ressalta Isabela, que desenvolveu sua carreira em um cenário exíguo para mulheres: 93% dos programadores no Brasil são homens, segundo pesquisa da JetBrains. 

3. Segmentar tarefas menores
Divida o projeto em tarefas menores e gerenciáveis. Por exemplo, se um programador precisa desenvolver uma API para identificar mensagens de spam, as etapas podem ser: coletar dados, limpar e rotular dados, treinar e validar o modelo, construir a interface de programação, hospedar a aplicação e acompanhar o desempenho. Crie um cronograma para cada tarefa para garantir que tudo seja concluído no prazo.

4. Teste e revisão
Teste e revise o código. Conduza testes minuciosos para garantir que tudo funcione corretamente. Baseado nos resultados, revise e ajuste conforme necessário para garantir a qualidade e a funcionalidade do projeto.

5. Participar do evento online e gratuito “Do Zero à programação”, a partir de 13 de junho, que a Rocketseat está organizando.  Serão 3 aulas para aprender de forma prática a criar o primeiro site sem complicações, conhecer as habilidades de uma pessoa programadora e aprender o caminho para começar a trabalhar na área.

Isabela Castilho, CEO da escola de programação Rocketseat

Sobre a Rocketseat

Fundada no Brasil em 2017 por três programadores, a Rocketseat é uma escola de programação especializada que oferece cursos e eventos voltados à comunidade de devs no mercado de tecnologia brasileiro. A empresa faz parte do grupo Digital House. Ao todo, a Rocketseat já transformou a vida de mais de um milhão de pessoas por meio da educação. Isabela Castilho é a CEO da Rocketseat – à frente das operações.

Empresa de desenvolvimento de softwares adquire porcentagem da Surto Marketing Inteligente

Empresa de desenvolvimento de softwares adquire porcentagem da Surto Marketing Inteligente

A proposta da Corelab é criar empresa de construção de sites 100% personalizados

Empresa de desenvolvimento de softwares adquire porcentagem da Surto Marketing Inteligente

A proposta da Corelab é criar empresa de construção de sites 100% personalizados

São Paulo, junho de 2024 – A Corelab, empresa especializada em desenvolvimento de software, adquiriu a parte de construção digital da Surto Marketing Inteligente. E passa a oferecer aos seus clientes a criação de sites 100% personalizados, aumentando a captação e conversão de clientes. A construção de sites é um dos serviços mais procurados pelas empresas atualmente, uma vez que a presença online é fundamental para se destacar no mercado. No entanto, muitas empresas optam por soluções prontas, que não atendem às suas necessidades específicas e acabam comprometendo a experiência do usuário e a efetividade do site.

Com a aquisição, a Corelab investiu R$ 200 mil para aprimorar a tecnologia e tornar a construção de sites 50% mais rápida e segura, ao não utilizar plataformas prontas.Isso porque a empresa conta com uma equipe de desenvolvedores experientes e utiliza tecnologias avançadas, que permitem agilizar o processo de criação sem comprometer a qualidade do resultado final. Os sites são construídos do zero, levando em consideração as características e objetivos de cada cliente, o que garante que se transmita a identidade de marca e uma experiência diferenciada.

Outro diferencial da empresa é a segurança dos sites desenvolvidos. Ao contrário das plataformas prontas, que podem apresentar vulnerabilidades e ser alvo de ataques cibernéticos, os sites construídos pela Corelab são desenvolvidos com base em boas práticas de segurança, garantindo a proteção dos dados dos usuários e a integridade das informações da empresa.

“A aquisição da parte de construção digital da Surto Marketing Inteligente reforça o nosso compromisso em oferecer soluções tecnológicas inovadoras e alinhadas às necessidades dos nossos clientes. Com a criação de sites personalizados, queremos ajudar as empresas a se destacarem no ambiente digital, aumentando a sua visibilidade, atraindo mais clientes e impulsionando o seu crescimento”, destaca Thiago Zampieri, CEO da Corelab.

Sobre a Corelab

A Corelab é uma empresa especializada em desenvolvimento de software, que oferece soluções tecnológicas inovadoras para empresas de diferentes segmentos. Com uma equipe de profissionais altamente qualificados e experientes, a Corelab desenvolve sistemas personalizados, aplicativos móveis, integrações, entre outras soluções, que ajudam as empresas a otimizarem os seus processos, reduzir custos e impulsionarem o seu crescimento. Para saber mais, acesse: www.corelab.com.br.

ExitLag lança novo software com IA para otimizar as rotas de conexão nos jogos

person sitting on gaming chair while playing video game

ExitLag lança novo software com IA para otimizar as rotas de conexão nos jogos

A nova versão traz interface redesenhada com design pensado na experiência do usuário, e ferramentas que revolucionam conectividade para games online

São Paulo, 17 de junho de 2024 – A ExitLag, uma das principais players no mercado global de otimização de conectividade, lança oficialmente o ExitLag Powered by AI, a primeira Plataforma de Otimização de Jogos do Mundo aprimorada por Inteligência Artificial. A nova versão conta com a patenteada tecnologia Multipath®, que agora aprimorada por meio de ferramentas de inteligência artificial (IA), entregará uma experiência in-game ainda mais eficiente e que elevará o nível de qualidade para todos os jogadores da plataforma.

O software agora terá sua IA proprietária que trabalha na melhoria da conexão e entrega maior estabilidade na gameplay. Com algoritmos avançados, o ExitLag Powered by AI faz uma leitura de todas as rotas de conexões disponíveis e seleciona, automaticamente, as quatro melhores para que o usuário não sofra com oscilações e problemas com seu ping, latência e conexão, em mais de 1900 jogos. Para navegar os dados, a IA utiliza os mais de 1200 servidores da ExitLag espalhados pelo mundo.

De forma dinâmica, a nova versão da ExitLag foi pensada com o objetivo de evitar que o jogador sofra quedas durante a partida, deixando o jogador sempre conectado e a experiência ainda mais fluida.

A nova versão do software passou por um período “beta” onde usuários selecionados puderam entregar feedbacks para o lançamento da versão final. Mesmo durante os testes, o software teve uma recepção positiva, e foi observada uma evolução considerável quando comparado à versão anterior. Games da categoria “Battle Royale”, como Fortnite, tiveram o melhor índice no ranking de melhoria de qualidade de conexão.

Por ser uma das referências do mercado, a empresa “se sente no dever” de se manter atualizada com relação às tecnologias disponíveis, acompanhando sempre a evolução do mercado. Lucas Stolze, CEO da ExitLag, analisa que a nova versão é um passo importante para mostrar que a instituição está a par das necessidades da comunidade de games e eSports.

“O lançamento do ExitLag, agora aprimorado com inteligência artificial, justifica nossa preocupação em sempre buscar o que há de mais moderno no mercado para otimizar nosso produto, entregando ainda mais qualidade aos usuários. O novo software trará ainda mais agilidade, redução e estabilidade nas rotas, visando o que realmente importa: Promover uma boa experiência para quem está jogando”, comentou Lucas.

O software também contará com um “Centro de Diagnóstico”, que permitirá ao jogador realizar um monitoramento detalhado da performance da sua conexão, recebendo feedbacks de como melhorar sua rota, a partir do jogo desejado.
Para saber mais sobre o ExitLag, acesse seu site oficial e siga suas redes sociais: Instagram e X (antigo Twitter)

Tendências e desafios no universo DevOps: rumo a excelência na entrega de softwares

MacBook Pro

Tendências e desafios no universo DevOps: rumo à excelência na entrega de softwares

Por Renan Deves*

Nos últimos anos, temos testemunhado um notável crescimento na adoção das práticas DevOps e este impulso é alimentado pela urgência de desenvolver e entregar softwares com agilidade e eficiência.

Para atingir esses objetivos, estamos assistindo ao surgimento de uma série de tendências importantes no setor de DevOps que devem levar a uma entrega de maior qualidade na produção de softwares.

Uma delas é a crescente popularização e utilização de IA e Machine Learning em pipelines DevOps. Temos observado uma maior eficácia na automação de tarefas, detecção de anomalias, previsão de falhas e otimização de processos. Entretanto, implementar e manter modelos de AI/ML também traz consigo desafios significativos. Além da demanda por expertise específica, surgem questões éticas e de interpretabilidade dos resultados, que exigem uma abordagem cuidadosa e ponderada ao longo de todo o processo.

Outra tendência relevante é o uso de Serverless Computing, que permite que empresas se concentrem no desenvolvimento de aplicativos sem se preocupar com a gestão da infraestrutura subjacente. Gerenciar a complexidade de funções e serviços e controlar custos são desafios importantes. A prática de Infrastructure as a Code (IaC), que permite a gestão e provisionamento de infraestrutura usando código e automação, facilita a criação e gestão consistente e escalável de TI.

Já a abordagem DevSecOps une práticas de segurança desde o início do ciclo de vida do desenvolvimento de software, visando identificar e corrigir vulnerabilidades, garantindo conformidade e protegendo a reputação da empresa. Mudanças culturais e a integração eficaz de ferramentas de segurança são desafios significativos.

A automação continua tendo uma grande importância na atividade e desempenha a função de acelerar o ciclo de vida de desenvolvimento, teste e implantação de software. Automatizar processos como builds, testes, provisionamento de infraestrutura, implementação e monitoramento é fundamental para garantir eficiência e agilidade.

A entrega contínua, por exemplo, abrange a automação completa do ciclo de entrega de software, capacitando equipes a trabalharem de maneira ágil e confiável. Nesse sentido, torna-se necessário monitorar constantemente o desempenho do software em produção e coletar feedback dos usuários para identificar prontamente problemas e assegurar uma experiência satisfatória para o usuário.

Além disso, a incorporação da segurança em todas as etapas do ciclo de vida do desenvolvimento de software é de extrema importância para empresas que buscam produtos confiáveis, estáveis e em conformidade com as regulamentações. Essa abordagem garante a mitigação de riscos desde o início, otimizando a qualidade do software entregue e reduzindo drasticamente a probabilidade de falhas e ataques. Ao adotar uma mentalidade de melhoria contínua, os processos de segurança são aprimorados e consequentemente impulsionam a competitividade e a satisfação dos clientes.

A implementação dessas práticas de entrega contínua, automação de testes, monitoramento constante e gestão eficaz da infraestrutura está elevando a qualidade dos aplicativos e soluções de software. Ciclos de feedback mais rápidos, detecção precoce de problemas e maior estabilidade e confiabilidade são alguns dos benefícios observados.

Não podemos esquecer que, para nutrir uma cultura de colaboração entre equipes, elemento essencial para o sucesso do DevOps, é preciso adotar a prática de compartilhar responsabilidades, eliminando silos organizacionais e colocando a comunicação eficaz em prática.

Em suma, as tendências emergentes em DevOps estão moldando a forma como as organizações desenvolvem, entregam e mantêm o software. Isso, aliado a uma cultura de colaboração, automação e foco na qualidade, está impulsionando a inovação e proporcionando melhores experiências aos usuários finais.

*Renan Deves é Gerente de Engenharia na Zallpy Digital, empresa especializada em soluções tecnológicas customizadas para grandes empresas

Mudanças de interface devem acompanhar a evolução dos usuários



Mudanças de interface devem acompanhar a evolução dos usuários


Pesquisa aponta que empresas pretendem investir mais em softwares no ano de 2024


O design de interface de um software ou aplicativo é um fator importante para a experiência do usuário durante o tempo de uso do programa, especialmente se ele for uma ferramenta de trabalho para aqueles que a utilizam. Diante disso, as mudanças no design de interfaces ao longo do tempo podem ser uma alternativa para acompanhar a evolução dos usuários.

Segundo a pesquisa feita pela Capterra, plataforma online de comparação de softwares, 71% das empresas planejam investir mais em softwares em 2024. Isso mostra que acompanhar a evolução dos usuários é uma das alternativas para que as pessoas continuem tendo uma boa experiência utilizando um software.

“Para profissionais, o design de interface de um software é um aspecto crucial para o sucesso do trabalho. Afinal, é através dessa interface que eles criam, editam e visualizam seus projetos, além de acessar todas as ferramentas e recursos necessários”, ressalta Jaqueline Maraschin, diretora de marketing da Promob, marca do grupo Cyncly, companhia global que desenvolve softwares para diversos setores, com 70 mil clientes em mais de 100 países.

Além disso, uma interface visualmente atraente e limpa evita a sobrecarga visual, permitindo que os arquitetos se concentrem totalmente em seus projetos. Recursos como renderização realista, desempenho do software e fácil acesso às ferramentas também são essenciais para que os profissionais possam avaliar os projetos com precisão.

Mudança de interface melhora a experiência do usuário

Um design de interface bem projetado busca tornar o processo de trabalho mais fluido e intuitivo. Menus e ícones organizados de forma lógica permitem que os profissionais encontrem rapidamente as funções que precisam, sem perder tempo procurando ou tendo que memorizar atalhos complexos.

Maraschin aponta alguns tópicos que reforçam a importância das atualizações de interface:

  • Usabilidade aperfeiçoada: As interfaces evoluem para se tornarem mais intuitivas e amigáveis, facilitando a interação do usuário com o software.
  • Adoção de novas tecnologias: Interfaces modernas incorporam recursos de tecnologias emergentes, como inteligência artificial, realidade aumentada, etc. Isso mantém o software atualizado e atrativo para os usuários.
  • Experiência do usuário aprimorada: Os padrões de design de interface se atualizam para oferecer uma experiência mais agradável e envolvente para o usuário, aumentando a produtividade e otimizando recursos dos clientes.
  • Estrutura e navegação clara: Novas interfaces incorporam estrutura do conteúdo lógico e consistente, com navegação clara e previsível. Isso inclui usar títulos, listas, e divisões de seção de maneira coerente, permitindo que os usuários compreendam rapidamente a organização da página.

“O design de interface é um fator-chave para que os usuários possam criar seus trabalhos com eficiência e precisão. Um software com uma interface bem projetada é uma ferramenta que impulsiona a criatividade e a produtividade”, comenta a diretora.

Sobre a Cyncly

A Cyncly foi criada em setembro de 2022 como a nova marca para unificar grandes desenvolvedoras de tecnologia. O grupo combinado criou uma potência global de software com mais de 2.000 funcionários e 70 mil clientes em mais de 100 países. As operações da Cyncly estão presentes na América do Norte, Europa, América do Sul, Ásia-Pacífico e África.

