4 tendências em veículos conectados para 2024

4 tendências em veículos conectados para 2024

Segundo a Geotab, Inteligência Artificial e Dados despontam como os principais catalisadores para insights sobre custo e desempenho

SÃO PAULO – A Geotab Inc. (Geotab®), líder global em soluções de transporte conectado, apresenta suas previsões para o mercado de veículos conectados em 2024. Diante de uma economia desafiadora e voltada para a eficiência, as principais projeções exploram como as organizações estão buscando maneiras de cortar despesas, aprimorar o desempenho e se ajustar às novas demandas.

“Com 23 anos de presença global e dados provenientes de 4 milhões de veículos conectados em todo o mundo, a Geotab possui uma visão abrangente desse mercado. Essas tendências estão destinadas a influenciar significativamente o setor e a orientar as estratégias de negócios nos próximos anos”, destaca Eduardo Canicoba, vice-presidente da Geotab para o Brasil. As principais projeções da companhia incluem:

  1. Uma nova era de previsibilidade de IA: em 2024, as empresas precisarão de grandes volumes de dados de alta qualidade para alimentar seus modelos de inteligência artificial (IA). Com essa tecnologia atingindo o auge de sua popularidade, as companhias buscarão parceiros capazes de traduzir dados em análises preditivas e benchmarking para operar com alta eficiência, segurança e de maneira sustentável. A IA generativa (GenAI) continuará desempenhando o papel de “cientista de dados de bolso” para o setor de transportes, agilizando significativamente o tempo necessário para obter insights para os clientes.
  2. A corda bamba dos custos: a inflação e taxas de juros podem aumentar os custos das modernizações nas frotas, sobrecarregando os orçamentos das empresas. Em resposta, o mercado se baseará cada vez mais em insights de dados para obter um melhor planejamento de rotas, economizar combustível e garantir a manutenção preditiva. Isso resultará em economias que beneficiarão a saúde financeira das companhias.
  3. Sustentabilidade- pequenos gestos para grandes transformações: em resposta à necessidade urgente de ações para conter a crise climática, as empresas devem se comprometer com a abordagem de “pequenos gestos para grandes transformações” neste ano. A estratégia consiste em ajustar metas ambiciosas de emissões, originalmente estabelecidas para o longo prazo, para objetivos mensuráveis e transparentes em períodos curtos e médios, aproveitando as tecnologias e a inteligência de dados atualizados.
  • Mudança de padrões: os fabricantes de automóveis estão reconhecendo a importância da padronização para carros conectados, pois isso facilita o acesso a dados abrangentes para otimizar as operações. No entanto, sem padrões estabelecidos, a maximização do valor dos dados é um desafio significativo. Em 2024, espera-se uma colaboração abrangente na indústria para definir as normas e preparar o caminho para o sucesso coletivo.

“Analisando as tendências para 2024, vemos que os dados e a previsibilidade da IA serão essenciais para as estratégias de negócios”, comenta Sabina Martin, vice-presidente executiva de gerenciamento de produtos da Geotab. “Os insights orientados por IA, alimentados por dados fundamentados, servirão de guia para as organizações em meio aos desafios econômicos, devem impulsionar iniciativas de sustentabilidade e garantem resiliência e adaptabilidade em um mundo em constante mudança”.

As tendências de 2024 da Geotab destacam o potencial transformador dos veículos conectados e o poder dos dados para impulsionar a sustentabilidade, eficiência e lucratividade no setor de transportes. Em meio a complexas transformações econômicas, ambientais e tecnológicas, a companhia segue comprometida em fornecer informações que capacitam as empresas a tomarem decisões estratégicas.