Gupy avança em novo mercado de R$ 1 bi e lança plataforma para medir performance dos colaboradores em tempo real

Gupy avança em novo mercado de R$ 1 bi e lança plataforma para medir performance dos colaboradores em tempo real

Com aumento da pressão das empresas por rentabilidade e permanência do modelo híbrido de trabalho, HR Tech aposta em uma nova forma de medir performance dos times para substituir o famoso processo anual de desempenho

São Paulo, fevereiro de 2024 – A Gupy, empresa líder em soluções de RH no Brasil, entra em um novo mercado avaliado em R$1 bi, o de gestão de performance de pessoas colaboradoras e, com isso, amplia suas soluções para ser um provedor completo de tecnologias para o RH. O lançamento do Gupy Performance & Desenvolvimento acontece nesta semana e está sendo desenvolvido desde o último M&A da HR Tech, quando adquiriu a startup Pulses, que já tinha uma versão beta desse novo produto. “Com a compra da Pulses, aumentamos os investimentos nessa frente para acelerar as descobertas, inovações, testes e desenvolvimento até encontrar o modelo que comprovamos ser o mais moderno e eficaz para fazer gestão de performance dos times em um mundo híbrido, ágil, que requer mais engajamento e mais rentabilidade”,  explica Mariana Dias, CEO da Gupy.

O lançamento surge como uma alternativa inovadora para um processo importante na gestão de pessoas, mas que ainda é um grande gargalo dentro das empresas. Uma pesquisa da Falconi, de 2023, mostra que 59% das empresas brasileiras não possuem um processo desenhado de avaliação de desempenho, mas 74% reconhecem a importância de implementar em curto prazo. Esses dados são reflexo de diversas transformações no mercado de trabalho que, nos últimos meses, vê uma demanda crescente por mais produtividade e alta performance. Muitas organizações enfrentam desafios na construção e gestão eficiente das avaliações dos times, especialmente devido à falta de clareza e direcionamento por parte das lideranças.

“Via de regra, temos um modelo de avaliação de performance vigente no Brasil de 40 anos atrás, que mudou muito pouco: avaliações feitas uma vez por ano, no final do ano, olhando para metas e competências e sendo um processo do RH, não da liderança. Entendemos que performar não é só olhar para a pessoa naquele momento, e sim para todo o contexto onde ela está inserida – e que, em um cenário onde tudo muda tão rápido, não há garantia de que uma avaliação de performance que acontece no final do ano faz jus a tudo o que essa pessoa fez e como ela se desenvolveu ao longo dos meses”, enfatiza Renato Navas, Diretor de People Science da Gupy.

A HR Tech busca resolver essas dores do mercado oferecendo um modelo de Performance & Desenvolvimento situacional, sistêmico e regenerativo. Por meio de módulos de avaliação e desenvolvimento, a plataforma simplifica e amplia a visão do líder sobre as pessoas do time por meio de metadados e de uma metodologia 360º, com opções para as tradicionais formas de autoavaliação, avaliação por líderes, pares e outros, porém tudo de forma simples, ágil e mais eficaz. As organizações podem configurar todo o processo de acompanhamento de desenvolvimento individual em uma interface de fácil usabilidade, promovendo diálogos entre líderes e colaboradores, feedbacks contínuos e calibração das avaliações, tudo na mão dos gestores.

Desde o início do ano passado, algumas empresas já começaram a testar o produto e obter resultados representativos. Dados coletados pelas equipes de RH beta testers, desde fevereiro de 2023, mostram que a média geral na pesquisa GPTW de pessoas que receberam mais de 3 feedbacks no ano, é 30% maior na do que de pessoas que não receberam feedbacks.

Ao mesmo tempo, a nova metodologia de avaliação de desempenho impactou em um aumento de 12% no senso de justiça distributiva entre pessoas colaboradoras, assim como no número de reconhecimentos e movimentações internas: mais de 60% das novas posições de uma das empresas clientes foram preenchidas com promoções, depois que começaram a utilizar a plataforma de Performance e Desenvolvimento.

“Temos já uma parceria de longa data com a Gupy, nos módulos de Recrutamento & Seleção e de Clima & Engajamento. Buscamos o fortalecimento constante por uma cultura de feedback, com o fortalecimento dos rituais de gestão, e vimos no pulso de desempenho uma possibilidade de minimizarmos vieses na avaliação e tracionarmos uma cadência sustentada na gestão de desempenho dos times, que permita a visualização do mapa das pessoas high performance e alimente com maior assertividade e efetividade o plano de desenvolvimento individual das nossas pessoas”, comenta Ticiana Cavana, Gerente de Desempenho & Cultura da ScanSource Brasil, uma das empresas beta testers do novo produto.

Impacto nos negócios 

O lançamento completa o ciclo de Gestão de Talentos dentro do ecossistema da Gupy, junto com produtos de Clima e Engajamento e Educação Corporativa.  A HR Tech espera alcançar, ainda este ano, uma receita anual recorrente de R$5 milhões com o produto, aumentando a representatividade das suas soluções de Gestão de Talentos para mais de 50% da receita vinda do carro-chefe da empresa, a plataforma de Recrutamento &  Seleção, até o final de 2025. 

Mariana Dias, CEO e cofundadora da Gupy, destaca a importância da qualidade das avaliações de performance e das soluções pós-avaliação no cenário atual: “Produtividade é a palavra-chave do mercado de trabalho em 2024, e os RHs e lideranças precisam de ferramentas que acompanhem essa necessidade de aumentar inovação, performance e rentabilidade, mas com uma nova abordagem adaptada para os negócios que demandam um acompanhamento mais ágil e eficaz sobre performance do time. Nada funciona se a gestão de performance não é feita na frequência adequada ou sem métricas claras, e as metodologias tradicionais já não suprem mais essas necessidades. O colaborador também ganha muito com esse processo ao saber de forma mais frequente onde estão suas lacunas e o que pode fazer para melhorar, sem precisar esperar um ano para descobrir isso. Estamos muito felizes em agregar mais essa solução ao nosso ecossistema e oferecer aos líderes uma forma ágil e eficaz para impulsionar o crescimento das pessoas e dos negócios ” explica Mariana Dias

A empresa lança o Gupy Performance & Desenvolvimento neste 20 de fevereiro, com soluções digitais que vão além da mensuração, mas que também simplificam o processo e oferecem uma abordagem mais eficaz para a gestão de desempenho.