Sobre a Promob

A Promob, é líder no desenvolvimento de software para o segmento moveleiro. A marca Promob é referência em software para a ambientação virtual e seus produtos são continuamente aprimorados para atualizar profissionais e indicar tendências. Os softwares Promob para projeto, produção e gerenciamento são desenvolvidos com o intuito de tornar mais eficiente o relacionamento entre usuários, tecnologia e mercado e, assim, agregar valor e competitividade ao trabalho de fabricantes, lojistas, marceneiros, arquitetos e designers de interiores. Saiba mais em www.promob.com

BPM pode agilizar processo de homologação de fornecedores

woman in black long sleeve shirt holding white paper

BPM pode agilizar processo de homologação de fornecedores

Por Inon Neves, vice-presidente da Access

A gestão da cadeia de fornecimento é um dos principais desafios para as empresas que querem se manter competitivas e eficientes no mercado atual. Com a crescente complexidade e dinamismo dos fornecedores, é preciso ter uma visão integrada e estratégica de todos os processos envolvidos, desde o planejamento até a entrega do produto ou serviço ao cliente final. Além disso, com cadeias de fornecimento cada vez mais extensas e globais, a gestão estratégica dessa área depende cada vez mais da tecnologia.

Neste contexto, os processos de BPM (Business Process Management) podem ser grandes aliados para as empresas que buscam otimizar e aprimorar a sua gestão de fornecimento. BPM é uma abordagem que visa modelar, analisar, executar, monitorar e melhorar continuamente os processos de negócio de uma organização, utilizando ferramentas e metodologias adequadas.

E um dos processos de BPM mais importantes na gestão da cadeia de fornecedores é o de homologação – que consiste em avaliar e qualificar para saber se os fornecedores podem atender às necessidades da empresa, garantindo a qualidade, a confiabilidade e o cumprimento das normas e dos requisitos legais. Esse processo envolve diversas etapas, como a definição dos critérios de seleção, a solicitação de documentação e de propostas, a análise técnica e financeira, a realização de auditorias e visitas técnicas, a negociação de contratos e a emissão de pareceres e certificados.

Neste sentido, o BPM auxilia na homologação de fornecedores ao automatizar e padronizar as atividades envolvidas, desde a solicitação de cadastro até a emissão do certificado de homologação. Com o uso de ferramentas de BPM, é possível criar formulários eletrônicos, workflows, alertas, relatórios e dashboards que facilitam o acompanhamento e a gestão do processo.

Assim, a empresa pode reduzir o tempo e os custos da homologação, aumentar a segurança e a transparência das informações, eliminar falhas e gargalos, e garantir que os fornecedores atendam aos requisitos exigidos. Além disso, o processo de BPM permite que a empresa monitore continuamente o desempenho dos fornecedores e realize avaliações periódicas para verificar se eles ainda estão aptos a fornecer os produtos ou serviços contratados.

Benefícios do BPM no processo de gestão da cadeia

Os processos de BPM podem trazer diversos benefícios para a gestão de fornecimento, tais como aumento da eficiência e da qualidade dos processos, reduzindo custos, desperdícios, erros e retrabalhos; melhoria da comunicação e da colaboração entre os diferentes elos da cadeia, facilitando o compartilhamento de informações e a tomada de decisões, e integração e padronização dos processos, eliminando redundâncias e inconsistências, e garantindo a conformidade com as normas e regulamentações.

Além disso, e com a tecnologia atual, o processo de BPM oferece mais flexibilidade e adaptabilidade aos processos, permitindo que a empresa responda mais rapidamente às mudanças e demandas do mercado, bem como dos clientes.

Outros exemplos de como o BPM pode dinamizar a cadeia de fornecedores

Existem diversas formas de aplicar os processos de BPM na gestão de fornecimento, dependendo do contexto e dos objetivos de cada empresa -e que vão além da homologação. No planejamento, por exemplo, os processos de BPM podem ajudar a definir e alinhar as estratégias, os objetivos, os indicadores e os recursos necessários para a gestão de fornecimento, bem como a identificar e avaliar os riscos e as oportunidades envolvidos.

Na produção, os processos de BPM podem contribuir para a gestão dos estoques, dos materiais, dos equipamentos e da mão de obra, bem como para o controle da qualidade, da produtividade e do tempo de entrega dos produtos ou serviços. Esses são apenas alguns exemplos que mostram a flexibilidade das ferramentas de BPM, e as inúmeras possibilidades das organizações para a gestão mais assertiva da cadeia de fornecimento. Transformar a cadeia de suprimentos usando ferramentas de BPM não envolve apenas mudanças tecnológicas. Trata-se de melhorar a eficiência, aumentar a visibilidade, promover a melhoria contínua e, em última análise, impulsionar o crescimento da própria empresa.
‎‏ ‎  

TeamViewer ganha prêmio XR Today de Melhor Solução Field Service

man in black jacket holding blue and white plastic cup

TeamViewer Frontline ganha prêmio XR Today de Melhor Solução de Field Service

Plataforma empresarial de realidade aumentada da TeamViewer é reconhecida por acelerar processos, diminuir erros e custos e impactar a eficiência e a produtividade da linha de frente que atua em campo


A TeamViewer, fornecedora líder global de soluções de conectividade remota e digitalização de ambientes de trabalho, foi vencedora da edição 2024 do prêmio internacional XR Award na categoria de Melhor Solução de Field Service. O prêmio foi conferido à companhia alemã graças aos recursos avançados de sua plataforma de Realidade Aumentada TeamViewer Frontline, que capacita trabalhadores da linha de frente com ferramentas visuais interativas e imersivas que aprimoram a eficiência e a produtividade em campo.

Organizado pela empresa norte-americana de mídia XR Today, líder em notícias do setor de XR (sigla em inglês para Extended Reality ; ou Realidade Estendida, em português), o concurso apresenta e celebra as realizações de fornecedores visionários que promovem a transformação digital nas empresas ao desenvolver e redefinir tecnologias inovadoras para o segmento de XR em todo o mundo.

“O nosso painel de jurados fez um belíssimo trabalho ao selecionar, entre milhares de inscrições recebidas, as empresas que vêm causado um impacto real no mundo por meio de suas tecnologias”, afirma David Dungay, Editor Chefe da XR Today. “A solução TeamViewer Frontline é inovadora, ajuda a diminuir a exclusão digital dos deskless workers e promove aumento de produtividade e de eficiência para a força de trabalho em campo. Estamos muito felizes em reconhecer as realizações da TeamViewer e todo o potencial de sua ferramenta de realidade aumentada no XR Awards 2024.”

Desenvolvida para resolver a lacuna de digitalização enfrentada por 80% dos trabalhadores da linha de frente, desde o chão de fábrica até os que atuam em campo, a plataforma TeamViewer Frontline é uma solução abrangente de RA compatível com as mais avançadas tecnologias de computação wearable e de dispositivos móveis, como celulares e tablets, e fornece ferramentas digitais de ponta para acelerar processos, reduzir taxas de erro, diminuir custos e melhorar a qualidade. Com o TeamViewer Frontline, os usuários podem executar processos até 35% mais rápido com 100% de precisão.

“O que nos move na TeamViewer é desenvolver tecnologias que ajudem a criar um mundo melhor”, diz Georg Beyschlag, Presidente da TeamViewer Américas. “A plataforma TeamViewer Frontline exemplifica essa abordagem ao combinar inovação com soluções reais que melhoram as operações de campo e capacitam os funcionários da linha de frente a trabalhar de forma mais inteligente. Estamos muito orgulhosos de termos sido laureados com o prêmio XR Today de Melhor Solução de Field Service e seguimos encorajados, como sempre, a continuar entregando tecnologias transformadoras que fornecem resultados mensuráveis e valor real para nossos clientes em todo o mundo.”

Na web, a TeamViewer está em www.teamviewer.com .




——————–

Sobre a TeamViewer
A TeamViewer é a empresa líder global em tecnologias e plataformas de conectividade remota para acesso, controle, gerenciamento, monitoramento e reparação de dispositivos de qualquer tipo – desde laptops e celulares até máquinas industriais e robôs. Embora a solução TeamViewer seja gratuita para uso pessoal, a companhia conta com mais de 640 mil assinantes e o software é amplamente utilizado por corporações e indústrias de todos os portes e segmentos para digitalização de processos críticos de negócios através de conectividade remota rápida, segura e perfeita. Tendo como pano de fundo as megatendências globais, como proliferação de dispositivos, automação e novas culturas de trabalho, a TeamViewer vem proativamente moldando a transformação digital e continuamente inovando nos campos da Realidade Aumentada, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Desde sua fundação em 2005, o software TeamViewer, carro-chefe da empresa, já foi instalado em mais de 2,5 bilhões de dispositivos em todo o mundo. Com sede em Göppingen, Alemanha, a TeamViewer emprega mais de 1,5 mil pessoas em escritórios globais. Em 2023, a companhia alcançou faturamento de cerca de 627 milhões de euros. As ações TeamViewer AG (TMV) estão listadas na Bolsa de Valores de Frankfurt e pertencem à MDAX. Mais informações estão disponíveis em http://www.teamviewer.com .

Abordagem multicloud impulsiona parceiros de serviços Microsoft no Brasil, diz relatório TGT ISG

car parked in front of building

Abordagem multicloud impulsiona parceiros de serviços Microsoft no Brasil, diz relatório TGT ISG

Estudo ISG Provider Lens™ destaca momento de expansão da Microsoft no Brasil e forte presença de fornecedores locais no mercado

A Microsoft está em um momento de expansão e inovação no Brasil, aumentando seu poder de atuação através da maturidade no ecossistema de parceiros, responsável por 95% da receita da empresa. A nova edição do relatório ISG Provider Lens™ Microsoft Cloud Ecosystem 2024 para o Brasil, produzido e distribuído pela TGT ISG, destaca o crescimento dos negócios baseados em nuvem entre os clientes da Microsoft no país. Metade dos participantes do estudo são empresas brasileiras, demonstrando a forte presença local no setor de cloud computing .

“A remodelagem do processo de qualificação, ocorrida no final de 2022, refletiu em uma melhor qualificação dos parceiros, de acordo com os novos critérios avaliados, exigindo maior capacidade de atender aos mais altos padrões de serviços em soluções específicas”, revela Mauricio Ohtani, autor do relatório e distinguished analyst da TGT ISG.

O valor de mercado da Microsoft ultrapassou US$ 3 trilhões (cerca de R$ 15 trilhões), superando o PIB anual do Brasil em 2022 (R$ 10,1 trilhões). As ações da empresa subiram mais de 1%, atingindo cerca de US$ 404 (R$ 1.993,34) por ação. De acordo com o especialista, esse desempenho reflete o otimismo dos investidores, principalmente devido aos investimentos em inteligência artificial.

Com o avanço da abordagem multicloud, algumas empresas que eram parceiras exclusivas de uma única nuvem investiram em certificações em outras plataformas, posicionando-se como agnósticas. Embora tenham mais familiaridade com a ferramenta de origem, o relatório destaca que essas empresas agora oferecem serviços para mais de um ambiente. Isso inclui avaliações e consultoria, ajudando os clientes a utilizarem as tecnologias da melhor forma, independentemente dos fabricantes envolvidos.

“Atualmente, muitas empresas clientes já operam com mais de uma nuvem, escolhendo suas cargas de trabalho de acordo com o nível de criticidade das aplicações e aproveitando o que há de melhor em cada nuvem. O monitoramento contínuo é crucial para identificar e enfrentar possíveis desafios”, explica o autor. Segundo ele, essas empresas implementam sistemas de monitoramento contínuo para garantir o melhor desempenho, segurança e a eficiência dos ambientes multicloud.

No Brasil, as empresas usuárias aumentam o interesse e ações em sustentabilidade, alinhando negócios de nuvem à estratégia ESG. Mantendo a inovação e o crescimento, essas empresas têm como objetivo demonstrar liderança em sustentabilidade, responsabilidade social e governança. Nesse sentido, os parceiros Microsoft estão desenvolvendo serviços e soluções para apoiar programas ESG dos clientes.

O relatório observa que as iniciativas em IA no Brasil vão além de contar com especialistas em tecnologia e criação de conteúdo, incluindo o desenvolvimento de código e a criação de GPTs personalizadas com o OpenAI Studio no Azure. Esses esforços apoiam aplicações em análise preditiva, soluções prescritivas e desenvolvimento de bots responsivos, além de melhorarem a capacidade de fornecer recomendações personalizadas, agrupamento de dados e segmentação para entregar soluções em diversos setores da economia.

“Muitas soluções de IA são baseadas em bots conversacionais que usam algoritmos de árvore de decisão. Este design é intencionalmente selecionado para fornecer respostas precisas e relevantes às consultas do usuário na plataforma”, explica Mauricio. “As empresas de serviço em tecnologia entendem que a GenAI tem o potencial de impactar altamente a produtividade e a experiência do cliente e começaram a construir projetos com casos práticos de uso – tanto com os clientes quanto dentro da própria empresa”.

Adicionalmente, o estudo indica que os parceiros Microsoft estão ajudando as empresas a adotar melhores práticas e utilizar a tecnologia para criar chatbots automatizados voltados para pesquisas de conhecimento interno. Isso inclui abordar questões como documentação técnica, fornecer soluções pré-existentes para novas consultas, gerar resumos de texto para facilitar a compreensão de grandes documentos e selecionar palavras-chave relevantes.

Além disso, a segurança dos dados continua sendo uma prioridade, com ênfase na adoção de soluções de governança em gestão de ambientes em nuvem, como revela o relatório. Muitos parceiros Microsoft atualizam suas políticas de segurança anualmente para atender a novos recursos e requisitos legais, aplicando práticas como MFA, acesso VPN e criptografia.

O relatório ISG Provider Lens™ Microsoft Cloud Ecosystem 2024 para o Brasil avalia as capacidades de 40 fornecedores em sete quadrantes: Managed Services for Azure – Large Enterprises, Managed Services for Azure – Midmarket, Microsoft 365 Services – Large Enterprises, Microsoft 365 Services – Midmarket, SAP on Azure Services, Power Platform Services e Generative AI Services for the Microsoft Clouds.

O relatório nomeia Brasoftware e SoftwareONE como Líderes em seis quadrantes cada, enquanto Accenture e Kumulus são nomeadas como líderes em cinco quadrantes cada. Dedalus e TIVIT são nomeadas Líderes em quatro quadrantes cada, enquanto Ingram Micro, Lattine, Logicalis e Processor são nomeadas Líderes em três quadrantes cada. Blueshift, Dell e Teltec Solutions são nomeadas Líderes em dois quadrantes cada, enquanto AlfaPeople, Best.Projects, DXC Technology, ITCore, Smart Consulting e T-Systems são nomeadas líderes em um quadrante cada.

Além disso, a VIVO é nomeada Rising Star — uma empresa com um “portfólio promissor” e “alto potencial futuro” pela definição do ISG — em três quadrantes, enquanto a Cloud Target é nomeada como Rising Star em dois quadrantes. Brasoftware, Kumulus, Lanlink, Processor, Qualiserve e TIVIT são apontadas como Rising Stars em um quadrante cada.

Uma versão personalizada do relatório está disponível na Processor .

