Tecnologia

Como a tecnologia vai moldar os eventos em 2023

As ativações interativas estão tomando lugar em projetos presenciais e online

O setor de eventos se renova constantemente, seja na parte corporativa ou artística, o objetivo é encantar o público com novidades, gerar conexão e engajamento, e a tecnologia é um dos principais caminhos para se alcançar esses resultados.

No Brasil, o investimento em tecnologia e inovação ainda é menor do que o esperado.

Segundo relatório do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), foi aplicado somente 1,21% do PIB nessa área em 2019.

Mesmo assim, a busca por projetos criativos que causam repercussão faz com que profissionais da área de eventos procurem aperfeiçoar os trabalhos com inovações já conhecidas no país.

No período de pandemia, por exemplo, vimos a alta das lives.

Foi uma necessidade em um período inusitado.

Mas com a volta da normalidade, os eventos online não perderam espaço, apenas passaram a se adaptar, enquanto os presenciais precisaram encontrar um novo rumo também. E é em momentos de adaptação que vemos a evolução.

As marcas procuram novas formas de apresentar seus produtos criando conexão com o cliente e mostrando como estão integradas com o futuro tecnológico por meio de ativações interativas.

A aplicação de uma tela holográfica foi uma surpresa para o público no DVD da dupla Us Agroboy, produzido pela Inmagic Group.

É a primeira vez que a tecnologia, que consiste em projeções 3D numa tela translúcida, é aplicada em um evento no Brasil.

Já no festival Surreal, em Brasília, a projeção mapeada interativa virou atração e photo opportunity.

Ou no Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP 2023), a realidade virtual foi capaz de demonstrar as funcionalidades de um scanner digital.

No campo dos eventos online, vimos o metaverso se consolidar nos últimos anos com games interativos e educativos. Existem também tecnologias sendo aperfeiçoadas para funcionarem nos dois formatos. Como a aplicação de realidade aumentada no “cardápio do futuro”, desenvolvido pela mesma produtora, Inmagic, que pode ser acessado via celular, seja pelo cliente presente no evento ou para aquele que está acompanhando de casa.

A tendência são renovações de conceitos tecnológicos já conhecidos pelo público. Estamos na fase de desenvolver e criar familiaridade e acessibilidade com elementos como o óculos VR, o acesso à realidade aumentada direto do celular, a compreensão de metaverso e suas funcionalidades, e muito mais.

Making Of das interatividades no Festival Surreal: Link

Making Of do DVD Us Agroboy em que mostramos a tela holográfica: Link