Você tem perfil para ser CEO de startup?

Você tem perfil para ser CEO de startup?


Cofundadora da Start Growth menciona características importantes para quem pretende iniciar um modelo de negócio escalável

Startups são empresas em fase inicial, normalmente voltadas para a inovação. Buscando resolver problemas específicos no mercado, elas usam tecnologia, criatividade e uma abordagem ágil para conseguir escalar. Mas será que qualquer empreendedor pode criar e gerenciar uma startup? Quais características contam pontos para quem deseja se tornar CEO de um negócio do tipo?
 

Segundo Marilucia Silva Pertile, mentora de startups e cofundadora da Start Growth, Venture Capital que investe em startups e cria máquinas de marketing e vendas para potencializar o crescimento e a performance das organizações, existem algumas habilidades e características em geral que são muito importantes para quem deseja estar na liderança de uma startup. “A primeira delas é ser apaixonado pelo negócio que está criando e gerenciando. Isso fará toda diferença no enfrentamento de desafios”, explica.
 

Outro ponto mencionado por Marilucia é a capacidade de adaptação. “Para estar no comando de uma startup é preciso ter flexibilidade e pouco apego à ideia inicial, já que o objetivo é testar e adaptar até conseguir resultados positivos”, avalia.
 

Ter empatia pelo público-alvo e inteligência emocional também são características preciosas para um CEO de startups. “Se ele quiser vender mesmo, precisa se colocar no lugar do seu público-alvo. Ou seja, precisa tentar sentir as dores dele para saber como ajudar de verdade, com simplicidade e excelência”, afirma.
 

Confira outras características mencionadas pela mentora para quem pretende ser CEO de startup:

  • Habilidades de liderança: Marilucia explica que elas são essenciais, pois será preciso liderar um time e mantê-lo motivado em todas as circunstâncias.
  • Competência técnica e compreensão do mercado: A mentora explica que é preciso entender o que acontece no setor escolhido, conhecer concorrência, pontos fortes e fracos e estar atento para fazer ajustes rápidos quando necessário.
  • Resiliência e tolerância ao risco: Segundo Marilucia, muitas vezes será necessário resistir e tolerar riscos para seguir em frente.
  • Habilidades de comunicação e networking: No mercado de startups, é importante estar aberto para comunicar bem o negócio e fazer parcerias.
  • Capacidade de tomada de decisão e solução de problemas: Marilucia enfatiza que, muitas vezes, o CEO terá que tomar decisões certeiras e rápidas.
  • Foco no cliente e na inovação: O cliente deve estar sempre em primeiro lugar, assim como a mentalidade voltada à inovação.
  • Conhecimentos de gestão financeira e captação de recursos: A questão financeira é extremamente importante para uma startup, por isso, conhecer pontos essenciais ou poder contar com alguém de confiança que tenha esse conhecimento é fundamental.
  • Integridade e ética: São características que ajudam qualquer negócio a prosperar.
  • Orientação para resultados: Uma startup precisa de líderes que saibam exatamente onde chegar, por isso ter visão orientada para os resultados faz diferença.
  • Gestão de tempo e prioridades: Saber definir o que é preciso fazer de acordo com o grau de importância é muito importante, já que o CEO terá provavelmente uma agenda lotada de compromissos e muitas tarefas o tempo todo.
  • Capacidade de aprendizado e curiosidade: Estar disposto a aprender é essencial para quem lidera uma startup. “Para oferecer inovação e soluções diferentes das que já existem, o CEO precisa estar aberto a ouvir, estudar, aprender. Quem acredita que já sabe tudo dificilmente estará disposto a percorrer novos e inovadores caminhos”, finaliza.