Solução otimiza operações de corretoras de seguros e ajuda a alavancar vendas‎‏ ‎   

software-gestor-seguros-agger

Solução otimiza operações de corretoras de seguros e ajuda a alavancar vendas


‎‏ ‎  
O sistema Gestor, da Agger, permite gerir e automatizar os processos em uma única plataforma

Gabriel Ronacher, CEO de Agger. Crédito da imagem Divulgação

Pensando em otimizar os sistemas de gestão de corretoras de seguros e agregar valor para esse mercado, Agger, parceira de corretores de seguros com a maior plataforma de gestão e cotações de seguros do Brasil, desenvolveu um sistema completo de gestão que permite ao corretor gerir e automatizar os processos da sua própria corretora de seguros. O sistema Gestor possibilita uma gestão otimizada e completa das principais operações do negócio, garantindo 100% do controle em um único sistema. Por meio da automatização de processos via importador de PDF, a solução realiza 460 processos de importação de proposta, apólice, pedido de endosso e comissão.

“Para entregar um atendimento de qualidade ao cliente, também é preciso que a corretora de seguros tenha uma ótima gestão. No entanto, sabemos que controlar todos os processos que envolvem os negócios passa por trâmites burocráticos e não é uma tarefa simples, principalmente as que forem realizadas manualmente. E é por isso que as ferramentas digitais são grandes aliadas. Criamos o sistema Gestor para otimizar e automatizar essas tarefas, trazendo mais facilidade para que os negócios fluam e cresçam da melhor forma possível”, enfatiza Gabriel Ronacher, CEO da Agger.

A solução facilita a integração dos serviços do Aggilizador, plataforma que possui sistema multicálculo que cota 4 em cada 10 seguros automotivos no país. Além disso, por meio de dashboards, o sistema ajuda a monitorar sinistros, comissões, performance dos vendedores, além de verificar a saúde financeira da corretora. Ao imputar os dados essenciais sobre os negócios, gera automaticamente gráficos que proporcionam uma leitura sobre o atual cenário dos negócios e possibilita certa previsibilidade para os próximos meses, o que ajuda na tomada de decisão.

O Gestor ainda emite um aviso de quando o cliente está no final da vigência – última parcela a pagar. Isso contribui para entender previamente quais outros seguros podem fazer sentido para o segurado naquele momento. A corretora ainda pode proporcionar mais comodidade aos clientes utilizando a assinatura digital de documentos. Além de economizar papel e idas aos correios, essa burocracia demorada pode ser resolvida em poucos cliques. Todas as assinaturas de contrato possuem validade jurídica e 100% segura.

“Com o acompanhamento e crescimento da produção, a partir dos relatórios interativos de fechamento, comparativos e comissão, a plataforma ajuda a alavancar metas, aproveitando dados dos clientes para oferecer novos negócios e automatização da comunicação. Tudo isso impulsiona a eficiência operacional das corretoras, permitindo que elas concentrem mais tempo no que realmente importa”, reforça o CEO da Agger.

Sobre a Agger: Há 30 anos no mercado, a Agger, parceira de corretores com a maior plataforma de gestão e cotações de seguros do Brasil, é uma empresa líder em número de clientes e em geração e análise de dados de seguros. A empresa, que está presente em 95% dos municípios brasileiros, oferece a melhor combinação de soluções para conectar corretores, segurados e seguradoras e está transformando a distribuição de seguros no Brasil. Por meio da Plataforma Agger, que atende um terço dos corretores ativos no Brasil, possui mais de 12,5 mil clientes e uma base de mais de 62 mil usuários, realizando mensalmente mais de 48 milhões de cotações de seguros. Além disso, a empresa atua em 14 ramos de seguros e 36 seguradoras credenciadas. Saiba mais em www.agger.com.br.

Serpro agiliza cadastramento de novas consignatarias no Sigepe

sigepe-serpro-sistema-gestao-pessoas

Serpro agiliza cadastramento de novas consignatárias no Sigepe

Evolução do Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal vai trazer mais rapidez e transparência no processo de aprovação das empresas

Uma novidade desenvolvida pelo Serpro para o Ministério do Planejamento e Orçamento vai contribuir para melhorias nos empréstimos consignados realizados por servidores públicos federais. Desde o último mês, empresas interessadas em oferecer empréstimos consignados para esse público já podem enviar toda documentação exigida para o pré-cadastro em formato 100% digital. A evolução do módulo Sigepe, ou Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal, traz mais agilidade e transparência no processo de aprovação de novas consignatárias, pondo fim ao envio físico de documentos em papel. Os empréstimos consignados podem ser feitos por um aplicativo especialmente destinado ao servidor público federal, o SouGov.br .

Modernização

Com a modernização do sistema, os documentos são enviados digitalizados de uma só vez e a validação de várias certidões e documentos são feitas de forma totalmente automatizada, através de APIs integradas. O contrato também é gerado eletronicamente, as assinaturas realizadas digitalmente e todo fluxo de cadastro é registrado no sistema, permitindo à consignatária, o acompanhamento de todo o processo”, explica Felipe Paraense Serra, superintendente de Digitalização de Governo do Serpro.

A transformação da análise documental trará mais segurança e transparência para todas as partes envolvidas. As melhorias também podem contribuir para trazer novas empresas consignatárias e, com a concorrência, oferecer melhores condições para o servidor”, avalia Rafael Oliveira, gerente de Negócios Digitais, Mercado Internacional e Gestão de Produtos da estatal.

SouGov.br

O Sigepe é a plataforma que viabiliza e fornece informações necessárias para o SouGov.br, aplicativo disponível para cerca de um milhão e trezentos mil servidores públicos federais ativos, aposentados ou pensionistas, e utilizado para visualização de informações financeiras, cadastrais, solicitações, consignações, entre outros.

A plataforma Sigepe atualmente é formada por 41 sistemas disponíveis e outros 5 sistemas que se encontram em desenvolvimento, automatizando os mais de 170 serviços hoje disponíveis no SouGov.br para este público alvo.  “Buscamos sempre  identificar oportunidades para promover a inovação e a transformação digital dos processos do nosso portfólio”, afirma Leon Wlasenko Junior, gerente do Serpro da área responsável pela Gestão e Desempenho Pessoal.

Denodo é nomeada pelo Gartner Peer Insights 2024 como Customers Choice na categoria de Ferramentas de Integracão de Dados

man holding tablet computer

Denodo é nomeada pelo Gartner® Peer Insights™ 2024 como Customers’ Choice na categoria de Ferramentas de Integração de Dados

Líder em gerenciamento de dados, a Denodo é a única fornecedora a receber a distinção por quatro anos consecutivos

A Denodo , líder em gestão de dados, anuncia que foi nomeada como Customers’ Choice no último relatório da Gartner Peer Insights, “Voice of the Customer” : Ferramentas de Integração de Dados . Com classificação geral de 4,6 de 5*, a Denodo melhorou seu desempenho do ano passado e foi destaque entre o seleto grupo de fornecedores a receber o Customers’ Choice de 2024, tornando-se      a única empresa a receber este reconhecimento por quatro anos consecutivos.

A versão completa e gratuita do Gartner Peer Insights “Voice of the Customer”: Ferramentas de Integração de Dados , de maio de 2024, pode ser encontrada aqui (em inglês) .

“A Gartner Peer Insights é uma plataforma gratuita de avaliação e classificação pelos parceiros de negócio, concebida para os tomadores de decisão de software e serviços empresariais. As avaliações passam por um rigoroso processo de validação e moderação, num esforço para garantir a sua autenticidade”. De acordo com a Gartner, “esta visão ampla dos parceiros de negócio pode desempenhar um papel fundamental no processo de compra, uma vez que se concentra nas experiências diretas dos clientes na implementação e operação de uma solução”.

O relatório também menciona que “os fornecedores colocados no quadrante superior direito “Voice of the Customer” são reconhecidos com a distinção Customers’ Choice no relatório Gartner Peer Insights e passam a ser assinalados com o emblema Customers’ Choice . Os fornecedores que são reconhecidos cumprem ou excedem a média de mercado, tanto na Experiência Geral como no Interesse e Adoção do Usuário ”.

No relatório Gartner Peer Insights 2024 “Voice of the Customer”: Ferramentas de Integração de Dados , os comentários de clientes reais da Denodo incluem:

“Investimos no sucesso dos nossos clientes, fornecendo serviços integrados em todos os contratos para garantir que tenham os conhecimentos necessários para serem bem sucedidos. Todos os comentários e classificações neste relatório sobre as funções do nosso produto, experiência de vendas, implementação e suporte, bem como o fato de termos sido reconhecidos como uma escolha dos clientes no relatório Gartner Peer Insights por quatro anos consecutivos, mostra claramente nosso foco inabalável na satisfação do cliente”, destaca Richard Walker, vice-presidente sênior e diretor-geral de clientes da Denodo.

* Fontes: Gartner Peer Insights ‘Voice of the Customer’: Data Integration Tools, Peer Contributors, 24 de maio de 2024.

Denodo

A Denodo é líder em gerenciamento de dados. A premiada Plataforma Denodo é a principal plataforma de gerenciamento de dados lógicos, fornecendo-os na linguagem e na velocidade dos negócios, voltada para todas as iniciativas empresariais relacionadas a dados. Em análise feita com clientes Denodo de médias e grandes empresas, incluindo mais de 30 indústrias, o retorno do investimento ocorreu em menos de seis meses, com mais de 400% de ROI e milhões de dólares em benefícios comprovados. Para informações, acesse https://www.denodo.com/pt-br

Peer Insights

O Gartner Peer Insights é uma plataforma pública que oferece análises verificadas e em primeira mão de software e serviços empresariais de profissionais experientes de TI.

Avisos legais obrigatórios

Classificações e reviews baseados em 53 análises de 31 de março de 2024.

A Gartner é uma marca registrada e uma marca de serviço e o Magic Quadrant e o Peer Insights são marcas registadas da Gartner, Inc. e/ou das suas afiliadas nos EUA e internacionalmente, sendo utilizadas aqui com permissão. Todos os direitos reservados.

O conteúdo do Gartner Peer Insights consiste nas opiniões de usuários finais individuais com base nas suas próprias experiências com os fornecedores listados na plataforma e não devem ser interpretadas como declarações de fato, nem representa as opiniões da Gartner ou das suas afiliadas. A Gartner não endossa qualquer fornecedor, produto ou serviço descrito neste conteúdo, nem dá quaisquer garantias, expressas ou implícitas, relativas a este conteúdo, sobre a sua exatidão ou integridade, incluindo quaisquer garantias de comercialização ou adequação a um determinado fim.

A Gartner não apoia qualquer fornecedor, produto ou serviço descrito nas suas publicações de pesquisa e não aconselha os usuários de tecnologia a selecionar apenas os fornecedores com as classificações mais elevadas ou outra designação. As publicações de pesquisa da Gartner consistem nas opiniões da organização de pesquisa da Gartner e não devem ser interpretadas como declarações de fato. A Gartner renuncia a todas as garantias, expressas ou implícitas, relativamente a esta pesquisa, incluindo quaisquer garantias de comercialização ou adequação a um determinado fim.

Como programar com conforto? Ergonomia e recursos de automatização podem fazer a diferença no home office

programador-conforto-home-office-ergonometria

Como programar com conforto? Ergonomia e recursos de automatização podem fazer a diferença no home office

Produtividade saudável é uma grande aliada dos profissionais de TI, e a otimização de tarefas e ambientes pode facilitar o trabalho remoto
 


Adaptação aos fusos horários, bugs não solucionados, chamados que não param de chegar: a rotina de um programador remoto trabalhando para o exterior costuma ser atarefada e intensa. Sem equilíbrio, a falta de organização nas tarefas pode trazer consequências mentais e físicas, como burnout ou problemas de coluna. Por isso, contar com métodos que otimizam não só a tarefa em si, mas também o ambiente e a postura do corpo, pode fazer toda a diferença no home office.
 

“Ter a mente bem descansada e o corpo relaxado, seguindo uma ergonomia, são peças-chave para um bom dia de trabalho, ainda mais com programação, que exige um jogo de cintura constante. Além de regular o corpo, certos métodos ajudam na conclusão de tarefas e projetos”, explica Samyra Ramos, gerente de marketing na Higlobe, fintech de pagamentos para profissionais brasileiros que trabalham remotamente para os EUA. “Adaptações do ambiente, momentos de descanso, ferramentas confortáveis e técnicas de otimização de tempo são os melhores amigos desses profissionais, e contribuem diretamente para uma maior concentração, produtividade e criatividade”, acrescenta.
 

Pensando nisso, a especialista da Higlobe aponta cinco dicas tanto para priorizar o conforto quanto para ajudar na produtividade do trabalho. Confira:

Usar dois monitores

Não é uma regra, mas convém aos profissionais usarem duas telas para tocar seu dia a dia no trabalho. Essa configuração permite dividir as tarefas e abas da internet de forma organizada, sem sobrecarregar nenhuma tela com muita informação.
 

Por exemplo, usar o notebook como principal área de trabalho e ter um monitor como apoio para ouvir música, acessar mensagens de texto, consultar páginas, ou vice-versa. É importante reforçar que ambos devem estar em posições confortáveis para os olhos e a coluna.

Ter uma standing desk

Conhecida também como “mesa office” ou “mesa ajustável”, este móvel permite que se regule a altura como desejar, principalmente para aqueles que gostam de trabalhar em pé após longas horas sentados, uma vez que permanecer muito tempo na mesma posição pode trazer problemas vasculares e outros riscos. A standing desk vem sendo uma aquisição bem aproveitada por muitos profissionais, que optam por essa versatilidade e conforto no home office.
 

Automatizar tarefas

Ainda que não seja relacionada à ergonomia, com certeza é muito bem-vinda a automação de demandas, principalmente para os programadores que precisam de seu tempo bem aproveitado. Usar ferramentas que fazem os trabalhos manuais, repetitivos e simples, como correções básicas das linhas de código e organização de arquivos, volta o foco e a produtividade para tarefas mais urgentes e que realmente demandam atenção. Assim, o profissional não se distrai e não ocupa sua mente com pequenos ajustes e detalhes da rotina.
 

Organizar o ambiente

Parece irrelevante, mas manter o quarto, ou escritório, limpo e organizado ajuda a concentrar mais facilmente nas tarefas necessárias. Nesse cenário, uma dica é deixar na mesa somente os itens necessários e que serão de fato utilizados durante o dia. Assim, não há poluição visual para distração e nem a preocupação constante de que precisa limpar e organizar a casa.
 

Outro ponto é decorar o ambiente de forma visualmente agradável, deixando o espaço acolhedor e energizante, tornando as horas de trabalho mais leves.
 

Ter momentos de descanso Prestar atenção nos sinais do corpo e no cansaço mental é um passo fundamental para não se deixar levar à sobrecarga e demais questões de saúde. Estabelecer períodos de pausa ao longo do dia para alongar as pernas, descansar os olhos, tomar água, se alimentar e interagir com pessoas e pets do lar são necessidades básicas para se manter saudável e ter um expediente prazeroso.

