Com investimento inicial de R$500, Meetz deve faturar R$20 milhões em 2024

Com investimento inicial de R$500, Meetz deve faturar R$20 milhões em 2024

Há 4 anos a startup, que oferece soluções de prospecção e de sales engagement de ponta a ponta para negócios B2B, se mantém sem a aquisição de investimentos externos

São Paulo, abril de 2024 –  Em 2020, o pernambucano Juliano Dias deu início à companhia com apenas R$500 do próprio bolso e, em 2023, alcançou o faturamento de R$10 milhões. No modelo de negócio bootstrap, a Meetz, startup brasileira que oferece soluções de prospecção e de sales engagement de ponta a ponta para empresas B2B, se mantém com recursos próprios e tem previsão de faturar R$20 milhões até o final deste ano.  

Foi durante a pandemia de covid-19 que o então gestor comercial Juliano Dias percebeu a dificuldade de conseguir realizar novos negócios com o isolamento social. A partir disso, veio a ideia de tentar gerar conexões de forma remota. Então, resolveu investir no desenvolvimento da plataforma que, posteriormente, se tornaria a Meetz. “Pensei: se eu estou trancado em casa  com dificuldades de fazer negócios, outras pessoas também devem estar na mesma situação. Foi aí que pensei em utilizar a tecnologia para resolver esse problema”. 

A Meetz começou oferecendo um Software de Sales Engagement em nuvem como um complemento ao sistema de gestão de vendas, a fim de gerar conexões entre os interessados em prospectar novos negócios. Por meio da Inteligência Artificial, o sistema mapeia o comportamento dos usuários nos encontros e sugere novos nomes de clientes possíveis. De acordo com a startup, foram mais de 16 mil reuniões agendadas entre representantes comerciais e tomadores de decisão das empresas. 

Em 2023, a companhia deu um passo para expandir a atuação no mercado de prospecção e vendas e realizou a aquisição da gaúcha AzLeads, empresa de Software as a Service. “Essa movimentação nos ajudou a atender um número muito maior de clientes, com uma base de dados mais robusta”, conta Juliano Dias CEO da Meetz. A aquisição do software permitiu ampliar as funcionalidades da plataforma, que vão desde a inteligência comercial, com filtros para encontrar, segmentar e qualificar empresas e decisores.

“Estamos mantendo um negócio sustentável, sem a necessidade de investimentos externos para alcançarmos as metas previstas. Este tem sido um ano de novos desafios e lançamentos de produtos, por isso, estamos confiantes que vamos conseguir continuar crescendo de maneira contínua”, disse o CEO. Além de dobrar o faturamento em 2024, a Meetz já prevê a meta de crescer 100% em 2025.