Expansão na região Nordeste gera cerca de 1.000 vagas de emprego no setor de energia solar

Expansão na região Nordeste gera cerca de 1.000 vagas de emprego no setor de energia solar

Nos estados de Pernambuco, Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte, a Trinity Energias Renováveis deve gerar ao menos 1.000 novas vagas para usinas fotovoltaicas em construção

Nos últimos anos, o Brasil tem sido cenário do franco crescimento no setor de energia solar. Movido pela busca de fontes renováveis e pela diminuição de custos, a energia solar, também conhecida como fotovoltaica, já corresponde a 15,4% de toda matriz elétrica do país, em 33,7 GW operacionais. Com isso, a geração de emprego no setor também acompanha este avanço. De acordo com a Agência Internacional de Energia Renovável (Irena), a produção fotovoltaica no Brasil acumula cerca de 214 mil profissionais, tendo o posto de quarto país no mundo que mais emprega neste setor, ficando atrás apenas de China, Índia e Estados Unidos.

Neste movimento, a Trinity Energias Renováveis, geradora, gestora e comercializadora de energia independente, com a expansão de suas usinas para os estados de Pernambuco, Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte, irá gerar ao menos 1.000 novas vagas de emprego na região, em função da construção de usinas fotovoltaicas no Nordeste. Segundo o CEO da Trinity, João Sanches, são necessárias, em média, 22 pessoas por MW a ser instalado. “No nosso caso, temos um time especializado de engenheiros que avalia a contratação do corpo técnico de cada obra”, ressalta.

As vagas são temporárias e devem durar até a finalização de cada construção, em média, 6 meses. Todos os profissionais são terceirizados e são selecionados por empreiteiras locais contratadas pela Trinity. Ou seja, as 1.000 vagas tendem a ser preenchidas por trabalhadores das regiões. A média salarial é de R$1.700,00 e os cargos vão de auxiliar à técnico.

Os municípios na Bahia, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte que serão contemplados com a expansão das usinas da Trinity terão ao todo 58 mil placas instaladas e fornecerão energia para 31,625 mil residências. As usinas solares fazem parte dos projetos da empresa para alcançar os 100 MWp até 2025.

“Apesar de já estarmos enraizados no Nordeste, continuamos na busca de novas regiões para desenvolver novos projetos e produzir energia limpa no local. Nossos investimentos vão contribuir para conscientização e adoção de energia limpa e sustentável”, pontua o CEO.

Vale destacar que as usinas costumam ser construídas em fazendas ou em espaços livres e que estejam próximos às unidades consumidoras, visto que precisam operar sobre a mesma concessionária.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), desde 2012, mais de um milhão de empregos e R$164 bilhões foram gerados diretamente com a energia solar no país. A fonte também já foi responsável por evitar com que mais de 33,4 milhões de toneladas de dióxido de carbono fossem emitidas na atmosfera brasileira ao longo dos últimos 11 anos. Ainda segundo a Associação, o setor fotovoltaico é um dos que mais emprega no mundo, já que para cada megawatt, são gerados cerca de 25 a 30 postos de trabalho por ano.

Os interessados nas vagas podem entrar em contato pelo e-mail: trabalheconosco@trinityenergia.com.br

Sobre a Trinity Energias Renováveis

A Trinity Energias Renováveis é uma geradora de energia renovável, gestora e comercializadora de energia no mercado livre, autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e membro da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Presente em 25 estados brasileiros, a companhia tem mais de 800 unidades entre consumidoras e geradoras sob sua gestão. Foi considerada duas vezes pelo Anuário 360º da Época Negócios, como a melhor empresa de energia no quesito Governança Corporativa e reconhecida pela Valor Econômico como uma das 1.000 maiores empresas do Brasil.

Para saber mais acesse: https://www.trinityenergia.com.br/