Serpro apresenta tecnologia da reforma tributária durante o Anciti Sudeste

Man Reading Newspaper While Sitting Near Table With Smartphone and Cup


Serpro apresenta tecnologia da reforma tributária durante o Anciti Sudeste


Realizado em São Paulo, evento discutiu tecnologias e políticas para o desenvolvimento econômico urbano

Nos dias 4 e 5 de junho, a capital paulista reuniu líderes municipais e empresários do setor de tecnologia para debater o desenvolvimento econômico sustentável das cidades durante o Anciti Sudeste. A proposta da conferência é explorar como a integração de novas tecnologias e políticas inovadoras pode catalisar a transformação urbana de forma responsável e eficaz.

O Serpro participou da programação oficial do evento com uma palestra sobre a jornada de dados da Reforma Tributária, que apresentou a plataforma tecnológica responsável por operacionalizar o novo modelo tributário – solução atualmente em estágio de desenvolvimento – e tocou em pontos como a integração entre as esferas de governo.Promulgada no final do ano passado, a reforma visa simplificar o sistema tributário, substituindo vários impostos federais, estaduais e municipais por dois novos tributos: o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) e a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS). O objetivo é reduzir a complexidade do sistema, aumentar a transparência e melhorar o ambiente de negócios do país.

“Basicamente, o que estamos construindo no Serpro é uma solução chamada Plataforma da Reforma Brasileira de Consumo. Esta plataforma tem como objetivo processar o IBS e o CBS para os governos federal, estaduais e municipais. E o principal objetivo de estar aqui hoje é mostrar para os municípios que a plataforma vai lhes oferecer uma solução totalmente integrada para cálculo, arrecadação e toda a governança de controle tributário num único ambiente tecnológico”, destacou Robson Dias Lima, gestor nacional do Projeto Estratégico Reforma Tributária Brasileira.

Robson apresentou a arquitetura geral da solução; falou sobre a geração de informações para emissão dos documentos de arrecadação; e citou o Portal de Transações, que vai disponibilizar, aos contribuintes, informações relativas às suas relações de consumo de bens e serviços. Detalhou também a ferramenta de analytics, que vai transformar o grande volume de dados em insights valiosos para as três esferas de governo; e o Monitor do Ambiente Produtivo, que vai monitorar, exibir e analisar todos os acontecimentos e métricas do sistema.


Estande de soluções

“Durante o evento da Anciti, pudemos mostrar o trabalho que o Serpro vem desenvolvendo junto à Receita Federal do Brasil (RFB), estados e municípios, no que diz respeito à reforma tributária. Mostramos a plataforma desenvolvida pelas nossas equipes e o que está sendo pensado sobre segurança, inovação, escalabilidade e nuvem de governo. Essa é uma oportunidade única de cumprirmos nosso papel junto à sociedade, atuando nesse projeto que é tão importante para a política do país, para a economia e para o futuro de todas as gerações que estão por vir”, declarou Ariadne Fonseca, diretora de Desenvolvimento do Serpro, em entrevista no estande montado pela empresa para demonstração de soluções especialmente criadas para os municípios brasileiros.

Entre as diversas tecnologias que impulsionam a gestão pública das cidades, destaque para a

Plataforma de Inteligência de Governo

, que reúne um conjunto de soluções voltadas para a eficiência e sustentabilidade dos municípios e focadas em aproximar o cidadão da administração pública. As soluções englobam áreas como trânsito e mobilidade; inteligência artificial; tecnologias de identificação para segurança pública; nuvem de dados; comunicação; e prestação de serviços digitais.


Startup lança software de serviços focados na área fiscal e tributária

Startup lança software de serviços focados na área fiscal e tributária

Taxly desenvolveu plataforma capaz de reduzir mais de 90% do tempo gasto em tarefas fiscais

Startup lança software de serviços focados na área fiscal e tributária

Taxly desenvolveu plataforma capaz de reduzir mais de 90% do tempo gasto em tarefas fiscais

São Paulo, junho de 2024 – A Taxly, uma inovadora startup early stage fundada em 2023, traz uma nova era para a gestão fiscal e do back office com sua plataforma de software como serviço desenvolvida para empresas de médio e grande porte. Com um design inteligente e fácil de usar,  a solução desenvolvida por especialistas do setor tem como objetivo transformar a complexidade fiscal  em eficiência operacional para empresas de todos os setores, de instituições financeiras a indústrias e empresas de setores regulados.

O desafio é claro: segundo dados do Banco Mundial, as empresas brasileiras gastam em média 1.500 horas por ano lidando com obrigações fiscais (do pagamento à entrega de obrigações acessórias) – número que aumenta de forma exponencial parafiscal em eficiência operacional que lidam com ainda mais complexidade e burocracia no dia a dia.

A resposta da Taxly é uma poderosa plataforma de BPA (Business Process Analysis) que reúne automação de processos manuais e repetitivos, gestão de fluxos de trabalho e monitoramento de riscos, impulsionada por tecnologias de RPA (Robotic Process Automation) e inteligência artificial, para revolucionar a forma que as empresas gerenciam esses processos burocráticos.

A startup criou várias integrações com os sistemas de órgãos públicos – da Receita Federal ao  Ministério do Trabalho – que reúnem em uma única plataforma toda a documentação pública que as empresas precisam para processos que envolvem auditorias, licitações, obrigações regulatórias,  negócios e processos de monitoramento de regularidade fiscal em geral. Com isso, a solução cria e gerencia fluxos de trabalho otimizados capazes de reduzir em mais de 90% o tempo gasto pelas equipes, garantindo maior previsibilidade, redução de riscos e eficiência nas operações  do backoffice para que possam focar em eficiência e inovação.

De acordo com Thiago Silveira, fundador e CEO da Taxly, a solução foi desenvolvida para atender a uma demanda crescente das empresas brasileiras por maior monitoramento de riscos, ganho de eficiência e redução de custos na área fiscal e tributária. “Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), as empresas do país investem cerca de R$ 230 bilhões por ano em equipes e sistemas para monitorar modificações legislativas e atender às demandas burocráticas. Com a Taxly, oferecemos uma alternativa inovadora e tecnológica para otimizar esses processos de ponta-a-ponta em uma única plataforma, permitindo que as empresas foquem em suas atividades principais e tenham maior previsibilidade para a tomada de ações operacionais e estratégicas de forma preventiva”, destaca o executivo.

A startup atua como uma parceira estratégica das empresas, fornecendo uma plataforma que centraliza e automatiza desde atividades como emissão de certidões a acompanhamento de impostos, controle de obrigações acessórias e gestão de documentos fiscais. Com a solução, as empresas podem reduzir significativamente o risco de erros, atrasos e multas, além de garantir a conformidade com as regulamentações fiscais e tributárias em constante mudança.

Sobre a Taxly

A taxly é uma startup de software fundada em 2023 que simplifica fluxos de trabalho, rotinas e processos burocráticos do backoffice de médias e grandes empresas de todos os setores da economia. A plataforma SaaS reúne em um único lugar diversas tecnologias e inteligência artificial para automatizar processos repetitivos, gerar previsibilidade e monitoramento de riscos e criar fluxos de trabalho integrados capazes de reduzir em mais de 90% o tempo gasto em tarefas dessas equipes, permitindo que seus clientes se movam mais rápido, operem de forma mais inteligente e economizem recursos valiosos. Descubra como a Taxly está redefinindo a gestão fiscal em www.taxly.com.br .

Red Hat e Stability AI trazem modelos abertos de IA diretamente para o Red Hat OpenShift AI

logo-red-hat-stability-ai

Red Hat e Stability AI trazem modelos abertos de IA diretamente para o Red Hat OpenShift AI

Os usuários do Red Hat OpenShift AI agora podem executar os modelos de IA para testar e desenvolver uma ampla gama de casos de uso de IA

São Paulo, 7 de junho de 2024 – A Red Hat, Inc., líder global no fornecimento de soluções open source, e Stability AI, uma das empresas líderes em desenvolvimento de IA generativa (GenAI) firmaram uma aliança integrar modelos de GenAI dentro do Red Hat OpenShift AI. Com esta colaboração, clientes do Red Hat OpenShift AI poderão ter acesso mais fácil a large language models (LLMs) open source de última geração para testar e produzir e provas de conceito para casos de uso de IA dentro de sua plataforma existente.

As organizações hoje sabem que a Inteligência Artificial pode transformar suas operações, mas muitos ainda têm que adotá-la de maneira gradativa, parcialmente devido à incerteza sobre como adotar a tecnologia com infraestrutura, modelos e orçamentos limitados. Para se beneficiar das funcionalidades transformadoras que a IA tem a oferecer, as organizações devem ser capazes de acessar ferramentas mais flexíveis, confiáveis e, por fim, utilizáveis, que podem ser suportadas por uma plataforma com infraestrutura escalável para atender aos negócios.

Ao disponibilizar os modelos da Stability AI, a Red Hat está ajudando os clientes a encontrar o modelo certo, para o caso de uso certo em IA, no local certo. Embora o Red Hat OpenShift AI forneça a plataforma de aplicação de IA pronta para empresas para permitir aquisição de dados, treinamento de modelos e fine-tuning e mais, os clientes agora podem apontar e clicar para desbloquear os modelos open da Stability AI para diversos casos de uso de IA, como imagens, vídeo, áudio, modelos 3D, código e idiomas.

Entre os principais benefícios estão:

  • A capacidade de escalar e inovar livremente enquanto retém controle aprimorado de dados e produtos em um ambiente familiar.
  • Acesso a modelos de GenAI open source que podem ser usados em vários setores e aplicações.
  • Modelos construídos com um abordagem de segurança-por-design para promover integridade de produto durante os primeiros estágios de desenvolvimento.
  • Menor risco para problemas relacionados a segurança de TI, compliance e privacidade ao oferecer aos clientes um ambiente protegido para que construam suas estratégias de IA.
  • Custos reduzidos para clientes testarem e experimentarem casos de uso de IA dentro da sua atual experiência de plataforma da Red Hat OpenShift AI.

5 segredos para a produtividade de desenvolvedores

Woman Sitting While Operating Macbook Pro

5 segredos para a produtividade de desenvolvedores

Especialista de engenharia da BossaBox, startup que aloca e gere profissionais de tecnologia, aponta maneiras de potencializar a performance na entrega de produtos digitais

Estudo realizado pela Universidade da Califórnia comprovou a importância de uma cultura que promova o bem-estar dos colaboradores dentro das corporações. De acordo com a pesquisa, trabalhadores felizes são, em média, 31% mais produtivos e vendem 37% mais em comparação aos outros. Quando o assunto é o setor de desenvolvimento de software, a Developer Experience (DevX) é uma tendência crescente, afinal, a área está intimamente ligada ao rendimento, satisfação no trabalho e eficiência dos processos.
‎‏ ‎  
Pensando nisso, Gustavo Bassan, Head de Engenharia da BossaBox, startup que aloca e gere profissionais de tecnologia para empresas e scale ups, separou 5 insights que podem potencializar o rendimento dos desenvolvedores. Veja abaixo!

1. Eficiência e tempo de foco

Na maioria das organizações, o time de desenvolvimento tem que lidar com a cobrança de outros setores; inclusão em diversas reuniões, além de outros fatores do dia a dia. Esses, podem tirar o foco do principal, que é a entrega do produto. “Passando por companhias afora, percebi que meu trabalho era interrompido regularmente, e me sentia muito improdutivo, pois eu não conseguia entrar no tal do ritmo do desenvolvedor”, conta Gustavo Bassan.


Por isso, é crucial deixar algumas reuniões pouco objetivas de lado para não sobrecarregar esses profissionais e deixá-los focados no que realmente importa: o projeto.

2. Produção e monitoramento

Por vezes, há um grande squad atuando na produção de um produto, e quando acontece um erro, isso gera uma demanda exagerada para se obter uma resposta rápida, considerando o MTTR, sigla que significa o tempo médio para resolver uma falha no sistema. Mas, um MTTR alto pode pressionar os desenvolvedores para que resolvam problemas rapidamente, possibilitando decisões precipitadas ou soluções de curto prazo que podem afetar a qualidade do código.

Na prática, por mais que a equipe se esforce, nem sempre vai conseguir atingir as expectativas e até mesmo resolver incidentes rapidamente.“A importância de utilizar ferramentas de métricas de monitoramento como o DORA Metrics, que é o conjunto de indicadores desenvolvidos para avaliar a eficácia e a eficiência das práticas de DevOps em uma organização, é múltipla, pois elas fornecem uma maneira sistemática de medir o desempenho e principalmente identificar áreas de melhoria.” conta Bassan.

3. Codebase estruturada

Uma boa organização e estruturação do codebase,terminologia que significa o conjunto de código-fonte de um projeto de software, contribui para o entendimento do código pelos programadores. Dessa forma, é possível localizar e compreender com mais facilidade as partes importantes do programa, diminuindo o tempo necessário para navegar e buscar informações.

“Antes, era muito difícil encontrar a causa raiz dos incidentes, pois a codebase tinha uma baixa qualidade. Muita coisa precisava ser refatorada, mas essas tarefas nunca eram consideradas prioridade. Agora, alinhamos esse fator, o que nos permite mais agilidade e eficácia para identificar e resolver incidentes, além de uma melhoria na estabilidade e desempenho de nossos sistemas”, afirma Bassan.

4. Planejamento do projeto e processos de equipe

Implementar processos e planejar um projeto são essenciais para que tudo fique organizado, tendo em mãos as atividades a serem realizadas, prazo estipulado e qual será o melhor caminho para executá-lo. Sem eles, o squad tende a ficar perdido e atrasar as entregas, o que prejudica o desenvolvimento e maior rendimento.
5. Praticar escuta ativa sobre rendimento
Antes de olhar apenas para métricas, pergunte para o time qual o ponto de vista de cada um sobre produtividade”, explica o Head. Ainda de acordo com ele, ”os desenvolvedores podem falar sobre o que vai tornar o dia a dia mais assertivo e direcionar a empresa neste sentido”.

OutSystems Brazil Summit apresenta a nova era do desenvolvimento de aplicações com low-code e IA

Black and Silver Laptop Computer on Round Brown Wooden Table

OutSystems Brazil Summit apresenta a nova era do desenvolvimento de aplicações com low-code e IA
 

A empresa mostra como a IA generativa para desenvolvimento, TI e transformação digital impulsiona a inovação, apresentando histórias de clientes e painéis de discussão com especialistas
 

São Paulo, 05 de junho de 2024 – A OutSystems, líder global em desenvolvimento de aplicações low-code para empresas, reúne hoje especialistas e clientes em seu evento anual, o OutSystems Brazil Summit 2024, no WTC Sheraton em São Paulo, para mostrar como a empresa está revolucionando o cenário de desenvolvimento de software, impulsionada pela Inteligência Artificial Generativa (GenAI).
 

“No mundo da tecnologia em ritmo acelerado, a OutSystems está na vanguarda, transformando a maneira como desenvolvemos e interagimos com software, proporcionando facilidade na criação de aplicações escaláveis e personalizadas de acordo com as necessidades específicas de cada negócio”, disse Carlos Sapateiro, líder da OutSystems Brasil.
 

