Minha Biblioteca celebra 13 anos e anuncia a marca de 15 mil títulos no streaming de livros

Minha Biblioteca celebra 13 anos e anuncia a marca de 15 mil títulos no streaming de livros

Obras já estão disponíveis para universidades, escolas técnicas, empresas e assinantes do acervo; novos consumidores terão 13% de desconto no clube até o fim do mês

A Minha Biblioteca, streaming de livros que aprimora a experiência de leitura, está em festa. A marca celebra 13 anos no mercado e alcança um número inédito: 15 mil títulos em seu acervo digital, que está disponível para estudantes e docentes de instituições de ensino parceiras e também para estudiosos e leitores por meio do Clube Minha Biblioteca, modelo de acesso por assinatura individual.

Em comemoração ao aniversário da companhia, até o dia 31 de maio os novos assinantes do Clube terão 13% de desconto em qualquer plano, de qualquer catálogo, com o cupom “ANIVER13”. Segundo a CEO da empresa, Giselle Guimarães Ramos, o desconto é um presente para fomentar a leitura.  “De janeiro a março registramos 2 milhões de horas de leitura e estamos em busca de um primeiro semestre com aumento de 20% de horas em relação ao último ano. Queremos um país com mais leitores e mais pessoas com sede de aprendizado contínuo”, enfatiza.

A Minha Biblioteca vem revolucionando o mercado editorial ao longo dos anos. A empresa investe constantemente em tecnologia e inovação para tornar a experiência de leitura cada vez mais significativa e valorizada. “Evoluímos em diversos aspectos nesses 13 anos. Hoje somos formados por 17 editoras e 42 selos, o que representa uma base editorial sólida e potente com muitos títulos exclusivos”, celebra a executiva.

A plataforma conta com e-books de todas as áreas do conhecimento. A possibilidade de ler e estudar de qualquer lugar, horário e dispositivo fortalece a educação continuada. “O formato auxilia milhares de pessoas na jornada acadêmica e profissional e é um estímulo para a capacitação contínua. Sem dúvidas, seguiremos transformando a aprendizagem em diferentes ciclos da educação”, finaliza Giselle.