Portal da Climatempo atinge 428,8 milhões de acessos e é o 10º mais visto na internet brasileira

Portal da Climatempo atinge 428,8 milhões de acessos e é o 10º mais visto na internet brasileira

Dados da Similarweb mostram que, entre os 20 maiores sites brasileiros, o da Climatempo foi um dos três únicos que cresceram em 2023, com pico de 47,2 milhões de visitas e um market share de 1,5%

O portal da Climatempo, a maior e mais reconhecida empresa de consultoria meteorológica e previsão do tempo do Brasil e da América Latina, é um dos três que cresceram em número de acessos entre os 20 maiores sites da internet brasileira em 2023. A página da Climatempo alcançou 428,8 milhões de acessos, com uma média mensal de 35,74 milhões de acessos. Esse número representa um acréscimo de 2,58% de visitas em relação ao ano anterior, sendo, atualmente, a 10ª página mais acessada, com market share de 1,5%. As informações são da Similarweb, uma das principais plataformas de análise de dados e inteligência competitiva do setor, apresentadas recentemente por seu gerente sênior de vendas Arlei Bueno, em Fórum Nacional da SECOM (Secretaria de Comunicação Social) da Presidência da República.

O tráfego no portal atingiu o pico de 47,2 milhões de acessos em outubro passado, o que representa um aumento de 31,9% em relação ao início do ano. O avanço se justifica pelo crescimento significativo no tráfego de buscas orgânicas, que passou de 20 milhões, em janeiro, para 27,3 milhões, em outubro. O tráfego direto contribuiu significativamente da mesma forma, ao manter o fluxo constante de cerca de 14 milhões a 17 milhões de visitas ao longo do ano.

Considerando que as grandes variações climáticas cada vez mais intensas estão no radar não só dos ambientalistas, mas do público em geral e de empresas cujas atividades são impactadas pelo clima, o portal da Climatempo vem atraindo uma número cada vez maior de usuários. Ao oferecer informações que conferem mais previsibilidade às mudanças significativas no comportamento do clima, minimizando os riscos para os negócios, o portal vem engajando a audiência e criando oportunidades para marcas se conectarem ao público ligado nas previsões do tempo.

“As informações da Similarweb comprovam o aumento de audiência no nosso site e de engajamento, o que nos confere um maior poder de awareness para campanhas com clientes interessados em atrelar suas marcas com a previsibilidade climática”, afirma Rafael Bruno, vice-presidente de mídia da Climatempo.

A receita proveniente da publicidade da Climatempo, que engloba as campanhas digitais, aumentou 260% entre 2018 e 2022, e já representa um percentual importante do faturamento do grupo. Os anunciantes são empresas voltadas ao consumidor final dos setores de vestuário, cosméticos, higiene pessoal, alimentos e bebidas, entre outros, e organizações que atuam no B2B com negócios impactados pela variação do clima.

Dados mostram, por exemplo, que cada meio grau de aumento na temperatura média diária eleva as vendas de cerveja em até 1,5%, e que, durante ondas de calor intenso, o consumo de bebidas não alcoólicas, como a água, cresce acima dos 40%. Outro exemplo é a venda de ventiladores, cuja demanda sobe para um patamar alto quando as temperaturas ultrapassam os 25oC.

“São exemplos de situações nas quais as marcas podem potencializar suas vendas e exposições através de campanhas sazonais e influenciadas pelas condições climáticas no portal da Climatempo”, destaca Rafael Bruno.

Ele ressalta que a capacidade de segmentação de público da Climatempo, combinada a fatores como o contexto climático geolocalizado, tem um impacto muito positivo para as marcas, que conseguem acessar audiências qualificadas com muita precisão, por meio do uso da plataforma Media Lab by Climatempo. Segundo a Similarweb, o site da Climatempo foi acessado por 55,89% de homens e 44,11% de mulheres, sendo quase 30% do público total na faixa entre 25 e 34 anos de idade.

Tecnologia facilita acesso

As APIS da Climatempo podem ser plugadas dentro da plataforma de distribuição do anunciante para proporcionar campanhas interativas que variam de forma automatizada conforme o clima, um diferencial importante para as marcas que atendem o consumidor final. Desta forma, o anunciante pode adaptar suas campanhas de marketing às condições climáticas e alcançar seu público-alvo no contexto local.

Segundo o vice-presidente de mídia da Climatempo, a veiculação de campanhas também pode ser realizada simultaneamente, e de forma integrada, à contratação de serviços de análise e previsões meteorológicas, criando um pacote de serviços muito interessante para empresas dos diversos setores, inclusive do B2B.

A Climatempo fornece dados climáticos abrangentes, como temperatura, precipitação, umidade, pressão, radiação UV, sensação térmica, cobertura de nuvens e imagens de radar, além de previsões textuais. Essas informações são fundamentais para compreender a reação das pessoas diante de condições climáticas variadas, como dias frios, quentes, chuvosos ou ventosos.