O Summit inclui uma série de apresentações de especialistas convidados de grandes empresas como Forrester, Petrobras, Nimbi, NTT Data, Unimed BH, Accenture, Vibra Energia e muitas outras. Painéis de discussão adicionais fornecerão uma análise aprofundada de como a IA Generativa e o low-code estão revolucionando a maneira como as empresas lidam com aplicações de missão crítica, oferecendo uma combinação robusta de escalabilidade, automação, flexibilidade, eficiência operacional e segurança que impactam no crescimento da receita e na redução de custos.
 

A OutSystems demonstra como é possível criar experiências diferenciadas por meio do uso de conectores personalizados e agentes de IA, além de oferecer aos participantes a oportunidade de explorar casos de uso que atendem às suas necessidades individuais e resultados de negócios.
 

A OutSystems também revela hoje os resultados de seu relatório de pesquisa brasileiro intitulado “Intenções de Investimento em Tecnologia Low-Code”, sobre o aumento do investimento de empresas brasileiras em tecnologia low-code. Encomendada pela 4Network, a pesquisa envolveu 85 CIOs de empresas privadas (com receitas variando de R$ 500 milhões a R$ 50 bilhões ou mais) em diversos setores do país.
 

Os principais resultados da pesquisa indicam que 69% das organizações pesquisadas já utilizam tecnologia low-code, enquanto 31% expressam interesse em adotá-la nos próximos anos. De acordo com os CIOs que responderam à pesquisa, o orçamento total alocado para low-code em 2024 deve ultrapassar R$ 53 milhões, destacando a crescente importância dessa tecnologia no panorama corporativo brasileiro.
 

Para saber mais sobre os benefícios do desenvolvimento low-code, clique aqui.
 

Sobre a pesquisa

A pesquisa “Intenções de Investimento em Tecnologia Low-Code” da OutSystems, conduzida pela 4Network, mapeou as intenções de investimento em low-code no cenário brasileiro. A pesquisa foi realizada no formato de questionário online estruturado com 85 organizações no Brasil, distribuídas em nove setores principais (indústria, serviços, comércio, agronegócio, utilidades, finanças, petróleo e gás, saúde, educação e cultura) de janeiro a abril de 2024. O público-alvo consistiu exclusivamente de empresas privadas com receita ≥ R$ 500.000.000,00 (quinhentos milhões de Reais) ou mais. Os participantes da pesquisa foram CIOs de grandes empresas localizadas em território nacional. Entre os 85 participantes, 56 empresas estavam situadas na região Sudeste, representando 66% da amostra total. No ranking geral, o estado de São Paulo teve a maior representação de organizações (34).

 8 dicas para evoluir os sistemas sem interromper os negócios

Person Encoding in Laptop

 8 dicas para evoluir os sistemas sem interromper os negócios

*por Ricardo Recchi

Migrar sistemas para novas plataformas ou modelos é sempre uma decisão importante, que envolve um processo delicado e deve ser cuidadosamente avaliado, tendo como base as necessidades específicas do negócio, os requisitos técnicos e os objetivos de longo prazo.

Uma mudança desse porte não é simples e pode demandar tempo, recursos e esforços para que a transição seja bem-sucedida. No ano passado, por exemplo, ao fazer uma migração, o sistema do STJ (Superior Tribunal de Justiça) teve de ficar mais de uma semana fora do ar, impedindo o acesso de usuários, o que, consequentemente, acarretou problemas no agendamento de sessões on-line.

Casos como esses são comuns, já que o mercado de TI é volátil e, invariavelmente,qualquer aplicação vai precisar ser modificada e evoluída com o decorrer de sua vida útil. Neste sentido, para que o negócio não sofra interrupções, é preciso buscar recursos para que as migrações e as atualizações sejam facilitadas e, para este cenário, listo abaixo oito aspectos que devem ser considerados ao escolher uma plataforma que apoie a migração de sistemas.

  1. Flexibilidade e controle: é recomendado buscar plataformas que ofereçam boa flexibilidade e controle durante o processo de desenvolvimento de sistemas, permitindo que os desenvolvedores trabalhem com várias linguagens de programação, como Java e .NET, para que as soluções possam ser adaptadas de acordo com as demandas do negócio.
     
  2. Menor Custo Total de Propriedade (TCO): cada plataforma de desenvolvimento segue uma estrutura de custos de licenciamento e manutenção, variando com os padrões de uso e requisitos. Então, é vantajoso investir em ferramentas com menor custo total de propriedade, pois elas possibilitam economia de recursos de clientes e usuários, especialmente a longo prazo.
     
  3. Capacidade de integração: ao escolher uma plataforma, é preciso conferir se seu sistema oferece robusta capacidade de integração, ou seja, que permita a conexão com sistemas e bancos de dados existentes, além de serviços de terceiros.
     
  4. Recursos de segurança aprimorados: tecnologias que oferecem recursos de segurança e padrões de conformidade são pontos-chave para analisar na escolha de uma plataforma, pois essas características ajudam as organizações a atenderem a requisitos regulatórios e proteger dados sensíveis, incluindo criptografia, autenticação e autorização.
     
  5. Low-Code: o desenvolvimento de sistemas com essa ferramenta permite a criação de aplicações com menos código e uso de recursos de Inteligência Artificial, resultando numa programação ágil e simplificada. Ao reunir e automatizar linguagens de programação e padrões das principais ferramentas tecnológicas de mercado, como o SAP, ou até mesmo plataformas de design, como o Figma, o Low-Code facilita a evolução das aplicações, mantendo o código atualizado, garantindo longevidade para o software ao mesmo tempo que permite ao desenvolvedor se concentrar em aspectos mais estratégicos para incorporar novos mecanismos, como Super Apps ou soluções de IA.
     
  6. À prova de futuro: à medida que a tecnologia evolui, as soluções de negócios também acompanham esse movimento, sendo estratégico contar com uma ferramenta de desenvolvimento que se adapta às capacidades de geração de código, eliminando o risco de obsolescência tecnológica nas soluções.
     
  7. Customização e extensibilidade: hoje, desenvolver sistemas exige ampla customização e extensibilidade para incorporação da lógica de negócios personalizada, resultando na criação de soluções mais robustas e sob medida em comparação com o modelo tradicional de desenvolvimento.
     
  8. Liberdade tecnológica: no mercado de TI, muitas plataformas de software mantêm seus clientes aprisionados em soluções, dificultando e encarecendo as mudanças de provedor. Então, é preciso procurar plataformas que tenham um ambiente de rede independente com menores índices de vendor lock-in, concedendo a liberdade de migrar aplicações para outras plataformas sem altos custos.

Hoje, o consumo de tecnologia cresce vertiginosamente e, simultaneamente. Por isso, é necessário criar estruturas que suportem essa demanda. Só assim, negócios podem prosperar sem interrupções. O primeiro passo, até mesmo antes de decidir pela migração de um sistema, é considerar fatores que apoiem a jornada tecnológica de sua atualização, focando na agilidade de desenvolvimento e na manutenção, recursos que também aportam vantagens significativas para a economia financeira, de mão de obra e, consequentemente, ao negócio.
 


*Ricardo Recchi é country manager Brasil, Portugal e Cabo Verde da Genexus by Globant, empresa especializada em plataformas Enterprise Low-Code que simplificam o desenvolvimento e a evolução de softwares por meio da Inteligência Artificial.
‎‏ ‎  

Sobre GeneXus
 

A GeneXus by Globant, é uma empresa líder em plataformas de desenvolvimento de software Low-Code.
 

Em 2022, a empresa foi adquirida pela Globant, solidificando sua posição como parte integrante do grupo de empresas da multinacional para fortalecer ainda mais sua presença global e seu compromisso com a inovação tecnológica.
 

Como parte da Globant X, que é a divisão de produtos e plataformas, a GeneXus soma mais de 30 anos de experiência, tem sede no Uruguai e escritórios no Brasil, México, Estados Unidos e Japão, e se tornou a principal plataforma de desenvolvimento de software corporativo, permitindo que os usuários adotem novas tecnologias rapidamente.
 

Sua abordagem única para a criação de aplicações flexíveis baseadas em modelagem, geração e iteração, combinada com suporte para uma ampla variedade de bancos de dados e linguagens de programação, torna a GeneXus by Globant uma solução ideal para fechar a lacuna entre as infraestruturas de TI legadas e as novas tecnologias.
‎‏ ‎  
A empresa ainda mantém foco significativo nas últimas novidades da IA-Generativa, integrando esses recursos em suas ferramentas Low-Code para proporcionar soluções cada vez mais avançadas e alinhadas com as demandas do mercado de tecnologia.
 

Atualmente, a plataforma é utilizada por mais de nove mil empresas e 150 mil desenvolvedores para criar software empresarial baseado em dados executados em servidores, computadores desktop e na web, assim como em dispositivos móveis. Sua metodologia ágil e acelerada permite automatizar os processos que consomem mais tempo e recursos no desenvolvimento, manutenção, integração e modernização de aplicativos de negócios e sistemas de software.

UiPath nomeada líder no IDC MarketScape: avaliação de fornecedores de software de processamento inteligente de documentos não estruturados de 2024

Concentrated adult female thinking about business project in office

UiPath nomeada líder no IDC MarketScape: avaliação de fornecedores de software de processamento inteligente de documentos não estruturados de 2024


De acordo com o relatório, a empresa vê a GenAI e os LLMs como ferramentas tecnológicas essenciais e os integra cada vez mais em todas as fases de seus portfólios de IDP, mineração de comunicações e automação.


A UiPath (NYSE:
PATH), empresa líder em software de automação empresarial e IA , anunciou que foi nomeada Líder pelo IDC MarketScape: avaliação mundial de fornecedores de software de processamento inteligente de documentos não estruturados de 2024*. O relatório inaugural analisa as tecnologias de IA da UiPath Business Automation Platform, como Document Understanding (Compreensão de Documentos), Communications Mining (Mineração de Comunicações), Processamento Inteligente de Documentos (IDP), Reconhecimento Óptico de caracteres (OCR), Visão Computacional, Processamento de Linguagem Natural (NLP) e aprendizado de máquina/profundo para classificar e extrair informações de documentos estruturados, semiestruturados e não estruturados.


De acordo com o relatório, “a UiPath vê a GenAI e os LLMs como ferramentas tecnológicas essenciais e os integra cada vez mais em todas as fases de seus portfólios de IDP, mineração de comunicações e automação. Ela oferece diversas opções de ferramentas, provedores e modelos de GenAI possibilitando que clientes e parceiros criem ou aproveitem modelos de GenAI prontos para uso para um determinado caso de uso e/ou fluxos de processo. Além disso, a UiPath continua a priorizar e implantar recursos de segurança, privacidade, acesso, embasamento de contexto e controle de nível empresarial para garantir que os modelos e serviços de GenAI possam ser utilizados de forma segura e protegida em suporte a casos de uso de missão crítica”.


O relatório também afirma: “o foco multimodal da UiPath em IA oferece a vantagem estratégica de impulsionar continuamente novos métodos e abordagens para maximizar o valor da IA tradicional (ou seja, IA preditiva) e da GenAI para IDP não estruturado”.


O processamento de documentos não estruturados faz parte de muitos processos de negócios nas empresas – esse recurso oferece suporte a necessidades como gestão de relacionamento com o cliente, conformidade, conhecimento de embarque (
bill of landing ), revisões contratuais, triagem de e-mail e muito mais. Com a GenAI e os LLMs integrados ao UiPath IDP, é possível automatizar a compreensão de documentos e a mineração de comunicações em escala e maximizar os resultados comerciais.


Graham Sheldon, Diretor de Produtos da UiPath, disse: “os LLMs generativos especializados em determinadas tarefas permitem a automação empresarial em escala. Os LLMs especializados em IDP oferecem taxas de erro mais baixas, desempenho aprimorado e tempo de retorno acelerado para a transformação efetiva de comunicações e documentos não estruturados e semiestruturados em valiosos dados digitalizados, que podem ser usados em processos automatizados. Isso aumenta significativamente a eficiência operacional de uma organização. Acredito que o fato de termos sido nomeados Líderes no IDC MarketScape para IDP não estruturado valida nosso compromisso de inovar nessa categoria devido ao nosso foco em desempenho, recursos amplos e conformidade”.


A Plataforma UiPath traz os benefícios da GenAI e da IA especializada por meio da automação para todas as facetas de todas as empresas.


A IA especializada é treinada usando os dados de uma organização e é otimizada para suas necessidades específicas, resultando em soluções mais precisas e personalizadas.


A GenAI pode ser aproveitada para extrair dados não estruturados e acelerar o tempo de retorno das implantações de IDP, reduzindo significativamente o tempo de treinamento do modelo.


Os recursos de IA do UiPath no IDP incluem:

    • Document Understanding: classificação de documentos e extração de dados com base em IA para diversos tipos de documentos e casos de uso. Como parte da UiPath Business Automation Platform, o Document Understanding permite a automação de ponta a ponta de processos com uso intensivo de documentos em toda a organização – em finanças, suporte ao cliente, recursos humanos, compras e vendas, entre outras funções


      .
    • Communications Mining: aplica a IA para extrair intenção, contexto e dados de mensagens, conectando-os à automação. Fornece insights orientados por IA sobre as comunicações comerciais para ajudar os clientes a rastrear e melhorar continuamente os serviços que oferecem a seus próprios clientes e funcionários.
    • AI Trust Layer: aprimora as políticas de privacidade de dados corporativos e os princípios de IA responsável com governança adicional definida por software para ajudar os clientes a dimensionar de forma responsável suas ambições de automação com a GenAI. Nossa AI Trust Layer enfatiza a confiança, a transparência e o controle como seus princípios.
  • GenAI Activities pré-construídas para acelerar o tempo de retorno: as novas GenAI Activities pré-construídas utilizam a UiPath AI Trust Layer e são fáceis de acessar, desenvolver e aproveitar as previsões de IA de alta qualidade em fluxos de trabalho de automação que oferecem um tempo de retorno mais rápido. As GenAI Activities fornecem acesso a uma coleção crescente de casos de uso da GenAI, como preenchimento de texto para e-mails, categorização, detecção de imagens, tradução de idiomas e a capacidade de filtrar informações de identificação pessoal (IIP), permitindo que as empresas façam mais com a GenAI. Com GenAI Activities, as empresas podem reduzir o tempo de criação e obter uma vantagem competitiva usando a GenAI para ajudar a personalizar a experiência do cliente, otimizar as cadeias de suprimentos, prever demandas e tomar decisões informadas.

