5 tecnologias de rápida implantação para impulsionar vendas no Natal

5 tecnologias de rápida implantação para impulsionar vendas no Natal

De experiência do consumidor a otimização de recursos, inteligência artificial (IA) e outras ferramentas são aliadas dos varejistas em épocas de alta demanda

O Natal é um dos períodos mais favoráveis para o varejo em termos de vendas. Neste cenário, uma série de tecnologias podem ser utilizadas para alavancar resultados. As ferramentas digitais apoiam não apenas no aumento da eficiência operacional, mas também proporcionam uma resposta ágil às demandas crescentes do mercado, preparando as empresas para tirar o máximo proveito da data.

Algumas tecnologias de implementação rápida podem, justamente, ajudar os varejistas a escalarem as vendas no Natal sem demandar grandes investimentos ou estruturas. “Soluções como ChatBot, hospedagem de dados na nuvem e, até mesmo, Inteligência Artificial (IA), podem ser implementadas do zero, apenas com acesso à internet. Ter uma equipe multidisciplinar, que esteja sempre atualizada com tendências do mercado, também fará a diferença na operação desses recursos”, afirma Bruno Yoshinori, gerente de Projetos da SIS Innov & Tech, consultoria estratégica de inovação, transformação digital e Tech. Hunting. O especialista lista cinco tecnologias de rápida implementação para os varejistas se prepararem para as vendas de fim de ano.

Banco de dados escalável

Um banco de dados escalável pode suportar o aumento no número de usuários, no volume de dados ou requisitos de processamento sem problemas complexos. “São perfeitos para períodos de alta demanda, pois podem ser dimensionados verticalmente ou horizontalmente, conforme necessidade”, afirma Yoshinori.

A solução permite, assim, a otimização do uso de recursos financeiros, evitando gastos desnecessários com hardwares mais potentes ou com correções de emergência. Garante, ainda, que os usuários tenham uma experiência consistente, fluida e de alta qualidade, o que influencia na experiência de compra do consumidor.

Hospedagem na nuvem e balanceamento de carga

Com possibilidade de implementação rápida e apenas com acesso à internet, a hospedagem de dados na nuvem é outra prática recomendada para períodos de alto fluxo, como o Natal. Isso porque oferece recurso de escalabilidade automática, permitindo que se aumente ou diminua a capacidade de acordo com a demanda. A nuvem facilita a integração de sistemas e aplicativos, tornando mais fácil para o varejo gerenciar toda a operação em tempo real e com acesso remoto – inventários, pedidos, informações de clientes e mais.

É uma tecnologia que funciona muito bem se atrelada a implantação de um balanceador de carga que distribui o tráfego entre vários servidores e garante que nenhum fique sobrecarregado, mantendo o desempenho de cada servidor. “Armazenar dados na nuvem, que são, frequentemente, utilizados em sistemas de cache em memória, ajuda a reduzir a carga de acesso aos dados, melhorando o desempenho”, diz Yoshinori.

ChatBot 

As empresas podem adotar essa ferramenta para lidar com diversas situações e serviços, especialmente no período de fim de ano, para aprimorar a eficiência operacional, oferecer suporte e melhorar a experiência do usuário. Com atendimento rápido para solucionar dúvidas ou para resolver questões simples, os clientes se sentem mais à vontade para finalizar a compra.

“O recurso também auxilia as empresas a diminuir os custos operacionais, mantendo a competitividade em um mercado cada vez mais digital”, afirma o especialista da SIS Innov & Tech. Entre as principais vantagens, estão o suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, a capacidade de escalabilidade durante picos de alta demanda, redução de erros, coleta de dados e insights, além da prestação de serviços em vários canais e idiomas.

Inteligência artificial (IA)

A IA pode ser aplicada em diversas frentes no varejo. Além de poupar o tempo dos profissionais apoiando com tarefas administrativas demoradas e com a interação com clientes (com integração ao chatbot, por exemplo), a IA também é indicada para otimizar custos com gerenciamento de estoque. A tecnologia faz com que seja possível ter mais controle e organizar as mercadorias, evitando falta ou excesso de produtos.

Automação de Marketing 

A automação é o nome que se dá a um serviço que realiza uma tarefa após a outra automaticamente, sem a necessidade de ações manuais. Em campanhas de marketing  que promovam ações de venda para o Natal, a automação serve para gerar leads e nutri-los até o momento da conquista de um novo cliente com a aquisição do produto ou serviço. Depois da compra, a solução também pode ser usada para manter o contato com o consumidor, estimular sua retenção e gerar recomendações de produtos para novas compras.