Tecnologia cria programas de fidelidade personalizados em apenas 24 horas

Tecnologia cria programas de fidelidade personalizados em apenas 24 horas

Plataforma da Lecupon, de Minas, é white label e já conta com mais de 25 mil estabelecimentos cadastrados, entre pontos físicos e on-line

Uma pesquisa da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF) apontou que 45% dos brasileiros com acesso à internet são adeptos aos programas de fidelidade. Ou seja, dos 152 milhões de brasileiros com acesso à internet, 68 milhões fazem parte de algum programa.

Os programas de fidelidade se tornaram estratégias de sucesso utilizadas pelas empresas para construir uma relação afetiva e duradoura com o público. Funcionam de maneira similar ao sistema de recompensa do cérebro. Quando experimentamos algo prazeroso ou gratificante, o cérebro libera neurotransmissores, como a dopamina, que ativam o sistema de recompensa e nos fazem sentir bem.

Vamos a um exemplo. O que é melhor, pagar as compras e não receber nenhum benefício adicional, ou garantir que a empresa irá devolver 5% do valor gasto nas próximas compras? Sem dúvida, a segunda opção é mais interessante. Nos casos dos programas de fidelidade, a compensação pode ser tanto para o consumidor quanto para impulsionar o crescimento da empresa.

“A empresa que cria um grupo de benefícios gera um diferencial em relação à concorrência, reduz a perda de receita ou clientes (churn rate), aumenta o faturamento, melhora o relacionamento com o cliente e agrega mais valor à marca”, destaca Aluísio Diniz Cirino, CEO da Lecupon, plataforma de gestão de benefícios e vantagens.

Aluísio Diniz Cirino, CEO da Lecupon

O CEO ressalta, no entanto, que formar um clube de benefícios exige uma série de etapas e que é muito difícil uma empresa criar um programa desses de maneira isolada. “É necessário buscar associados, criar políticas do tipo ganha-ganha e sustentar regras. Logo, é muito difícil que a empresa consiga fazer isso sozinha e repassar essas vantagens aos seus clientes”, completa.

Além disso, é fundamental ter indicadores para avaliar o clube de benefícios, que devem avaliar aspectos do clube, como resultados das parcerias, produtos disponibilizados, tipos de benefícios ofertados, qualidade do atendimento e usabilidade da plataforma.

É aí que entra um elemento imprescindível: a tecnologia. Pensando nisso, a Lecupon criou uma plataforma de gestão de benefícios que auxilia as empresas nessa tarefa. A startup oferece a tecnologia para as empresas criarem os seus próprios clubes de vantagens, de forma simples. Além disso, todas elas ganham acesso a uma rede enorme de lojas parceiras da Lecupon, que oferecem benefícios únicos. São descontos em restaurantes, lojas de departamento, passagens aéreas, cashbacks e até mesmo pix na conta bancária.. 

As ofertas podem ser trabalhadas de acordo com o calendário do varejo, favorecendo datas especiais para um dado nicho. E para administrar todas essas funções, a plataforma tem uma série de dashboards e informativos que permite averiguar dados e entender o perfil de consumo dos beneficiados, levando a leads mais assertivos.

“É uma verdadeira conexão entre as marcas e as pessoas por meio de uma plataforma digital totalmente white label (personalizada). O nosso cliente final nem sabe que a Lecupon existe, pois nossa plataforma é tão customizável que fica com a ‘cara’ do nosso cliente. Isso sem contar que oferecemos carteira digital, cardápio de ofertas, painel de dados e assessoria para acompanhar o sucesso do cliente”, ressalta Aluísio Cirino.

Atualmente, a Lecupon conta com mais de 25 mil estabelecimentos cadastrados, entre pontos físicos e on-line.

Saiba mais: https://lecupon.com/