Como quatro estudantes criaram a primeira plataforma que ensina inglês pelo WhatsApp

Como quatro estudantes criaram a primeira plataforma que ensina inglês pelo WhatsApp

Do Ensino Médio ao mercado de inovação, Amorim, Cavallaro, Silva e Tiozo conquistaram mais de 2,6 mil alunos que aprendem inglês com o amigo gringo, projetado por inteligência artificial

Em abril de 2023, surgiu a primeira plataforma do Brasil que usa inteligência artificial (IA) para simular conversas em inglês com nativos no WhatsApp. Com a globalização e a interconexão cada vez maiores entre culturas e economias, é claro que sete meses foram o suficiente para a Beconfident provar a revolução na aprendizagem do idioma que, segundo a Catho, pode aumentar em até 61% o salário de profissionais em vagas de emprego.

Robson Amorim, Luan Cavallaro, Felipe Silva e Felipe Tiozo se conheceram no Ensino Médio, época em que participavam de maratonas de programação, como o Hackathon, e campeonatos mundiais de robótica, como o First Lego League, na África do Sul. Com apenas 15 anos, eles ganharam diversas medalhas em competições e olimpíadas e, vidrados pelos conceitos de startups e machine learning, decidiram criar o que viria a ser o amigo gringo do WhatsApp, solução pioneira em usar IA para unir o aplicativo de conversas mais usado no Brasil com a língua mais falada no mundo.

“Viajando para os países que sediaram esses campeonatos, nós percebemos que muitas pessoas, mesmo morando no exterior há anos, ainda sentem dificuldades com o inglês e, por isso, se isolam com outros brasileiros. Então, a BeConfident nasceu do questionamento: Por que não praticar o inglês enquanto você conversa, de forma segura, sobre qualquer assunto com um nativo projetado por inteligência artificial?”, pontua Robson Amorim, CEO e cofundador da BeConfident, formado em Ciência da Computação & IA pela Minerva University.

A BeConfident possui quatro modos de aula com a IA, que podem ser ativados por texto ou por áudios no WhatsApp: conversação, professor, vocabulário e lição. Com elas, os estudantes podem aperfeiçoar habilidades avançadas de fala e audição; tirar dúvidas sobre construção gramatical de frases em inglês; receber uma lista com palavras e frases novas; e assistir a mini-aulas, com exercícios de conversação guiados, para estruturar conversas em diferentes contextos.

Além da atrativa conversa com o amigo gringo, a plataforma também estimula a participação constante dos estudantes com um sistema de ranking mensal, que premia os dez alunos mais engajados com brindes como Alexa, Kindle, Airpods, vale-presentes e mais. Estimulados pela competitividade, os top 10 vencedores alcançaram quase 14 horas de conversação com a IA.

Missão com escolas no Brasil

Um levantamento do British Council apontou que apenas 1% dos brasileiros falam inglês fluentemente, deixando o país na 58ª posição entre os países que mais dominam a língua.

Em paralelo, com apenas sete meses de operação, a BeConfident conquistou mais de 2,6 mil assinantes de 21 países, um crescimento que demonstra o interesse dos alunos por uma maneira eficaz, acessível e personalizada de aprimorar suas habilidades no idioma.

Segundo Amorim, os motivos para a falta de aprendizagem são diversos, mas a inovação tecnológica pode ser a solução que afasta o Brasil dessa realidade. “Diferentemente de outros aplicativos, que apenas introduzem conceitos básicos com frases prontas, abordamos uma estratégia integrada a todos os níveis da língua inglesa, para que os estudantes treinem conversação de acordo com suas necessidades e, principalmente, de acordo com sua rotina”, afirma o CEO.

Quando o assunto é investimento, os números da startup falam por si só: desde a sua primeira semana de lançamento, a plataforma registrou um crescimento de 828% na receita, chegando a quase R$ 1 milhão em faturamento. E se engana quem pensa que BeConfident é apenas para alunos, porque a startup também estabelece um compromisso essencial com os professores e as escolas de idiomas, entregando uma nova ferramenta tecnológica que engaja os estudantes e, assim, agiliza o aproveitamento de conteúdo em sala de aula.

“A nossa plataforma é uma experiência de imersão para os educadores. Por meio dela, os professores podem explicar o conteúdo para os alunos e deixar a prática e os feedbacks com a BeConfident, que pode aplicar os próximos tópicos de conversa de acordo com a matéria do dia. Tornamos o estudo mais divertido, passível de recompensas e adaptado às dificuldades, uma metodologia gamificada que promete revolucionar a relação dos brasileiros com o inglês.”