  • Context Grounding para aumentar os modelos da GenAI com dados específicos da empresa: as empresas precisam de uma maneira segura, confiável e de baixo contato para usar seus dados comerciais com modelos de IA. Para atender a essa necessidade, a UiPath introduziu o Context Grounding, um novo recurso dentro da UiPath AI Trust Layer que ajuda as empresas a melhorar a precisão dos modelos de GenAI, fornecendo aos prompts uma base de contexto comercial por meio da geração aumentada de recuperação. Esse sistema extrai informações de conjuntos de dados específicos da empresa, como uma base de conhecimento ou políticas e procedimentos internos, para criar respostas mais precisas e criteriosas. O Context Grounding aprimorará todas as experiências de GenAI da UiPath no UiPath Autopilots, nas GenAI Activities e nos produtos de processamento inteligente de documentos (IDP), como o Document Understanding.
  • Clipboard AI™: uma ferramenta de desktop que usa IA avançada e modelos de Document Understanding para eliminar o desperdício de copiar/colar e levar o poder da IA a todos.


Um trecho cortesia do relatório IDC MarketScape: avaliação mundial de fornecedores de software de processamento inteligente de documentos não estruturados de 2024 encontra-se 
disponível aqui

* IDC MarketScape: avaliação mundial de fornecedores de software de processamento inteligente de documentos não estruturados de 2024 (Doc n° US52121324, 2024)

PMEs recorrem a aplicativos para manter segurança e produtividade dos negócios

Person Encoding in Laptop

PMEs recorrem a aplicativos para manter segurança e produtividade dos negócios

CodeWall Business direciona o uso da internet em horário de trabalho e garante a segurança da rede wi-fi bloqueando acessos indesejados

 
Heitor Cunha, CEO da CodeBit, créditos da imagem Bruna Schiavottiello

Olhar para a cibersegurança tornou-se uma necessidade diante dos preocupantes dados sobre os ataques que podem prejudicar não só as grandes empresas, mas também as PMEs. De acordo com a pesquisa PwC’s 2024 Global Digital Trust Insights, os incidentes de segurança cibernética estão aumentando em número, escala e gastos – 36% dos respondentes da pesquisa relataram custos superiores a US$ 1 milhão pelo pior evento sofrido, contra 27% que expuseram o mesmo no ano passado.

“Pensamos que apenas as grandes empresas são alvos de hackers, mas a realidade é que as PMEs são atacadas diariamente devido à falta de investimento em segurança digital. Felizmente, hoje em dia existem tecnologias acessíveis que podem auxiliar com essas questões. Incluindo soluções de segurança de dados, firewalls, software e até mesmo aplicativos que vão auxiliar nesse desafio”, explica Heitor Cunha, CEO da CodeBit, empresa especializada em tecnologia de desenvolvimento e infraestrutura em nuvem, que desenvolveu o CodeWall Business, ferramenta de gerenciamento de acesso seguro à internet.

A solução, que funciona por meio de um aplicativo, consegue monitorar o tempo de uso de internet de pessoas e dispositivos, ainda que não tenha ligação com o ambiente de trabalho nos aparelhos conectados e vinculados aos colaboradores e visitantes.

Entender e monitorar os acessos dentro do ambiente corporativo é fundamental para a proteção digital das organizações, a gestão de permissões se torna mais eficiente, garantindo que apenas usuários autorizados utilizem a rede de internet. Além disso, a análise dos registros de entradas permite a detecção precoce de atividades suspeitas, como tentativas de violação, facilitando uma resposta rápida para reduzir possíveis prejuízos.

“É importante que a cultura organizacional inclua a segurança digital como parte essencial do cotidiano de todas as empresas. As regras definidas pela corporação e a postura diante das tecnologias digitais adotadas pelo empreendimento devem estar presentes no dia a dia de todos os colaboradores”, finaliza o executivo.

Como a fabrica ágil da Globalweb pode otimizar seus negócios

Close Up Photo of Programming of Codes

Como a fábrica ágil da Globalweb pode otimizar seus negócios


A Fábrica Ágil da Globalweb é uma abordagem moderna para o desenvolvimento de software, baseada em processos ágeis, os processos ágeis são uma filosofia de trabalho que vai além de ferramentas e aplicações. Eles se concentram na flexibilidade, colaboração e comunicação eficaz. Ao contrário das metodologias tradicionais, como o método cascata, que seguem etapas rígidas e inflexíveis, os processos ágeis permitem adaptação contínua.


O método cascata, amplamente utilizado no passado, divide o desenvolvimento em etapas bem definidas. No entanto, essa abordagem não se adequa bem às mudanças frequentes nos projetos e às demandas do mercado.


A Globalweb, empresa 100% brasileira, tem se destacado na área de Tecnologia da Informação (TI), oferecendo soluções inovadoras e eficientes para diversos setores. Um dos pilares do sucesso da 
Globalweb é sua fábrica de software, que desempenha um papel crucial na agilidade do processo de criação de softwares.

“A fábrica de software da Globalweb é um centro de excelência, onde profissionais altamente qualificados trabalham em projetos sob medida para atender às necessidades específicas de cada cliente” destaca Bruna Boner CEO da Globalweb.


A Globalweb adota uma abordagem ágil no desenvolvimento de software. Isso significa que o processo é flexível, adaptável e focado em resultados rápidos, a governança empresarial estabelece processos e estruturas para tomadas de decisão estratégicas.


Isso inclui a definição de prioridades, alocação de recursos e avaliação de riscos em projetos de inovação.

A governança promove a transparência nas operações e responsabiliza os gestores pelas escolhas feitas. Isso é fundamental para garantir que os investimentos em inovação sejam bem direcionados,também permite a avaliação contínua dos resultados das iniciativas de inovação. Isso possibilita ajustes e correções de rota conforme necessário.


Entre outros a Isso permite ajustes e melhorias antes da implementação completa de chamadas.


O backlog de chamadas é uma ferramenta fundamental para gerenciar e priorizar as demandas de suporte e atendimento ao cliente. Ele consiste em uma lista ordenada de solicitações, incidentes ou tarefas pendentes que precisam ser resolvidos pela equipe de suporte técnico
, explica Boner.


A equipe da Globalweb realiza uma análise criteriosa das chamadas recebidas. Cada solicitação é avaliada quanto à sua urgência e impacto nos negócios, o backlog é organizado com base nessa priorização, garantindo que os problemas mais críticos sejam tratados primeiro.


Antes de implementar soluções definitivas, a Globalweb utiliza protótipos (Mínimo Produto Viável – MVP) para validar as abordagens com os usuários,isso permite ajustes e melhorias antes da implementação completa.



“Imagine a GlobalWeb, uma empresa de tecnologia que oferece suporte a sistemas empresariais. Seu backlog de chamadas inclui solicitações de clientes para resolver problemas técnicos, atualizações de software e consultas gerais. A equipe de suporte prioriza as chamadas com base na gravidade do problema, o impacto nos negócios do cliente e a disponibilidade de recursos. Eles revisam o backlog regularmente para garantir que as demandas sejam atendidas de maneira eficiente”
, finaliza Bruna.


Veja também:



Service Desk: CEO explica benefícios da implementação (terra.com.br)

Approach Tecnologia participa do Enastic-Para e apresenta soluções inovadoras de backup para o Sistema de Justiça Eleitoral

Black Laptop Beside Audio Mixer Set


Approach Tecnologia participa do Enastic-Pará e apresenta soluções inovadoras de backup para o Sistema de Justiça Eleitoral


Segunda edição do Encontro Nacional de Tecnologia e Inovação da Justiça Eleitoral será realizado de 4 a 6 de junho, no TRE do Pará (Belém)

A Approach Tecnologia, integradora de soluções de tecnologia para cibersegurança, conectividade e data center, participa da 2ª edição do Encontro Nacional de Tecnologia e Inovação da Justiça Eleitoral (ENASTIC), que acontece entre os dias 04 e 06 de junho, no TRE do Pará, em Belém, com o apoio da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) e organização da J.Ex.

O encontro tem como objetivo refletir sobre as temáticas relevantes para a implementação de metodologias de trabalho inovadoras no segmento. Além disso, serão debatidos temas relacionados às principais ferramentas tecnológicas capazes de acelerar a transformação digital na Justiça Eleitoral do Brasil.

Com a participação no ENASTIC, a Approach Tecnologia visa estreitar o relacionamento com seus clientes da Justiça Eleitoral, entendendo melhor suas necessidades em relação às demandas futuras, além de buscar novas oportunidades de negócio. “É uma ótima oportunidade para apresentar aos nossos clientes e ao segmento da Justiça Eleitoral as mais modernas soluções de backup disponíveis no mercado e suas aplicações nos diversos TREs espalhados pelo Brasil”, diz José Patriota, CEO da Approach Tecnologia.

De acordo com o executivo, os clientes atendidos pela companhia em Justiça Eleitoral são: TRE-PA, TRE-AP, TRE-RR, TRE-AM na região Norte, além do TRE-RS, TRE-PR, TRE-PB, TRE-MS, TRE-PE, TRE-MA, TRE-CE e TRE-SE.


Projeto implementado no TRE da Paraíba em 2022

No Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), a Approach Tecnologia desenvolveu o projeto de integração da plataforma de hiperconvergência da Nutanix para garantir a disponibilidade do sistema de atendimento ao cidadão e na transmissão dos boletins de urna ao sistema central do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o tribunal, o índice de disponibilidade no atendimento ao cidadão aumentou em 99,9%. Como todas as informações de telemetria podem ser observadas em um painel único, que indica rapidamente qualquer anomalia, o projeto também teve seu nível de segurança da informação elevado.

O TRE-PB possui hoje dois conjuntos de TI em localidades distintas, configurados em alta disponibilidade, que se replica de forma on-line e síncrona para aumentar a resiliência do ambiente.


SERVIÇO

Evento:

Encontro Nacional de Tecnologia e Inovação da Justiça Eleitoral (ENASTIC)


Data:

04 a 06 de junho/24


Local:

Edifício-sede do TRE do Pará


Endereço:

Rua João Diogo, 288 – Campina – Belém-PA


Horário:

dia 04/06 – das 13h às 18h30

05 e 06/06 – das 8h45 às 18h30



Sobre a Approach Tecnologia

Fundada em 2016 em Florianópolis (SC), a Approach Tecnologia é uma integradora que atende ao setor público e privado com serviços e soluções de alta tecnologia para Segurança da Informação, Conectividade, Data Center e Segurança Eletrônica. A empresa tem sede em Florianópolis, escritório em São Paulo e opera com fabricantes como Tenable, Nutanix, F5, Cyberark, Veeam, Exagrid, Parallels, Ruckus, HPE Aruba, Forescout, Milestone, AXIS, Palo Alto Networks e outros que complementam suas soluções e serviços. A companhia tem em sua carteira de clientes mais de 300 organizações públicas e privadas. Para mais informações, visite:

approachtec.com.br


Transformando processos internos: Os benefícios de capacitar os colaboradores no uso do SAP para a organização

Woman Wearing Red and Black Checkered Blouse Using Macbook

Transformando processos internos: Os benefícios de capacitar os colaboradores no uso do SAP para a organização
 

Paulo Secco compartilha insights sobre capacitação de colaboradores para aproveitar ao máximo as inovações do SAP, impulsionar a produtividade dos colaboradores em 44% e reduzir em até 70% o tempo de trabalho.
 

São Paulo, maio de 2024 – A Transformação Digital permeia diversos aspectos de nossa vida cotidiana. Desde tarefas simples até as mais complexas, a digitalização molda nossa forma de viver, trabalhar e nos relacionar. No mundo corporativo não é diferente. A tecnologia desempenha um papel crucial, automatizando processos, centralizando informações e facilitando o gerenciamento de recursos.

Nesse cenário, a SAP, líder global em sistemas de gestão empresarial, não fica para trás. Em constante evolução, integra tecnologias como inteligência artificial e IoT para oferecer cada vez mais inovação. No entanto, para usufruir plenamente destas capacidades, é fundamental uma preparação adequada do usuário. Um estudo da SAP mostrou que o S/4HANA, nova versão do software, pode reduzir em até 70% o tempo de trabalho relacionado ao sistema, além de reduzir a taxa de erro em quase zero e aumentar a produtividade dos colaboradores em 44%.
 

Tiago Henrique Feltrin, Diretor de Tecnologia & Digital na Hypera Pharma, conta que uma das principais preocupações da organização em relação a migração era a adaptação dos colaboradores e, que devido a isso, a migração está sendo feita de forma gradativa para que todos possam usufruir das vantagens. “O ambiente mais tecnológico é benéfico aos colaboradores, pois proporciona uma melhor performance. A nova ferramenta nos permite, por exemplo, centralizar os processos e abre espaço para uma atualização da nossa própria cultura. Mas é importante levar em conta o processo de adaptação dos colaboradores, que devem ser capacitados para esta mudança, além de trazer estas atualizações para nossa cultura organizacional”, ressalta o diretor.
‎‏ ‎  
Paulo Secco, CEO e fundador da Mignow, líder de mercado em atualização SAP que realizou a migração da Hypera Pharma, comenta sobre o desenvolvimento do Miglearning, ferramenta criada para os clientes Mignow, como um meio de capacitar os colaboradores no uso do SAP. “O Miglearning nasceu da necessidade educacional. Estamos comprometidos em garantir que os colaboradores explorem ao máximo os recursos oferecidos pela SAP. A ferramenta não apenas capacita os usuários para utilizar o sistema de forma mais eficiente, instruindo-o para que esteja a par do que há de mais inovador dentro do software que ele já utiliza, mas também agrega valor à entrega final ao cliente, proporcionando uma organização mais preparada e competitiva”, destaca Secco.
 

Paulo Secco, CEO e fundador da Mignow,

A SAP fornece em seu novo sistema análises rápidas e claras de indicadores como tempo de processamento de pedidos e consistência entre notas fiscais e pedidos. Além disso, o processo de aprovação de documentos agora pode ser feito por aplicativo, facilitando a operação. A migração para o S/4HANA representa uma oportunidade de otimizar processos internos e alinhar-se às demandas do mercado.
 

No entanto, essa transição frequentemente enfrenta desafios, especialmente no que diz respeito à adaptação dos colaboradores a novas interfaces e funcionalidades. Segundo a SAP, a utilização de um novo sistema pode causar uma queda de até 20% na eficiência da produção, por problemas do usuário com o software, o que ressalta a necessidade de treinamento.

Os usuários podem necessitar de adaptações para o Fiori, a nova interface e módulos do S/4HANA, devido à complexidade e à constante evolução do software. “Um colaborador habituado ao SAP GUI, do ECC, percebe a necessidade de atualizar seus conhecimentos ao se deparar com o Fiori, sentindo-se desafiado pelas diferenças e motivado a explorar novas funcionalidades”, explica Marcel Nakazawa, Head de COE da Mignow e idealizador do projeto.

Para abordar esse desafio, o Miglearning oferece materiais de apoio atualizados regularmente, permitindo que os usuários acompanhem as mudanças e interpretem as informações de forma eficaz, auxiliando em passos importantes como ao executar relatórios para avaliar as inconsistências existentes e o contexto delas e até mesmo cenários pelos quais a organização pode optar e um passo a passo para diversos tipos de situações, não apenas na etapa de conversão, mas também em todo o processo de utilização do SAP. “O Miglearning atua como um guia para os usuários, ajudando-os a contextualizar as mudanças e a interpretar as informações de maneira independente”, conclui o especialista.

