AI SQUAD: A primeira plataforma de marketing de influência por IA

AI SQUAD: A primeira plataforma de marketing de influência por IA

Custos mais competitivos, aumento na escala de produção audiovisual e acesso a celebridades e influenciadores por um número cada vez maior de marcas são algumas das vantagens da plataforma que acaba de ser lançada.

São Paulo, 29 de fevereiro de 2024 – A indústria do conteúdo digital, marketing de influência e publicidade passam por grandes transformações desde a evolução recente da IA. E esse mercado está a caminho de revolucionar a forma como se produz e consome conteúdo digital endossado por famosos com o lançamento da AI Squad, a primeira plataforma a gerar conteúdo audiovisual sintético licenciado por famosos. 

A AI Squad foi criada com investimento bootstraping de Eduardo Pardell, fundador da AKA Stars, empresa há 11 anos pioneira em inovação digital e que há 4 vem desenvolvendo conteúdos com inteligência artificial. Inovação que sempre esteve no DNA do executivo. Nos anos 90, ele fundou a primeira empresa de Internet do Brasil; também foi responsável pelo desenvolvimento do 2º Internet Bank do mundo, para o Bradesco, e da primeira plataforma de e-commerce do país. 

Recém-lançada, a plataforma está sendo apresentada aos principais players do mercado, e já acertou parceria com a agência de marketing de influência Mynd, uma das maiores do Brasil, com um casting de mais de 450 nomes. Para fazer parte da AI Squad, personalidades como influenciadores, atores, modelos ou apresentadores autorizam formalmente, de maneira independente ou representados por suas agências/empresários, o desenvolvimento de seu “Humano Digital”. Com seu Humano Digital desenvolvido, qualquer marca ou agência pode contratar essa personalidade diretamente pela AI Squad, sempre com aprovação prévia da celebridade, e receber o conteúdo gerado por IA em poucos dias, ou até mesmo de um dia para o outro.   

Após criado e aprovado, o material pode ser publicado nas redes sociais dos próprios famosos, nas redes das marcas, websites, e-commerces e outros meios, tanto para fins institucionais quanto comerciais. Como prática de transparência, a plataforma adverte para o uso da hashtag #IA e menção clara ao uso de inteligência artificial pelos responsáveis finais pela veiculação, iniciando-se aqui um marco importante na discussão para regulamentação de conteúdos parcial ou totalmente gerados por IA.  

Outra grande revolução diz respeito aos investimentos nesse mercado. A AI Squad possibilita a produção de conteúdos ilimitados das personalidades, sem necessidade de novas filmagens a cada produção. Com isso, os custos se tornam mais competitivos, em média 1/4 menores do que produções convencionais, e uma escala muito maior de conteúdos podem ser produzidos, com prazos em média 10x mais rápidos. Assim, marcas de todos os portes produzem mais conteúdos, democratizando o acesso aos influenciadores e celebridades e crescendo toda a cadeia envolvida. 

Atualmente a plataforma https://aisquad.com.br/ já tem a adesão de nomes como Luisa Sonza, Preta Gil, Xamã, Pequena Lo, Mari Maria, Gleice Damasceno, Elana e Thiago Pantaleão, que, juntos, alcançam mais de 100 milhões de seguidores. Pardell estima ter 300 nomes nos próximos dois meses com a parceria com Mynd, anunciada no último dia 27 de fevereirto, e pelo menos 1.000 perfis ativos na plataforma até o final de 2024. A projeção é gerar mais de U$ 50 milhões em receitas totais a partir do segundo ano.  

A AI Squad vai reter apenas uma taxa de interveniência, repassando o maior montante aos talentos, diretamente ou por meio de suas agências ou empresários”. E completa: “quem define os preços dos cachês são as próprias personalidades, com a recomendação de cobrarem menos do que se tivessem que participar de sessões de gravações, para estimular marcas a produzirem muito mais conteúdo utilizando as vantagens da IA, incentivando o crescimento desse mercado.” 

 Para participar da AI Squad, famosos, agências, empresários e marcas se inscrevem em www.aisquad.com.br.