E-commerce: aplique estratégias assertivas para o Dia do Consumidor e alavanque as vendas

E-commerce: aplique estratégias assertivas para o Dia do Consumidor e alavanque as vendas

Especialista afirma que ainda dá tempo de colocar em prática estratégias valiosas para a data sazonal

São Paulo, março de 2024 — O Dia do Consumidor 2024, comemorado nesta sexta-feira (15), poderá se igualar à Black Friday no calendário do varejo brasileiro. Isso porque, de acordo com a projeção do Índice Antecedente de Vendas do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IAV-IDV) as compras no primeiro trimestre de 2024 deverão apresentar um crescimento nominal de 6% e o mês de março é o que deve ter as maiores altas, principalmente nos segmentos de alimentos e bebidas (+6,1%), móveis e eletrodomésticos (+3,8%) e vestuário (+6%). 

E os números de 2023 confirmam o sucesso da data sazonal: segundo o levantamento realizado pela Nuvemshop, e-commerces de pequenas e médias empresas lucraram 31% a mais com vendas e ações promocionais. De 12 a 15 de março, os lojistas online alcançaram R$ 37,4 milhões em faturamento, enquanto em 2022 chegou a R$ 28,5 milhões no mesmo período. Somente no dia 15, os empreendedores movimentaram R$ 11,7 milhões com compras online, valor 19% superior ao de 2022.

Para ter sucesso nestas ocasiões, porém, é preciso se destacar em meio a um cenário digital com inúmeros concorrentes que investem agressivamente e ganhar preferência em um mercado cheio de opções e possibilidades. “O Dia do Consumidor é um dos momentos mais relevantes do primeiro semestre para o comércio eletrônico e isso vai além dos números, já que permite o fortalecimento do laço com os clientes mais fiéis e, ao mesmo tempo, a oportunidade de aumento de base de clientes”, afirma Rodrigo Friano, COO e sócio da Yooper, agência paulista de Marketing Digital especializada em performance. 

“Aplicando estratégias assertivas é possível aproveitar as oportunidades sazonais e lucrar ainda mais no seu e-commerce”, completa o especialista, que traz 3 dicas para ajudar a alavancar as vendas na data:

1- Aproveite as redes sociais: elas podem ser ferramentas poderosas para direcionar o tráfego para seu site. Os dados da Nuvemshop mostram que 26,5% dos pedidos online realizados em 2023, apenas no dia 15 de março, foram gerados a partir das redes sociais e 9 em cada 10 vieram do Instagram, ou seja: o consumidor viu o conteúdo sobre produtos e promoções e acessou o site a partir desta divulgação. 

“Compartilhar conteúdo visual de alta qualidade, envolver-se com os seguidores respondendo a comentários e mensagens de forma rápida e autêntica, oferecer promoções exclusivas e, claro, usar conteúdos patrocinados em mídia social, monitorando e analisando as métricas para entender o que está funcionando, são algumas estratégias que podem ser colocadas em prática de forma rápida para este Dia do Consumidor”, afirma Friano. Ele complementa: “Dados recentes da Forrester Research Inc, de maio de 2022, indicam que os consumidores digitais preferem ser impactados por conteúdos dinâmicos em vídeos e motion do que formatos estáticos em mais de 40% das vezes”. 

Desta forma, aproveitar essas datas sazonais para trazer a mensagem da sua marca por meio de influenciadores, motion graphics e outros conteúdos de vídeo como lives e webinares pode ser uma estratégia super interessante para se diferenciar da concorrência e engajar mais as campanhas.

2- Otimize seu site: é muito importante que a sua identidade visual traduza muito da essência e os valores do seu negócio, portanto um site profissional e atraente pode aumentar a probabilidade dos visitantes permanecerem nele, fortalece a credibilidade e o reconhecimento da marca, além de proporcionar uma vantagem competitiva afinal a sua identidade visual é exclusividade da sua marca. 

“Quando falamos de datas sazonais é importante que sejam feitos ajustes para tornar o site ainda mais relevante. Atualize banners, imagens, cores e outros elementos de design para criar uma atmosfera festiva e envolvente, tecnicamente chamamos isso de ‘envelopar o site’. Isso ajuda o consumidor a identificar que a marca está aderindo à sazonalidade e eventualmente promocionando categorias e produtos específicos. Portanto, coloque uma flag nas imagens dos produtos com os descontos exatos (de/por), separe os produtos com desconto em categorias (evite colocar todos em em uma mesma página de Dia do Consumidor, por exemplo, para não dificultar a busca no site) e garanta que o motor de busca interna (aquela lupinha) esteja funcionando adequadamente. Certifique-se de que seu site esteja otimizado para dispositivos móveis, rápido e fácil de navegar para proporcionar uma experiência de compra agradável”, detalha o especialista. 

Ainda segundo Rodrigo, “os consumidores estão cada vez mais exigentes e complexos após a pandemia. Com o mercado brasileiro mais digitalizado, a concorrência aumentou e se profissionalizou. Portanto, chamar atenção do consumidor hoje vai para muito além de ter o melhor preço ou um bom produto. Segundo pesquisas recentes do Google (jan/2023), 74% dos consumidores estão abertos a comprar de varejistas dos quais nunca compraram antes, sendo que 6 a cada 10 usuários usam vários canais para fazer suas compras”. 

Com base nesses dados, o especialista indica trabalhar os reviews de produtos. “Quando o consumidor digital atual encontra um bom produto a um bom preço, o próximo passo é buscar uma validação de quem já fez essa compra antes. O review pode ser o detalhe que fará com que a sua marca seja a escolhida. Incentive sua base a avaliar os produtos que já comprou com você. Recomendo até oferecer um cupom para aqueles que fizerem a avaliação. Esse pequeno detalhe pode fazer toda diferença na sua taxa de conversão nessas datas sazonais”, completa.

3- Ofereça um excelente atendimento: esse processo é fundamental em qualquer época do ano, mas é especialmente importante durante as datas sazonais. Certifique-se de que sua equipe esteja preparada para lidar com o aumento no volume de pedidos e consultas, pois a falha nesta fase pode prejudicar a confiança do cliente. 

“Tenha uma equipe de suporte dedicada para lidar com as consultas de forma rápida e eficiente, seja por chat ao vivo, e-mail, telefone ou redes sociais. Certifique-se de ter processos claros e eficientes para gerenciar possíveis problemas, como atrasos na entrega, devoluções ou reclamações”, finaliza Friano.