Vale destacar que permanecer no sistema antigo implica na perda de recursos valiosos. A SAP direciona seus esforços para aprimorar novas funcionalidades, como os relatórios de indicadores de CA, em tecnologias como o Fiori ou SAQ e não em seus relatórios anteriores. Estar atualizado permite absorver novas tarefas que podem ser realizadas de forma simplificada através do software.

Paulo destaca atualizações que foram feitas nos relatórios no Fiori na última versão lançada em novembro de 2023, ressaltando era comum acessar três relatórios no SAP Gui, enquanto um único relatório no Fiori fornece a mesma informação. Além disso, ele destaca a melhoria gráfica dos relatórios, permitindo a criação de gráficos de pizza ou de colunas, algo que não era possível antes.

Ao investir na capacitação dos colaboradores e na adoção de ferramentas como o Miglearning, as organizações podem enfrentar os desafios da Transformação Digital com confiança e garantir um futuro competitivo e sustentável.

i4pro cria plataforma digital de relacionamento para clientes do mercado segurador 

Security Logo

i4pro cria plataforma digital de relacionamento para clientes do mercado segurador 
 

A ferramenta visa simplificar o dia a dia de todo o ecossistema de seguros, garantindo maior agilidade e praticidade nas operações. 

A i4pro, empresa líder em tecnologia para o mercado segurador, elaborou uma nova ferramenta voltada ao ecossistema de seguros: o i4portal, plataforma digital de vendas e relacionamento, que tem o objetivo de simplificar as operações diárias do setor, integrando seguradoras, corretores, parceiros e segurados.

Por meio da plataforma, todos os processos envolvendo o ecossistema segurador ganham maior agilidade, flexibilidade e praticidade.

Lançada no final de abril, a plataforma atende as demandas dos segmentos Residencial, Empresarial, Vida Individual, Acidentes Pessoais Individual e todas as modalidades do seguro Garantia Financeira. Novos segmentos já estão sendo incluídos.

Segundo Rodrigo Orlandini, diretor de produtos da i4pro, a ferramenta irá auxiliar as seguradoras na automatização de processos internos, aproximando seus produtos aos clientes finais. “O i4portal permite que a seguradora amplie a distribuição de seus produtos e lance novos produtos de forma ágil. A plataforma possui integração nativa com os módulos do i4pro ERP, além

de se integrar, via API, com terceiros” explica o executivo. Atualmente, a i4pro atende cerca de 40 seguradoras de todo o Brasil, o que representa 1/3 do mercado segurador. Para proporcionar serviços que facilitem as demandas diárias dos clientes, a empresa tem investido em ferramentas tecnológicas, como o i4portal, e em parcerias com grandes players do mercado, visando a otimização dos processos e a personalização de cada cliente.
I4portal

Adesão ao SAP Fiori e SAP BTP com IA Simplifica Processos Empresariais

Person Encoding in Laptop

Adesão ao SAP Fiori e SAP BTP com IA Simplifica Processos Empresariais
 

A integração do Fiori com a inteligência artificial na plataforma S/4HANA potencializa a automação de processos, tornando as operações mais competitivas e preparadas para futuras demandas do mercado
 

São Paulo, maio de 2024 – Os recursos tecnológicos têm o poder de transformar completamente a operação das empresas. Seja por meio da automação de tarefas repetitivas, da análise avançada de dados ou da implementação de sistemas integrados de gestão, a tecnologia oferece inúmeras oportunidades para aumentar a eficiência e impulsionar o crescimento dos negócios. A nova interface Fiori e as soluções SAP BTP com IA, integrada à plataforma S/4 HANA, representa um avanço significativo em termos de inteligência, usabilidade e segurança, em comparação ao antigo SAP Gui.
 

Paulo Secco, CEO e fundador da Mignow, líder de conversão SAP no Brasil, compara a inovação do Fiori ao salto tecnológico entre o DOS, Windows 98 e o Windows 11. “O Fiori é intuitivo e adaptável, aumentando significativamente a produtividade dos usuários ao personalizar transações de acordo com suas preferências, permitindo ainda o desenvolvimento baseado em IA generativa, com o copiloto Joule ou uma Solução no-code intuitiva e baseada em IA para gestão de workflows e RPA”, explica Secco. Essa evolução reflete a transição de sistemas baseados em módulos separados para uma interface de aplicativo unificada.

Comparação entre o SAP ECC e o S/4HANA | Divulgação: Mignow

A nova interface do Fiori, acessível através de navegadores comuns como Google Chrome ou Microsoft Edge, é compatível com qualquer desktop ou dispositivo móvel. Isso melhora a acessibilidade e a flexibilidade para os usuários em comparação com as limitações anteriores do SAP Gui. Além disso, a integração do Fiori com a inteligência artificial na plataforma S/4HANA, utilizado em supply chain, potencializa a automação de processos, tornando as operações mais competitivas e preparadas para futuras demandas do mercado.
 

O novo sistema, pensado para atender as necessidades de seu usuário, tem como chave a integração, que permite facilidade de navegação e de análise de dados. Isso quer dizer que os insights e análises em tempo real presentes do S/4HANA são atribuídos ao Fiori.
 

Paulo Secco enfatiza a importância das atualizações contínuas, que não apenas adicionam novas funcionalidades – mais de cinco mil na última contagem – mas também aprimoram a segurança e a eficiência do sistema. “Manter o software atualizado é crucial para aproveitar ao máximo as tecnologias oferecidas pela SAP”, conclui o CEO.
  Este movimento da SAP em direção ao Fiori e S/4HANA ilustra um compromisso claro com a melhoria contínua e a satisfação do usuário, assegurando que as empresas permaneçam na vanguarda da tecnologia empresarial.

Fundacao Osesp Programacao Junho 2024


Agenda Mensal





FUNDACAO OSESP PROGRAMAÇÃO JUNHO | 2024


Osesp com o violinista Daniel Lozakovich na Sala São Paulo, em concerto em maio de 2022 (Foto: Laura Manfredini)


O ano de 2024 marca as celebrações dos

70 anos

da

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp

, além dos

30 anos

de atividades do

Coro da Osesp

e dos

25 anos

da

Sala São Paulo

– a casa da Osesp, dos Coros e de seus Programas Educacionais, inaugurada em 1999 no edifício onde antes funcionava a Estrada de Ferro Sorocabana.

A


Temporada 2024 – Osesp 70 Anos


dá início à agenda de

junho

na quarta-feira (05) com um concerto bastante especial: pelo terceiro ano consecutivo, a Osesp faz uma apresentação dedicada ao

Dia Mundial do Meio Ambiente

. A arrecadação com a venda de ingressos desse concerto, que tem no repertório obras que de alguma maneira evocam a natureza e a consciência ambiental, será totalmente revertida para a Associação dos Funcionários da Fundação Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (AFFOSPA), uma organização que tem desempenhado papel vital no auxílio aos seus colaboradores e familiares que foram atingidos pelas enchentes e pelo aumento do nível dos rios no Rio Grande do Sul em maio deste ano.

No sábado (08/jun), às 21h, daremos prosseguimento à quinta temporada do popular projeto


Encontros Históricos na Sala São Paulo


. Acompanhados pela

São Paulo Big Band

, o conjunto residente da série neste ano, receberemos os cantores

Vitor Kley

e

Roberta Campos

.

Depois, entre 13 a 15/jun, a Osesp estará com a sino-americana

Xian Zhang

no pódio e e o pianista

Sergei Babayan

como solista convidado em um programa com peças de Webern, Brahms e Strauss. O concerto de 14/jun faz parte da série

Osesp duas e trinta

e tem ingressos a preço único de R$ 39,60 (inteira).

No dia 16/jun, às 18h, veremos o segundo concerto de câmara desta Temporada, com músicos da Osesp e cantores do Coro da Osesp interpretando obras de autores brasileiros contemporâneos. Na sequência, entre 20 e 22/jun, nossa Orquestra recebe de volta seu Diretor Musical e Regente Titular,

Thierry Fischer

, e convida o jovem violinista

Daniel Lozakovich

.

No dia 23/mai, às 18h, o Coro da Osesp e seu maestro preparador,

William Coelho

, levam ao palco da Sala um recital totalmente dedicado a compositoras mulheres, do século XIX aos dias de hoje, intitulado

O silêncio que nunca (h)ouve

. Finalmente, de 26 a 28/jun, nossos músicos e Thierry Fischer estarão com a celebrada violinista norte-americana

Hilary Hahn

para três concertos bastante esperados. E, no dia 29/jun, a Osesp sobe a Serra da Mantiqueira para fazer o concerto de abertura do

54º Festival de Inverno de Campos do Jordão

, no tradicional Auditório Claudio Santoro, às 20h30.

A série gratuita


Concertos Matinais


acontece dias 02, 09, 16, 23 e 30/jun. A apresentação do dia 02 será com a

Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí

e o maestro

Emmanuele Baldini

; no dia 09, convidamos a

Academia Jovem Concertante

; dia 16, teremos a

Banda Sinfônica do Exército

; no dia 23, será a vez da

Banda Jovem Sinfônica do Estado de São Paulo

; por fim, em 30/jun, teremos a

Orquestra Jovem Vale Música

como convidada. Os ingressos são distribuídos pela internet, nas segundas-feiras anteriores aos concertos, a partir das 12h.

Vale lembrar que as performances da Osesp na Sala São Paulo dos

dias 05, 14, 21 e 28/jun

serão transmitidas ao vivo no

canal da Orquestra no YouTube

, e o

Encontros Históricos

de 08/jun será exibido no

YouTube da Sala São Paulo

, dentro do projeto


Concertos Digitais


.



Os concertos do Dia Mundial do Meio Ambiente têm patrocínio de Paper Excellence e apoio de Cebrace e Thales Group, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Realização: Fundação Osesp, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Ministério da Cultura e Governo Federal – União e Reconstrução.



A quinta edição da série

Encontros Históricos na Sala São Paulo

tem o patrocínio de Itaú, Porto, B3, Volkswagen Financial Services e EMS Farmacêutica, copatrocínio de Cebrace, Vivo e Embraer, apoio de Klabin, Mattos Filho, Bain & Company e AlmavivA do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Realização: Fundação Osesp, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Ministério da Cultura e Governo Federal – União e Reconstrução.







PROGRAMAÇÃO | JUNHO 2024




Sala São Paulo



02 JUN (DOM), 10H50



Ingressos: Gratuito



MATINAIS: ORQUESTRA SINFÔNICA DO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ



EMMANUELE BALDINI

regente




VIKTOR UZUR

violoncelo



Joseph HAYDN |

Concerto nº 1 para violoncelo em Dó maior


Antonín DVORÁK |

Sinfonia nº 8 em Sol maior, Op. 88


__________



Sala São Paulo



02 JUN (DOM), 16H00



Ingressos: Gratuito



ACADEMIA DE MÚSICA DA OSESP E ILUMINA



BRUNO LIMA

solista




Programa a ser anunciado.


__________



Sala São Paulo



05 JUN (QUA), 19H30 –

Concerto Digital




Ingressos: R$ 39,60



DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE



ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



JOSÉ SOARES

regente



Bedrich SMETANA |

O Moldávia


Heitor VILLA-LOBOS |

Bachianas brasileiras


nº 4: Prelúdio


Antonín DVORÁK |

Sinfonia nº 9 em mi menor, op. 95 – Do novo mundo


__________



Sala São Paulo

08 JUN (SÁB), 21H00 –

Concerto Digital


Ingressos: R$ 39,60 a R$ 210,00

ENCONTROS HISTÓRICOS NA SALA SÃO PAULO

SÃO PAULO BIG BAND

VITOR KLEY

voz


ROBERTA CAMPOS

voz




Programa a ser anunciado.


__________



Sala São Paulo

09 JUN (DOM), 10h50



Ingressos: Gratuito



MATINAIS: ACADEMIA JOVEM CONCERTANTE



DANIEL GUEDES

regente




SIMONE LEITÃO

piano



Edvard GRIEG |

Concerto para piano em lá menor, Op. 16


Johannes BRAHMS |

Sinfonia nº 2 em Ré maior, Op. 73


__________



Sala São Paulo



09 JUN (DOM), 16H00



Ingressos: Gratuito

CONCERTOS DE ENCERRAMENTO DO SEMESTRE



ACADEMIA DE MÚSICA DA OSESP



Programa a ser anunciado.


__________



Sala São Paulo



13 JUN (QUI), 20H30



15 JUN (SÁB), 16H30



Ingressos: R$ 39,60 a R$ 271,00




SERGEI BABAYAN DESVENDA AS RIQUEZAS DE BRAHMS




ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



XIAN ZHANG

regente




SERGEI BABAYAN

piano



Anton WEBERN |

Im Sommerwind [No vento de verão]


Johannes BRAHMS |

Concerto para piano nº 2 em Si bemol maior, Op. 83


Richard STRAUSS |

Assim falou Zaratustra, Op. 30


__________



Sala São Paulo



14 JUN (SEX), 14H30 –

Concerto Digital


Ingressos: R$ 39,60


OSESP DUAS E TRINTA


ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



XIAN ZHANG

regente




SERGEI BABAYAN

piano



Anton WEBERN |

Im Sommerwind [No vento de verão]


Johannes BRAHMS |

Concerto para piano nº 2 em Si bemol maior, Op. 83


Richard STRAUSS |

Assim falou Zaratustra, Op. 30


__________



Sala São Paulo

16 JUN (DOM), 10h50



Ingressos: Gratuito



MATINAIS: BANDA SINFÔNICA DO EXÉRCITO



MARCELO JARDIM

regente




GUSTAVO SCUDELER

clarinete




PEDRO CAMARGO

trombone



Heitor VILLA-LOBOS |

Pro Pax — Grande marcha triunfal para banda


Nikolai RIMSKY-KORSAKOV |

Concerto para clarinete e banda militar em Mi bemol maior


Alexandre TRAVASSOS |

Chaturanga


Nikolai RIMSKY-KORSAKOV |

Concerto para trombone e banda militar em Si bemol maior


Heitor VILLA-LOBOS |

Fantasia em três movimentos em forma de choros


__________



Sala São Paulo



16 JUN (DOM), 18H00



Ingressos:  R$ 39,60 a R$ 132,00



TEMPORADA OSESP: CÂMARA

VALQUÍRIA GOMES

soprano




ANNA CAROLINA MOURA

soprano




MARIANA VALENÇA

mezzo soprano




LUIZ GUIMARÃES

tenor




ISRAEL MASCARENHAS

baixo




RICARDO BALLESTERO

piano [músico convidado]



Osvaldo LACERDA




Fuga saudosa

[texto de Bastos Tigre]




O estrangeiro

[texto de Guilherme de Almeida]




Pensamentos

[textos de diversos autores]




Ponto de mãe sereia

[texto popular de umbanda]



Luciano GALLET




Taieiras



O luar do sertão

[letra de Catulo da Paixão Cearense]



Edmundo VILLANI-CÔRTES




Choro



A sessão da câmara



CAMILA YASUDA

violino




ANDRÉ FERREIRA RODRIGUES

viola




HELOÍSA MEIRELLES

violoncelo




ANA VALÉRIA POLES

contrabaixo




HORÁCIO GOUVEIA

piano



João Guilherme RIPPER |

From my window nº 3 [Da minha janela nº 3]


José Carlos Amaral VIEIRA |

Quinteto para piano, Op. 297 — Fronteiras



__________



Sala São Paulo



20 JUN (QUI), 10H00



Ingressos: R$ 23,00




ENSAIO ABERTO: DUAS VEZES BRAHMS




ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



THIERRY FISCHER

regente




DANIEL LOZAKOVICH

violino



Kaija SAARIAHO |

Asteroid 4179: Toutatis


Johannes BRAHMS




Sinfonia nº 3 em Fá maior, Op. 90



Concerto para violino em Ré maior, Op. 77



*Durante o Ensaio podem acontecer pausas, repetições de trechos e alterações na ordem das obras de acordo com a orientação do regente.


__________



Sala São Paulo



20 JUN (QUI), 20H30



21 JUN (SEX), 20H30 –

Concerto Digital




22 JUN (SÁB), 16H30



Ingressos: R$ 39,60 a R$ 271,00




DUAS VEZES BRAHMS




ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



THIERRY FISCHER

regente




DANIEL LOZAKOVICH

violino



Kaija SAARIAHO |

Asteroid 4179: Toutatis


Johannes BRAHMS




Sinfonia nº 3 em Fá maior, Op. 90



Concerto para violino em Ré maior, Op. 77


__________



Sala São Paulo



23 JUN (DOM), 10H50



Ingressos: Gratuito



MATINAIS: BANDA SINFÔNICA JOVEM DO ESTADO DE SÃO PAULO



MÔNICA GIARDINI

regente



Juliana RIPKE |

Obra encomendada


Pascual PIQUERAS |

De cai



E outras obras a serem anunciadas.


__________



Sala São Paulo



23 JUN (DOM), 18H30



Ingressos: R$ 39,60




O SILÊNCIO QUE NUNCA (H)OUVE




CORO DA OSESP



WILLIAM COELHO

regente



Amy BEACH




Three Shakespeare Choruses, Op. 39 [Três coros de Shakeaspeare]



Sea fever [Febre do mar]


Florence PRICE |

Renúncia


Ethel SMYTH |

Cinco canções sacras baseadas em melodias corais: Komm, Süsser Tod [Vem, doce morte]


Undine SMITH MOORE |

I would be true [Eu seria verdadeiro]


Valéria BONAFÉ |

Nos silêncios da tua voz

[Encomenda – Estreia mundial]



Tadeja VULC |

O Sapientia [Oh Sabedoria]


Jocelyn HAGEN |

To see the sky [Para ver o céu]


Kerensa BRIGGS |

Media Vita [Na metade da vida]


Eleanor DALEY |

Upon your heart [Sobre seu coração]


Caroline SHAW |

And the swallow [E a andorinha]


Juliana RIPKE |

Vozes-Mulheres

[texto de Conceição Evaristo]


__________



Sala São Paulo



24 JUN (SEG), 19H30



Ingressos: Gratuito

CONCERTOS DE ENCERRAMENTO DO SEMESTRE



ACADEMIA DE MÚSICA DA OSESP



Programa a ser anunciado.


__________



Sala São Paulo



26 JUN (QUA), 19H00



Ingressos: Gratuito

CONCERTOS DE ENCERRAMENTO DO SEMESTRE



ACADEMIA DE MÚSICA DA OSESP



Programa a ser anunciado.


__________



Sala São Paulo



26 JUN QUA 20H30



27 JUN QUI 20H30



28 JUN SEX 20H30 –

Concerto Digital




Ingressos: R$ 39,60 a R$ 271,00




HILARY HAHN TOCA SARASATE E GINASTERA




ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



THIERRY FISCHER

regente




HILARY HAHN

violino



Heitor VILLA-LOBOS |

Bachianas brasileiras nº 1


Alberto GINASTERA |

Concerto para violino, Op. 30


Pablo de SARASATE |

Fantasia sobre Carmen de Bizet, Op. 25


Johannes BRAHMS |

Sinfonia nº 4 em mi menor, Op. 98


__________



Auditório Claudio Santoro



29 JUN (SÁB), 20H30



Ingressos: Gratuito



54º FESTIVAL DE INVERNO DE CAMPOS DO JORDÃO





ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – OSESP



THIERRY FISCHER

regente

Heitor VILLA-LOBOS |

Uirapuru




Johannes BRAHMS |

Sinfonia nº 4 em mi menor, Op. 98


__________



Sala São Paulo



30 JUN (DOM), 10H50



Ingressos: Gratuito



MATINAIS: ORQUESTRA JOVEM VALE MÚSICA



RENAN CARDOSO

regente




VITALY PISARENKO

piano



Pyotr Ilyich TCHAIKOVSKY |

Romeu e Julieta — Abertura-fantasia


Sergei RACHMANINOV |

Concerto para piano nº 2 em dó menor, Op. 18




SALA SÃO PAULO | SERVIÇO



Endereço:

Praça Júlio Prestes, 16, Luz, São Paulo, SP


Taxa de ocupação limite:

1.484 lugares


Recomendação etária:

07 anos


Bilheterias (INTI):


osesp.byinti.com

|

salasaopaulo.byinti.com




(11) 3777-9721, de segunda a sexta, das 12h às 18h.




Cartões de crédito:

Visa, Mastercard, American Express e Diners.


Concerto acessível:

entrada gratuita e extensiva ao acompanhante. Reserva de ingressos pelo e-mail
contato@vercompalavras.com.br

. Retirada 1h antes do evento, no Boulevard da Sala São Paulo.




Estacionamento:

R$ 28,00 (noturno e sábado à tarde) e R$ 16,00 (sábado e domingo de manhã) | 600 vagas; 20 para pessoas com deficiência; 33 para idosos.


Mais informações



no site oficial da Osesp




.






A Osesp e a Sala São Paulo são equipamentos do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Fundação Osesp, Organização Social da Cultura.



_________




INFORMAÇÕES À IMPRENSA




Fundação Osesp

Fabio Rigobelo


(11) 3367-9587 | (11) 99863-6501




Pedro Fuini


(11) 3367-9618 | (19) 98830-9000







Acompanhe a Osesp:

Site

|

Facebook

|

Instagram

|

Twitter

|

LinkedIn

|

YouTube

|

TikTok



Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo


(11) 3339-8062 | (11) 3339-8585



(11) 99370-2761 – Plantão







Acompanhe a Cultura:

Site

|

Facebook

|

Instagram

|

Twitter

|

LinkedIn

|

YouTube


Subestimados por muitas empresas sistemas de CRM melhoram o atendimento e maximizam o numero de vendas


Subestimados por muitas empresas, sistemas de CRM melhoram o atendimento e maximizam o número de vendas


Segundo João Renato, fundador da Be a Brand, companhias que aproveitam essa solução estão preparadas para enfrentar os desafios do mercado e alcançar o sucesso frente aos consumidores


Ignorar a importância do CRM (Customer Relationship Management) é um erro que muitas empresas ainda cometem. No entanto, esse descuido pode comprometer toda a gestão empresarial, impactando diretamente a eficiência e o crescimento de um negócio.


O CRM é uma estratégia que utiliza tecnologia para gerenciar todas as interações e relacionamentos de uma empresa com seus clientes e potenciais clientes. O objetivo é aprimorar as relações comerciais, ajudando na retenção de clientes e impulsionando as vendas.


Quando bem implementado, o CRM pode resultar em melhorias significativas na relação com os clientes e na performance de vendas. Um estudo realizado pelo Nucleus Research aponta que vendedores que utilizam sistemas de CRM alcançam seus objetivos de vendas 65% das vezes, enquanto apenas 22% dos que não utilizam essas ferramentas obtêm os mesmos resultados.



De acordo com João Renato, especialista em Marketing Digital e fundador da



Be a Brand,



agência que já investiu mais de 10 milhões em anúncios online para seus clientes, uma das principais razões para a negligência do CRM é a falta de conhecimento e capacitação. “Muitas empresas, especialmente as pequenas e médias, não entendem completamente o que é CRM e como ele pode beneficiar seus negócios. Sem a devida compreensão, é difícil justificar o investimento em uma ferramenta que parece complexa e desnecessária”, revela.



Investimento e retorno


O custo de implementação e manutenção de um sistema de CRM pode ser visto como um obstáculo. “Empresas frequentemente subestimam o retorno que um CRM bem implementado pode proporcionar. O foco muitas vezes está nos custos iniciais, sem considerar os benefícios a longo prazo, como a fidelização de clientes e o aumento das vendas”, pontua.


Outro fator crucial é a resistência à mudança. “Implementar um novo sistema exige alterações nos processos internos e, muitas vezes, na cultura organizacional. Funcionários e gestores podem mostrar resistência a essas mudanças, preferindo manter métodos tradicionais de gestão de relacionamento com clientes”, declara o especialista.


João acredita que muitas empresas não possuem um planejamento estratégico claro para a implementação de CRM. “Sem objetivos definidos e uma visão clara de como essa solução pode ajudar a alcançar essas metas, a implementação pode ser falha. Afinal, uma estrutura sólida é essencial para maximizar os benefícios do CRM”, relata.



Benefícios de uma implementação eficaz de CRM


  • Melhoria no atendimento ao cliente, proporcionando uma relação mais personalizada e eficiente;

  • Aumento da satisfação e fidelização de consumidores, maximizando uma eventual tendência de fidelização;

  • Aperfeiçoamento na gestão comercial, melhorando o acompanhamento e previsão de vendas;

  • Maior eficiência operacional, fazendo com que os processos sejam mais integrados e eficientes.


Para o especialista, negligenciar ferramentas como o CRM pode impedir o crescimento das empresas. “Companhias que reconhecem e aproveitam essa solução estão mais preparadas para enfrentar os desafios do mercado e alcançar o sucesso frente aos consumidores”, finaliza.



Sobre a Be a Brand


Especialistas em ampliar o alcance e melhorar os resultados de empresas através do Marketing Digital, a Be a Brand tem como missão alavancar a imagem de cada cliente, enaltecendo a sua credibilidade e valorizando a sua identidade. Com suas ações, a empresa visa alcançar o maior número de pessoas usando a comunicação social como ferramenta para a difusão da informação e do conteúdo de qualidade.



Para mais informações, visite o



site



ou o



Instagram



.



Sobre João Renato


João Renato é o visionário por trás da Be a Brand, uma agência de marketing que tem redefinido padrões. Com uma visão e determinação única, sua empresa já investiu mais de 10 milhões em anúncios online para os clientes, alcançando resultados extraordinários. Apenas nos primeiros dois anos de fundação, a Be a Brand atingiu um valuation significativo, acima de 5 milhões, consolidando-se como uma das principais agências do setor.


Com uma carreira destacada como decacampeão em olimpíadas nacionais e internacionais de matemática, incluindo medalha de ouro, traz uma mentalidade analítica e estratégica para o mundo dos negócios. Sendo formado na EPCAR (força aérea brasileira), entre os 10 primeiros de sua turma. Além de sua sólida trajetória empresarial, João está prestes a lançar seu primeiro livro, que promete revolucionar as estratégias de marketing para prestadores de serviços. Um de seus sócios foi o mentor do projeto Tony Robbins no Brasil em 2018, reflexo de seu reconhecimento internacional e sua experiência em gestão empresarial.


Com mais de 2 milhões de seguidores conquistados para os clientes e uma abordagem focada em resultados tangíveis, já lançou mais de 100 treinamentos online para seus clientes. Recebeu um convite formal para o evento anual do Google em Orlando, como uma das agências que mais performaram no período, destacando a Be a Brand como uma das maiores no crescimento mundial em seu nicho.



Para mais informações, visite o



site oficial



ou o



Instagram



.


Serpro firma compromisso com o Programa de Pro-Equidade de Genero e Raca do Ministerio das Mulheres


Serpro firma compromisso com o Programa de Pró-Equidade de Gênero e Raça do Ministério das Mulheres


Empresa assina adesão à 7ª edição da iniciativa do Ministério das Mulheres em cerimônia oficial na terça-feira, 28 de maio

O Serpro participa, na terça-feira, 28 de maio, às 16h, da Cerimônia de Assinatura do Termo de Compromisso da 7ª Edição do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça do Ministério das Mulheres. A empresa vai em busca da obtenção do selo da iniciativa ministerial pela sexta vez consecutiva, não tendo participado apenas do primeiro ano de realização.
O presidente do Serpro, Alexandre Amorim, representará a empresa na cerimônia e assinará o documento pela estatal federal de TI. “Nosso objetivo é construir e fomentar relações sociais com maior igualdade e respeito, combatendo todas as formas de discriminação. Temos um compromisso declarado com os direitos humanos e com a justiça social. Ao adotar esses princípios, não apenas melhoramos nosso ambiente de trabalho, mas também contribuímos para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e equitativa”, declara.
O objetivo do governo federal com o programa é fomentar práticas de equidade de gênero e raça na cultura organizacional de médias e grandes empresas, com foco nas áreas de gestão e recursos humanos. O selo da iniciativa vai certificar que a empresa tem compromisso com a igualdade entre mulheres e homens no mundo do trabalho e com a promoção da cidadania.
Para participar, o Serpro elaborou um plano de ações com duração de dois anos e também criou o comitê que vai coordenar a iniciativa. O documento estabelece diversos objetivos, como a preparação de mulheres para funções de liderança por meio de capacitação e mentoria e a ampliação do percentual de PCD e negros no corpo funcional. A empresa ainda buscará favorecer o vínculo materno e a amamentação, além de realizar uma série de estudos sobre liderança, como distribuição de negros e negras nestes postos e como as mulheres enxergam a questão na empresa, dentre outras metas.

A cerimônia
O Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça existe desde 2005 e está agora em sua 7ª Edição, sendo coordenado pelo Ministério das Mulheres, em parceria com o Ministério da Igualdade Racial, o Ministério do Trabalho e Emprego, a ONU Mulheres e a Organização Internacional do Trabalho (OIT).
Na cerimônia, estarão presentes as ministras Cida Gonçalves (Mulheres) e Anielle Franco (Igualdade Racial), o ministro Luiz Marinho (Trabalho e Emprego) e o vice-presidente e ministro Geraldo Alckmin (Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços), além da primeira-dama, Janja Lula da Silva. Também marcarão presença os presidentes, CEOs, diretores e suas equipes.

Serviço

O que:

7ª Edição do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça

Quando:

28 de maio de 2024

Horário:

16h

Local:

Auditório “Maracanã” do 15º andar e da Torre 1 e suas salas auxiliares, na Sede do Banco do Brasil – SAUN quadra 5, lote B, Brasília – DF.